Línguas ilírias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tribos ilírias na Antiguidade.

Os idiomas ilírios formavam um grupo de línguas indo-europeias faladas na parte ocidental dos Bálcãs[1] pelos povos conhecidos na Antiguidade e posteriormente como ilírios: ardieus, dálmatas, panônios, autariatas e taulâncios (ver Anexo:Lista de tribos ilírias). Algumas mudanças sonoras do proto-indo-europeu para o ilírio e outros idiomas foram deduzidas a partir do que restou destes idiomas, porém devido ao fato de não existirem exemplos de uma literatura ilíria antiga que tenha sobrevivido até os dias de hoje[2] (além dos escritos messápios, se este idioma puder ser considerado ilírio), é difícil classificar com clareza o idioma dentro da família linguística indo-europeia. Por esta incerteza,[3] a maior parte das fontes classifica o ilírio em sua própria linhagem do indo-europeu, embora sua relação com os outros idiomas, antigos e modernos, continue a ser estudada até os dias de hoje.

Referências

  1. Se a língua messápia for próxima o suficiente das línguas ilírias para ser considerada um idioma ilírio, então o ilírio pode até mesmo ter sido falado no sul da Itália.
  2. Woodard 2008, p. 6: "While the Illyrians are a well-documented people of antiquity, not a single verifiable inscription has survived written in the Illyrian language."
  3. Wilkes 1995, p. 67: "Though almost nothing of it survives, except for names, the Illyrian language has figured prominently in several theories regarding the spread of Indo-European languages into Europe."

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Línguas ilírias