Língua chipewyan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chipewyan (Dene Suline; ᑌᓀᓱᒼᕄᓀ Dëne Sųłiné)
Falado em: Canadá
Região: Norte de Alberta, Saskatchewan, Manitoba; sul de Territórios do Noroeste e de Nunavut
Total de falantes: 11,9 mil (2006)[1]
Família: Na-dene
 Na-Dené
  Atabascana
   Atabascana norte
    Chipewyan
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: chp
ISO 639-3: chp

Dene Suline ou Chipewyan (também Dëne Sųłiné, Dene Sųłiné, Dene Suliné, Dëne Suliné, Dene Soun’liné ou apenas Dene) é a língua falada pelos Chipewyan no Canadá central. O idioma é categorizado como parte das línguas atabascanas setentrionais. Dene Suline tem mais de onze mil falantes no Canadá, sendo que a maioria está em Saskatchewan, Alberta nos Territórios do Noroeste,[1] mas tem status de língua oficial nos Territórios do Noroeste junto com outras oito línguas indigenas das Américas: Cree, Dogrib, Gwich’in, Inuktitut, Inuinnaqtun, Inuvialuktun, Slavey norte e Slavey sul.[2]

Outras línguas Na-Dené são Apache, Eyak, Gwich’in, Hän, Navajo.

Nome[editar | editar código-fonte]

O nome Chipewyan é uma palavra da língua Cree. a língua foi chamada de "Montagnais" por missionários franceses

História[editar | editar código-fonte]

O Chipewyan foi a primeira das línguas atabascanas a ser identificada e documentada pelos europeus no Canadá, em 1686, no posto de abastecimento York Factory. Listas de vocabulários foram publicadas durante o século XVXIII.

Escritas[editar | editar código-fonte]

A língua Chipewyan [3] apresenta uma escrita no alfabeto latino e outra num silabário desenvolvido por missionários em 1904. A escrita latina é perceptível a seguir em “Fonologia”.

A escrita no silabário apresenta 124 símbolos provenientes da combinação de 31 sons consoantes com as 4 vogais a, e, i, o/u; há ainda formas para 13 consoantes no final de palavras.

Falantes[editar | editar código-fonte]

Chipewyan é falada por pessoas de todas as faixas etárias E muitos de seus falantes também, falam o Cree. Porém, em localidades como Cold Lake no norte de Alberto somente os maiores de 60 anos a falam bem, embora estejam ocorrendo estorços para reviver o idioma entre os mais jovens num programa de imersão nas escolas locai.

Fonologia[editar | editar código-fonte]

Consoantes[editar | editar código-fonte]

São 39 as consoantes Dene Suline aqui representadas em simbologia IPA:

  Bilabial Inter-
dental
Dental Post-
alveolar
Velar/Uvular Glotal
central lateral plana labial
Nasal oclusiva m m   n n          
Plosiva plain b p   d t     g k gw  
aspirada     t     k kw kʷʰ  
Ejetiva         kwʼ kʼʷ ɂ ʔ
Africada plain   ddh dz ts dl j      
Aspirada   tth tθʰ ts tsʰ tɬʰ ch tʃʰ      
Ejectiva   tthʼ tθʼ tsʼ tsʼ tłʼ tɬʼ chʼ tʃʼ      
Fricativa surda   th θ s s ł ɬ sh ʃ hh χ hhw χʷ h h
sonora   dh ð z z l ɮ zh ʒ gh ʁ ghw ʁʷ  
Vibrante     r r          

As fricativas "velares" são em verdade uvulares.

Vogais[editar | editar código-fonte]

Dene Suline apresenta vogais em seis qualidades diferentes.

  Anterior Central Posterior
Fechada i i   u u
Semifechada ë/e e   o o
Aberta e ɛ    
Aberta   a a  

A maioria pode ser:

  • 'Oral ou Nasal
  • Curta ou Longa

Com isso,, Dene Suline tem 16 fonemas vogais:

  Anterior Central Posterior
curta longa curta longa curta longa
Fechada oral i     u
nasal ĩ ĩː     ũ ũː
Semifechada e       o  
Semiaberta oral ɛ ɛː        
nasal ɛ̃ ɛ̃ː        
Open oral     a    
nasal     ã ãː    

Dene Suline tem ainda nove ditongos orais e nasais na forma + /j/.

  Anterior Central Posterior
oral nasal oral nasal oral nasal
Fechada         uj ũj
Medial ej ẽj əj   oj õj
Aberta     aj ãj    

Tons[editar | editar código-fonte]

Dene Suline apresente dois tons:

  • Alto
  • Baixo


Amostra de texto[editar | editar código-fonte]

Oração "Pai Nosso":

Noutaounynan ca tayen ouascoupetz, kit-ichenicassóuin sakitaganiouísít; pita ki-ouitapimacou agoué kit-outénats. Pita kikitouin toutaganiouisit. Assitz, ego ouascouptz. Mirinan oucachigatz nimilchiminan, ouechté teouch. Gayez chouerimeouinan ki maratirinisitâ agoué, ouechté ni chouerimananet, cakichiouahiamitz. Gayeu ega pemitaouinan machicaoueintan espich nekirak inaganiouiacou; miatau canoueriminan capech. Pita.[4]

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências externas[editar | editar código-fonte]

Diversas de www.sicc.sk.ca – sils, our languages, Dene:

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Em Inglês

* Cook, Eung-Do. (2004). A grammar of Dëne Sųłiné (Chipewyan). Algonquian and Iroquoian Linguistics - Special Athabaskan Number, Memoir 17. Winnipeg: Algonquian and Iroquoian Linguistics. ISBN 0-921064-17-9.
  • Cook, Eung-Do. 2006. "The Patterns of Consonantal Acquisition and Change in Chipewyan (Dene Suline)". International Journal of American Linguistics. 72, no. 2: 236.
  • De Reuse, Willem. 2006. "A Grammar of Dene Suline (Chipewyan) (Cook)". International Journal of American Linguistics. 72, no. 4: 535.
  • Elford, Leon W. Dene sųłiné yati ditł'ísé = Dene sųłiné reader. Prince Albert, SK: Northern Canada Mission Distributors, 2001. ISBN 1896968287
  • Gessner, S. 2005. "Properties of Tone in Dene Suline". Amsterdam Studies in the Theory and History of Linguistic Science. Series IV, Current Issues in Linguistic Theory. 269: 229-248.
  • Gordon, Raymond G., Jr. (Ed.). (2005). Ethnologue: Languages of the world (15th ed.). Dallas, TX: SIL International. ISBN 1-55671-159-X. (Online version: http://www.ethnologue.com).
  • Li, Fang-Kuei. (1946). Chipewyan. In C. Osgood & H. Hoijer (Eds.), Linguistic structures of native America (pp. 398–423). New York: The Viking fund publications in anthropology (No. 6). (Reprinted 1963, 1965, 1967, & 1971, New York: Johnson Reprint Corp.).