Língua serer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Serer
Falado em: Senegal Senegal
Gâmbia Gâmbia
MauritâniaMauritânia
Região: África Ocidental
Total de falantes: 3.2 million (nativos)
3.5 million (segunda língua)
Posição: Veja [1]
Família: Nigero-congolesa
 Atlântico-Congo
  Atlântico
   Setentrional
    Senegambiano
     Serer
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ssr
ISO 639-3: srr — Serer

Serer é um grupo de línguas e dialetos falados pelo povo serer, da África Ocidental. Inclui:

  • Serer-Sine; falado em Sine-Saloum, Kaolack, Diourbel, Dakar e outras partes de Senegal.
  • Serer-Safen; falado no sudeste de Dakar.
  • Serer-Ndut; falado em Mont-Roland, uma área a noroeste de Thiès e em Biffeche, no Rio Senegal.
  • Serer-Noon; falado nos arredores de Thiès.
  • Serer-Palor; falado em uma pequena área entre Rufisque e Thiès.
  • Serer-Lehar; falado em uma pequena área a norte de Thiès.

Todas as línguas serer exceto serer-sine (a maior) são classifivadas no grupo das línguas cangin.

A maioria dos falantes do serer também fala wolof, a língua dos wolofs, como segunda língua, e aqueles que vivem na cidade tendem a ter o wolof como primeira língua.

Algumas saudações em serer[editar | editar código-fonte]

As seguintes saudações e frases são faladas na maioria das regiões do Senegal onde vivem os falantes do serer.

Nam fi'o? (pronúncia, nam feeyoh) = Onde você está? -Resposta = mexe meen (pronúncia, may hay men) = Estou aqui.

Ta mbind na? (pronúncia, tah mbind nah) = Como está sua família? -Resposta = Owa maa (pronúncia owa maa) = Está bem.

Na cultura senegalesa, saudações são muito importantes. Às vezes, moradores das vilas podem passar vários minutos cumprimentando uns aos outros.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]