Kuroda Yoshitaka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kuroda Yoshitaka


Kuroda Yoshitaka ( 黒田孝高 ?) 22 de dezembro de 1546 - 19 de abril de 1604 foi um samurai e Daimyō do Clã Kuroda [1] , viveu no Período Edo da história do Japão. Também conhecido como Kuroda Kanbei (黒田官兵卫?), foi um dos estrategistas-chefe de Toyotomi Hideyoshi[2] .

Kuroda Yoshitaka nasceu em na cidade de Himeji, Província de Hyōgo, filho de Kuroda Mototaka [2] . Acredita-se que o Clã se originou na Província de Ōmi . E que Shigetaka avô de Yoshitaka trouxe a família para Himeji e passou a residir no Castelo Gochaku ( 御着城 , Gochaku-jō?), a leste do Castelo de Himeji.

Shigetaka foi um dos principais vassalos de Kodera Masamoto, o Daimyō de Himeji, e foi tão elogiado que seu filho Mototaka teve permissão para se casar com a filha adotiva de Masamoto e usar o nome Kodera.

Yoshitaka conseguiu a liderança do Clã, em 1567. Alguns anos mais tarde, se juntou às forças de Toyotomi Hideyoshi que liderava o avanço das forças do Clã Oda na Região de Chugoku. Yoshitaka, juntamente com Takenaka Hanbei, servia como estrategista de Hideyoshi e ajudou na campanha contra o Clã Mōri.

Yoshitaka liderou um ataque em Kyūshū por ordem de Hideyoshi. Junto com ele estava o famoso daimyō cristão Takayama Ukon. Yoshitaka se converte ao catolicismo e é batizado com o nome ドン · シメオン (Dom Simeão). Depois de uma visita a Dejima, Toyotomi Hideyoshi ficou com medo da poderosa influência que os jesuítas e os daimyōs cristãos exercido e em 1587 fez seu famoso decreto que expulsou os missionários estrangeiros e ordenou que todos os samurai cristãos abandonassem sua fé.

Enquanto Takayama Ukon resistiu ao edital e perdeu seu feudo, Yoshitaka desistiu de sua nova religião e adotou o hábito de monge passando a se chamar Josui (如水) . Seu ato mais importante durante o seu curto período como cristão foi salvar uma missão jesuíta da Província de Bungo quando o daimyō cristão daquela província, Ōtomo Sōrin, estava sob ataque do Clã Shimazu.

Yoshitaka teve participação na batalha de Sekigahara [3] .

Seu filho Kuroda Nagamasa acabou o sucedendo na direção do Clã e do domínio em 1559 [2] .

Yoshitaka morreu em 1604.


Referências

  1. Clã Kuroda (em japonês) página visitada em 12/07/2013
  2. a b c Louis Frederick; Alvaro David Hwang. O Japão, Dicionário e Civilização Rio de Janeiro: Globo Livros, 2008. p. 720. ISBN 9788525046161
  3. Anthony Bryant Sekigahara 1600: The Final Struggle for Power (em inglês) Osprey Publishing, 2013 ISBN 9781472800718
Ícone de esboço Este artigo sobre História do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.