Língua more

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
More (Mòoré)
Falado em:  Burkina Faso
 Benim
Costa do Marfim
Gana
Mali
Togo
Total de falantes: 5 036 700
Família: Nigero-congolesa
 Atlântico-congolesas
  Volta-congolesa
   Gur
    Central
     Oti-Volta
      More
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: mos
ISO 639-3: mos
áreas do Mossi (em “rosa”) em Burkina Faso

A língua more (também chamada mòoré, mooré, moré, moshi, mossi, moore) é uma língua falada primariamente em Burkina Faso pelo povo mossi (ou moshe), sendo mutuamente inteligível com a língua dagbani falada no norte de Gana.

Falantes[editar | editar código-fonte]

O more é falado por aproximadamente 5 milhões de pessoas em Burkina Faso e mais 50 000 no Benim, Costa do Marfim, Gana, Mali e Togo. Os falantes são pastores e agricultores muçulmanos e cristãos e animistas. Já há bíblias. dicionário, gramática e programas de rádio na língua more.

Falantes do more como segunda língua em Burkina Faso representam um contingente significativo.

Dialetos[editar | editar código-fonte]

Os dialetos dessa língua são saremdé, taolendé, yaadré, yanga, diabo, ouagadougou, joore, yaande, zaore e yana. O yana tem cerca de 905 de inteligibildade com o ouagadougou e 77% com o joore; joore é 88% inleligível ouagadougou e 95% com diabo. No Togo, o yanga é totalmente inteligível como central.

Características[editar | editar código-fonte]

  • Usa o alfabeto latino sem as letras C, J, Q, X; usa formas adicionais alternativas de E, I, U e o apóstrofo.
  • A língua tem frases SOV (Sujeito-Objeto-Verbo];
  • Posposições, numerais, genitivos e adjetivos vêm depois do sujeito; palavras interrogativas vêm no final.
  • Sílabas podem ser: CV, CVC, CVV, CCV
  • É uma língua tonal

Ligações externas[editar | editar código-fonte]