Língua inor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Inor (Ennemor)
Falado em: Etiópia
Região: de Gurage
Total de falantes: 280 mil
Família:
 Semítica
  Semítica meridional
   Semítica etiópica
    Sul etiópicas
     Sul-etiópícas exteriores
      do grupo Gurage Oeste
       Inor
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: ior

Inor (pronúncia IPA inoːr), às vezes chamada Ennemor, é uma semítica falada na Etiópia central, principalmente na região Gurage da Região das Nações dos Povos do Sul e ainda por falantes da mesma que estão assentados em diversas cidades etíopes, principalmente em Adis Abeba.

Além da já natural complexidade morfológica muito comum dentre todas as línguas Semíticas, o Inor apresenta uma significativa complexidade Morfo-Fonológica, característica das línguas Gurage Ocidentais. A língua Inor apresenta vogais nasais não presentes nas demais línguas Gurage. Essa condição pode ser resultado de uma Rino-Glotofilia histórica.

As línguas Endegegn, Enner, Gyeto e a extinta língua mesmes são consideradas por alguns como dialetos do Inor.

Fonologia[editar | editar código-fonte]

Consoantes[editar | editar código-fonte]

consoantes Inor[1]
labial alveolar alveo-
palatal
palatal velar glotal
clara labializada clara palatalizada lab. clara lab.
oclusiva e
africada
ejetiva t’ tʃ’ k’ kʲ’ kʷ’
Surda p t k ʔ ʔʷ
Sonora b d ɡ ɡʲ ɡʷ
Fricativa Surda f s ʃ x
Sonora z ʒ
Nasal oclusiva m n ɳ ɲ ŋ
Aproximante clara β̞ (l) j w
nasalizada β̞̃
Rótica clara r
nasalizada

Vogais[editar | editar código-fonte]

vogasi Inor[2]
frontal central posterior
alta i ɨ u
média e ə o
baixa æ a

[ɨ] pode ser considerada como bastante epêntica e somente um pouco fonêmica.[3]

Escrita[editar | editar código-fonte]

A escrita do Inor é um abugida[4] composto de 39 símbolos para consoantes, sendo que:

  • 8 delas se combinam com cinco dos sete sons vogais da língua (não combinam com u nem com o’)
  • uma consoante com seis das vogais (não com ɨ+ ə)
  • uma consoante somente com æ
  • as demais 29 com todos os sete símbolos vogais

Notas e referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Em Alemão/Inglês:

  • Berhanu Chamora. "Consonant distribution in Inor", in: G. Hudson (ed.), Essays on Gurage Language and Culture (Wiesbaden: Harrassowitz Verlag), pp. 53–67.
  • Chamora, Berhanu; Hetzron, Robert (2000), Inor, Munich: Lincom Europa, ISBN 3-89586-977-5 
  • Bustorf, Dirk. (2005). "Ennämor Ethnography”, in: Siegbert Uhlig (ed.): Encyclopaedia Aethiopica, vol. 2: D-Ha, Wiesbaden: Harrassowitz Verlag, p. 307-08.
  • Boivin, Robert (1996). "Spontaneous Nasalization in Inor", in: G. Hudson (ed.), Essays on Gurage Language and Culture (Wiesbaden: Harrassowitz Verlag), pp. 21–33.
  • Leslau, W. (1979). Etymological Dictionary of Gurage (Ethiopic). 3 vols. Wiesbaden: Otto Harrassowitz. ISBN 3-447-02041-5
  • Leslau, W. (1983). Ethiopians Speak: Studies in Cultural Background. Part V: Chaha - Ennemor. Äthiopistische Forschungen, Band 16. Wiesbaden: Franz Steiner Verlag. ISBN 3-515-03965-1
  • Voigt, Rainer.(2005). "Ennämor Language”, in: Siegbert Uhlig (ed.): Encyclopaedia Aethiopica, vol. 2: D-Ha, Wiesbaden: Harrassowitz Verlag, p. 307.

Em Inglês:

  • Leslau, W. (1996). "Inor Lullabies", in: Africa 66/2, pp. 280–287.

Em Inglês/Italiano

  • Hetzron, R. (1977). The Gunnän-Gurage Languages. Napoli: Istituto Orientale di Napoli.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]