Línguas sotho-tswana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

As línguas sotho-tswana são um grupo de intimamente relacionadas línguas bantas do sul faladas no sul da África, que incluem Tswana (Setswana), Sotho do Norte (Sesotho sa Leboa), Sotho (Sotho do Sul ou Sesotho), e Lozi (Silozi ou Rozi).

O grupo Sotho-Tswana corresponde ao rótulo S.30 na classificação das línguas da família Bantu de Guthrie (1967-1971)[1] das línguas da família Bantu. Como tal, Sotho-Tswana inclui um número de variedades de língua que se enquadram dentro deste subgrupo genéticamente aproximados do bantu do sudeste Estas incluem variedades Lozi e numerosas do Sotho do Norte.

Lozi, também, é uma língua Sotho-Tswana falada na Zâmbia e nordeste da Namíbia (na Caprivi). Lozi é muito mais distinta das outras línguas Sotho-Tswana (do que estes são internamente entre si), devido às fortes influências lingüísticas, da Luyaana, e possivelmente, outras línguas da Zâmbia e Caprivi. No trabalho de Guthrie—como é hoje amplamente reconhecido[2] —Lozi foi erroneamente classificada como K.21.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Guthrie, Malcolm (1967-1971). Comparative Bantu: An Introduction to the Comparative Linguistics and Prehistory of the Bantu Languages. (Volumes 1-4). Farnborough: Gregg International, cf. the CBOLD Guthrie name list
  2. Gowlett, Derek. (2003). Zone S. In D. Nurse & G. Philippson (eds.), The Bantu Languages, 609-638. Londres: Curzon/Routledge

Ligações externas[editar | editar código-fonte]