Língua polissintética

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tipologia linguística
Tipologia morfológica
Língua analítica
Língua sintética
Língua flexiva
Língua aglutinante
Língua polissintética
Língua oligossintética
Tipologia sintática
Língua nominativa-acusativa
Língua ergativa-absolutiva
Tipologia morfossintática
Sujeito-Verbo-Objeto
Sujeito-Objeto-Verbo
Verbo-Sujeito-Objeto
Verbo-Objeto-Sujeito
Objeto-Sujeito-Verbo
Objeto-Verbo-Sujeito

As línguas polissintéticas são línguas cujas palavras contêm um alto número de morfemas em seu léxico. Alguns exemplos de línguas polissintéticas são o groenlandês, algumas línguas da família tupi-guarani e diversas línguas do Cáucaso.

Classificação[editar | editar código-fonte]

A classificação de línguas quanto a fatores morfológicos vem sendo utilizada há anos na linguística. Dentre as possibilidades morfológicas das línguas sintéticas, os idiomas polissintéticos apresentam o maior número de morfemas por palavra dentro de um contínuo. No outro extremo estão as línguas isolantes.

Tome-se o exemplo da seguinte palavra em groenlandês:

Aliikusersuillammassuaanerartassagaluarpaalli.
(trad. "Entretanto, eles dirão que ele é um ótimo comediante/ator, mas…")

Aquilo que no português seria expresso numa frase, é dito nesse idioma polissintético pela combinação de diversos morfemas que se juntam à palavra-base, no caso aliiku-, que significa "entretenimento". Analisemos a palavra:

aliiku-sersu-i-llammas-sua-a-nerar-ta-ssa-galuar-paal-li
entretenimento-prover-Verbo transitivo-um-bom-em-COP-dizer.que-REP-FUT-certamente-mas-3.PL.SUBJ/3SG.OBJ-mas

Os diferentes morfemas se unem geralmente à raiz do substantivo ou verbo e contêm significados que seriam expressos por meio de diferentes palavras numa Língua flexiva, como é o caso do português.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.