Língua urum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Urum (Урум uˈrum)
Falado em: Ucrânia, Geórgia
Total de falantes: 190 mil (2000)
Família: Turcomana
 Kypchak
  Kypchak Oeste – Oguz
   Urum
Escrita: Cirílica, Grega
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: uum

Urum é uma língua turcomana faladas por cerca de 190 mil pessoas que habitam em poucos vilarejos do sudoeste da Ucrânia, em partes da Geórgia e nas diversas diásporas de comunidades desses falantes pelo mundo. A língua Urum é por muitos considerada como uma variante da língua tártara da Crimeia.

Nome[editar | editar código-fonte]

O nome Urum deriva de Rûm ("Roma", a cidade), palavra usada pelo mundo muçulmano para denominar o Império Bizantino. No Império Otomano essa palavra designava todos os não muçulmanos que viviam no território Otomano. A vogal “U” inicial de Urum é uma prótese, pois originalmente as línguas turcomanas não apresentavam o som /ɾ/ no início de palavras e tomavam uma vogal para colocar diante dessa letra quando se fazia necessário. O uso tão comum do termo Urum levou a alguma confusão, pois todos os gregos que falavam línguas turcomanas eram assim designados. A população falante da língua turca na Geórgia é muitas vezes confundida com a comunidade distinta da Ucrânia.[1] [2]


Fonologia[editar | editar código-fonte]

Consoantes[editar | editar código-fonte]

Fomemas consoantes
  Labial Dental Alveolar Post-Alveolar Palatal Velar Glotal
Plosiva p b t d c ɟ k ɡ    
Africada         ts¹              
Fricativa f v θ ð ² s z ʃ ʒ     x ɣ h  
Nasal oclusiva m n             ŋ    
Vibrante ou Flap/Tap     ɾ                    
Lateral     l                    
Aproximante                 j        

(1) /ts/ só existe em palavras de origem estrangeira.

(2) /θ/ and /ð/ só existe em palavras de origem Grega

Escrita[editar | editar código-fonte]

Uns poucos manuscritos foram localizados escritos em Urum, os quais estavam em escrita grega.[3] Durante um período entre 1927 e 1937, a língua Urum chegou a ser escrita com o alfabeto latino devidamente reformado para a mesma, o chamado "Novo Alfabeto Turcomano", que foi usado em escolas locais. Uma amostra foi conhecida e i8mpressa, mas em 1937, o Urum deixou de ter uma forma escrita. Por iniciativa de Alexander Garkavets, usou-se o seguinte alfabeto com base no Cirílico:[4]

А а Б б В в Г г Ғ ғ Д д (Δ δ) Д′ д′
(Ђ ђ) Е е Ж ж Җ җ З з И и Й й К к
Л л М м Н н Ң ң О о Ӧ ӧ П п Р р
С с Т т Т′ т′ (Ћ ћ) У у Ӱ ӱ Υ υ Ф ф
Х х Һ һ Ц ц Ч ч Ш ш Щ щ Ъ ъ Ы ы
Ь ь Э э Ю ю Я я Ѳ ѳ

Numa iniciativa recente feita em Kiev em 2008 o seguinte alfabeto foi sugerido: [5]

А а Б б В в Г г Ґ ґ Д д Д' д' Дж дж
Е е З з И и Й й К к Л л М м Н н
О о Ӧ ӧ П п Р р С с Т т Т' т' У у
Ӱ ӱ Ф ф Х х Ч ч Ш ш Ы ы Э э

Publicações[editar | editar código-fonte]

Muito pouco já foi publicado sobre a língua Urum e há um léxico muito pobre.[6] , havendo somente poucos documentos escritos na língua.[7]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Казаков, Алексей (12 2000). Понтийские греки (em russian).
  2. Gordon, Raymond G. (ed.) (2005). Ethnologue Report for Urum Ethnologue: Languages of the World. SIL International.
  3. [ligação inativa]Urum Language Museum..
  4. Гаркавець, Олександр. Урумський словник (em Ukrainian, Urum). [S.l.: s.n.], 2000. p. 632.
  5. Смолина, Мария. Урумский язык. Урум дили (приазовский вариант). Учебное пособие для начинающих с аудиоприложением (em Russian, Urum). [S.l.: s.n.], 2008. p. 168. ISBN = ISBN 966-8535-15-4
  6. Podolsky, Baruch. A Tatar - English Glossary. Wiesbaden: Harrassowitz, 1985. ISBN 3-447-00299-9
  7. Podolsky, Baruch. (1986). "Notes on the Urum Language". Mediterranean Language Review 2: 99–112.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]