Líder (Marvel Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Líder
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Tales to Astonish #62 (dezembro de 1964)
Criado por Stan Lee e Jack Kirby
Características do personagem
Alter ego Dr. Samuel Sterns
Espécie Humano
Terra natal Boise, Idaho
Afiliações Abominável, Camaleão, Os Alienígenas, Inteligência
Ocupação Ex-operário e Cientista.
Codinomes conhecidos Cabeçudo verde
Habilidades Inteligência sobre-humana e telepatia.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

O Líder, (em inglês: Leader) codinome de Samuel Sterns, é um personagem fictício dos quadrinhos da Marvel Comics. Durante muitos anos foi o maior inimigo do Incrível Hulk. A primeira aventura em que ele apareceu foi na revista Tales to Astonish #62, de dezembro de 1964. O personagem foi criado por Stan Lee e Steve Ditko.

O ator Tim Blake Nelson interpreta Samuel Sterns no filme de 2008 do Incrível Hulk.

Origens ficcionais[editar | editar código-fonte]

Samuel Sterns nasceu em Boise (Idaho) e trabalhou como operário de média capacidade numa fábrica de pesquisa química. Após manusear materiais radioativos guardados em um subsolo, houve uma explosão e Stern sofreu bombardeio de Raios Gama. Sterns se recuperou mas sofreu grandes mutações: sua pele ficou verde (como a do Hulk) e seu cérebro se agigantou e ficou super-inteligente, tornando sua cabeça bem maior do que a de um ser humano normal.

Usando de suas novas capacidades mentais, Stern logo deduziu que o Hulk tinha se originado da mesma radiação e ao conhecer o doutor Bruce Banner, de quem desejava roubar os segredos da Bomba Gama para os comunistas, descobriu que ele era o alter-ego do gigante verde.

Uma das primeiras criações de Stern, agora autodenominado Líder, foram seres artificiais humanóides que ele chamava simplesmente de "Humanóides". Construídos com um material maleável semelhante ao plástico chamado pelo vilão de "Plastilene", indestrutíveis e que anulavam a força de qualquer choque recebido, os Humanóides conseguiram capturar o Hulk em um dos primeiros confrontos. Nesta ocasião o doutor Banner fora baleado na cabeça durante sua transformação em Hulk, o que evitou que morresse e como efeito colateral permaneceu com a personalidade e inteligência de Banner. Mas não podia deixar de ser o monstro, do que o Líder se aproveitou e se ofereceu para fazer a cirurgia e retirar a bala, desde que o Hulk aceitasse ser seu escravo. Ao final da história o Líder supostamente foi morto, mas havia preparado um Super-Humanóide para destruir o Hulk. Em outra ocasião ele irradiou uma população inteira com os raios gama, transformando pessoas normais em seus semelhantes.

Alguns confrontos do Hulk contra o Líder[editar | editar código-fonte]

  • Na primeira aventura o Líder era um espião estrangeiro misterioso e sem rosto, que contratou o Camaleão para capturar o Hulk para estudos.[1]
  • A face do Líder foi revelada e ele construiu os primeiros Humanóides para capturar o Hulk.[2]
  • O Líder enviou uma horda de humanóides para capturar o Hulk e roubar uma máquina de Bruce Banner, o Absorbatron, que podia absorver a energia de uma explosão nuclear e tornar nações que a possuísse, imunes a bombardeios desse tipo.[3]
  • O Líder captura o Hulk e se encontra face-a-face com o Hulk, pela primeira vez. O Hulk escapa e destrói o laboratório do Líder e o Absorbatron. Mas o vilão consegue escapar.[4]
  • O Líder prepara uma demonstração de um Super-Humanóide para nações inimigas dos EUA, ordenando que o mesmo ataque uma base de mísseis. O ser é detido pelo Hulk.[5]
  • O Líder então sequestra o Hulk e o mantém prisioneiro em uma caverna.[6]
  • Após salvar a vida do Hulk, operando seu cérebro, o Líder cobra o débito. O monstro aceita ser enviado paa outro mundo, o lar dos Vigias, e roubar uma máquina que possui todo o conhecimento do universo.[7]
  • Ao ligar a máquina, o poder liberado se mostra demais mesmo para o cérebro do Líder, que sofre um colapso. Hulk acha que o vilão morreu.[8]
  • O General Ross descobre a base abandonada do Líder e acidentalmente ativa o "Mata-Hulk", um enorme Humanóide programado para destruir o gigante verde.
  • Tempos depois, o Líder reaparece e se oferece ao General Ross para neutralizar o Hulk.[9]
  • O Líder então traz um novo Super-Humanóide para auxiliar o General, e tenta tomar posse do arsenal nuclear da América.[10]
  • O Líder rouba um veículo modular do exército, e tenta usá-lo como arma contra o Hulk.[11]
  • O Líder liberta o Rino e o envia contra o Hulk.[12]
  • Desta feita o Líder envia o Glob (Joseph "Joe" Timms) contra o Hulk.[13]
  • Em outro ataque, o Líder envia projeções mentais do Rino, Xeron, Namor, Elo Perdido e outros, tentanto afetar o Hulk e fazer com que ele tenha um colapso.[14]
  • O Líder cria duplicatas andróides do Presidente, Vice-Presidente e autoridades militares e tenta raptar as personalidades verdadeiras.[15]
  • O Líder domina a mente do Rino e o envia uma vez mais a uma luta contra o Hulk.[16]
  • Ele usa o Hulk e o Coisa numa competição contra Kurrgo.[17]

Anos depois os efeitos da radiação começam a diminuir e o Líder volta a sua personalidade humana. Desejando seu poder de volta, ele consegue absorver a radiação que havia transformado Rick Jones num novo Hulk, e volta a sofrer mutação, mas diferente: seu crânio passa a ter a forma de um cérebro gigantesco. Cada vez mais louco, o Líder detona uma Bomba Gama na pequena cidade de Middletown, Arizona, matando 5.000 pessoas. Os pouco sobreviventes se tornam seres esverdeados semelhantes ao Hulk e ao Líder.[18] Ali ele constrói uma sociedade com as pessoas afetadas pela radiação gama. Nessa época, ele consegue informações de um irmão, Philip Sterns, conhecido como "O Louco".[19]

Poderes[editar | editar código-fonte]

  • Os poderes do Líder, ao contrário do Hulk são provenientes do cérebro.Eis uma lista:
  • Inteligência :Seu cérebro se tornou mais amplo, funcional e apto á absorver informação.
  • Raciocínio :O Líder possui um raciocínio mais elevado doque qualquer um. Sendo capaz de deduzir e fazer conclusões antes mesmo que aconteçam. Sua capacidade de estatísticas beira a clarividência.
  • Memória :Sendo dono de uma memória fotográfica perfeita, sempre é capaz de recriar e aperfeiçoar máquinas tendo as observado só uma vez.
  • Controle Mental Táctil :É capaz de exercer certa influência em pessoas pelo toque (Menos seres Gama-iiradiados).O Líder tem limitado, mas potentes poderes telecinéticos e telepáticos.

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Desenhos Animados[editar | editar código-fonte]

Video games[editar | editar código-fonte]

O Líder aparece como vilão no game do Hulk. E no game baseado no filme de 2008 (The Incredible Hulk).

O Incrível Hulk (Filme de 2008)[editar | editar código-fonte]

Nesse filme, quem interpreta o Líder/Samuel Sterns é o ator Tim Blake Nelson. Na história do filme, Samuel Sterns, um professor de física da Universidade Culver que tentava ajudar Bruce Banner a se livrar de Hulk, conversando com ele na internet, usando um pseudônimo (que era o Senhor Azul). Quase no fim do filme, uma gota do sangue contaminado de Bruce Banner cai em um ferimento aberto na cabeça do Dr. Sterns, provocando sua transformação no Líder, mas não chega a enfrentar o Hulk.

Referências

  1. Tales to Astonish #62
  2. Tales to Astonish #63
  3. Tales to Astonish #64-65
  4. Tales to Astonish #69
  5. Tales to Astonish #70
  6. Tales to Astonish #72
  7. Tales to Astonish #73
  8. Tales to Astonish #74
  9. Incredible Hulk #115
  10. Incredible Hulk #116-117
  11. Incredible Hulk #123
  12. Incredible Hulk #124
  13. Incredible Hulk #129
  14. Incredible Hulk #139
  15. Incredible Hulk #146-147
  16. Incredible Hulk #157
  17. Marvel Feature #11
  18. Incredible Hulk #344-345
  19. Incredible Hulk #366

Ligações Externas (Em inglês)[editar | editar código-fonte]