Língua maale

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maale
Falado em: prox. Rio Omo, SE de Jinka
Total de falantes: 94,7 mil (2007) ref>Ethiopia 2007 Census</ref>
Família: Afro-asiática
 Omótica
  Norte Omótica
   Ometo
    Maale
Escrita: Ge’ez
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: mdy

Maale (também escrita Male), é uma língua omótica falada na região do rio Omo da Etiópia pelos males .[1] É chamada Maale (duplo /a/) na ISO 639-3 para distinguir da língua Male da Papua-Nova Guiné.[2] .

Falantes[editar | editar código-fonte]

Eram 53.800 falantes em 1998 (Censo da Etiópia), dos quais ¾ monolínguas, de uma população de 46.458. 6.730 a usavam como segunda língua. O índice de alfabetização é de 4,5%.

Similaridades[editar | editar código-fonte]

A similaridade do léxico com outras língua é de 48% com Dorze [doz], 46% com o dialeto Gofa do Gamo-Gofa-Dawro [gmo], 45% com Koorete [kqy], 44% com o dialeto Gamo da [[língua wolaytta].

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Raymond G. Gordon, Jr, ed. 2005. Ethnologue: Languages of the World. 15th edition. Dallas: Summer Institute of Linguistics.
  2. Ver SIL Male (Ethiopia)e Male (Papua New Guinea)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Van Aswegen, Jacobus. 2008. Language Maintenance and Shift in Ethiopia: The Case of Maale. MA thesis, University of South Africa.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]