KwaZulu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira de KwaZulu (1985-1994).
KwaZulu.

KwaZulu foi um bantustão criado pelo governo sul-africano antes das eleições democráticas de 1994 (durante o regime do apartheid) para ali agrupar os sul-africanos falantes de isiZulu, na antiga província do Natal, actual província de KwaZulu-Natal.

Este bantustão tem as suas raizes na Zululândia, uma “reserva” para nativos zulus estabelecida pelos britânicos na colónia do Natal no século XIX. Mais tarde, o governo do Partido Nacional organizou territórios separados para os brancos negros e mestiços ou de outra “raça”. Em 1959 foram nomeadas autoridades tribais e regionais para o KwaZulu. Em 1972, o bantustão foi finalmente instituído com “autonomia”, a autoridade territorial transformada numa “assembleia legislativa” e Mangosuthu Buthelezi, um chefe tribal, nomeado “ministro-chefe”.

O território deste bantustão era relativamente grande (ocupando cerca de metade da então província de Natal), mas formado por um grande número de entidades separadas, incluindo uma na costa, encostada à fronteira com Moçambique. É importante reter que os zulus são cerca de 7 milhões, a maioria dos quais vivendo no KwaZulu-Natal.

Ícone de esboço Este artigo sobre a África do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Bantustões da era do apartheid na África do Sul
Bophuthatswana | Ciskei | Gazankulu | KaNgwane | KwaNdebele | KwaZulu | Lebowa | QwaQwa | Transkei | Venda