Língua sheko

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sheko
Falado em: Etiópia
Região: Zona Bench Maji, Kafa
Total de falantes: 38.900
Família: Afro-asiática
 Omótica
  Omótica Norte
   Maji
    Sheko
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: she

Sheko é uma das línguas omóticas da família das Afro-Asiáticas falada na area entre Tepi e Mizan Teferi no oeste da Etiópia, na Woreda de Sheko, Zona Bench Maji. O Censo de 2007 registrou 38.911 falantes; enquanto que o de 1998 listou 23.785 falantes, sendo 13.611 monolingues em Sheko.[1]

A língua se notabiliza por suas consoantes retroflexas (conf. Aklilu Yilma 1988), uma significante característica compartilhada com a muito relacionada língua dizin e com a vizinha geográfica, mas não tão relacionada, língua bench (conf. Breeze 1988).

Ethnologue list as seguintes características linguísticas:

  • Ordem das palavras básica - Sujeito-Objeto-Verbo
  • Uso de postposições (em relação ao substantivo): gentivos, artigos, adjetivos, numerais, pronomes relativos
  • Palavra interrogativa inicial – 1 prefixo, 5 sufixos;
  • Ordem das palavras distingue sujeito, objetos diretos e indiretos;
  • Afixos indicam caso gramatical em frases nominais;
  • Afixos em verbos indicam pessoa, número e gênero do sujeito;
  • Frases passivas, causativas, comparativas

Em termos de fonética a língua apresenta sílabas CV, CVC, CVV, CV:C, CVCC; A língua é tonal, com três tons, alto, médio, baixo;

Sheko, junto com as línguas Dizin e Nayi, fazparte de um pequeno grupo de línguas chamadas "Maji" ou "Dizoid".

Notas e referências

  1. Raymond G. Gordon, Jr, ed. 2005. Ethnologue: Languages of the World. 15th edition. Dallas: Summer Institute of Linguistics.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Em Inglês

  • Breeze, Mary. 1988. "Phonological features of Gimira and Dizi."‭ In Marianne Bechhaus-Gerst and Fritz Serzisko (eds.), Cushitic – Omotic: papers from the International Symposium on Cushitic and Omotic languages, Cologne, January 6–9, 1986, 473–487. Hamburg: Helmut Buske Verlag.
  • Yilma, Aklilu. 1988. The phonology of Sheko. Addis Ababa University MA thesis.
  • Yilma, Aklilu, Ralph Siebert and Kati Siebert. 2002. "Sociolinguistic survey of the Omotic languages Sheko and Yem."‭ SIL Electronic Survey Reports 2002-053.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]