Línguas helênicas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Línguas helênicas
Distribuição
geográfica:
Grécia e Mediterrâneo oriental
Classificação
genética
:
Indo-europeia
 Línguas helênicas
Subdivisões:


As línguas helênicas formam um ramo da família linguística indo-europeia, que inclui o grego e os idiomas mais próximos.

Na Antiguidade existiram diversas variedades do grego, assim como línguas das quais restaram poucas evidências, como o macedônio antigo, que geralmente são tidas como parentes próximas do grego. Com base nos critérios da inteligibilidade mútua, existem apenas duas línguas helênicas hoje em dia: o grego padrão, que descende do antigo dialeto ático, e o tsacônio, descendente do dialeto dórico, que está em via de extinção.

Helênico 

 Ático 

Dimotiki (grego padrão moderno)



Ievânico



Pôntico



Grego capadócico (uma língua mista)



Romano-grego (língua mista)



 Dórico 

Tsacônio (em extinção)



Micênico (extinto)




? Macedônio antigo (extinto)




Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]