Línguas tsimshiânicas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tsimshiânicas (Tsmksian)
Falado em:  Canadá,  Estados Unidos
Região: Columbia Britânica, Alasca
Total de falantes: 2 170
Família: Tsimshianica
 Tsimshiânicas
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---

As línguas Tsimshiânic formam uma família linguística falada no noroeste da Colúmbia Britânica e no sul do Alasca, na ilha Annette (Arquipélago de Alexandre) e em Ketchikan. São hoje cerca de 2 170 os falantes dessas línguas entre os “tsimshianos” do Canadá;[1] cerca de 50 dentre os 1 300 Tsimshianos do Alasca ainda falam o “tsimshiano da Costa”.[2] [3] As línguas tsimshiânicas são considerada pela maior parte dos linguístas como um grupo isolado de idiomas, com quatro variantes linguísticas: da Costa (litoral), do Sul, Nisga’a, e Gitksan.[4]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Edward Sapir incluiu as Tsimshiânicas na sua proposta linguísica como uma língua Penutiana, hipótese pouco aceita, mas ainda sob investigação por M.-L. Tarpent.

Outro linguísta, John Asher Dunn, apresentou uma hipótese de que as Tsimshiânicas fossem um ramo das línguas indo-européias.[5]

Línguas do grupo[editar | editar código-fonte]

São 4 as variantes Tsimshiânicas:

  1. Tsimshiana (também chamada Tsimshiânica Marítima, do Norte ou Baixa)
    • ‘’Tsimshiana da Costa (litoral)’’ (também chama “própria” Tsimshiana, Sm’algyax̣, Sm’algax)
    • ‘’Tsimshiana do Sul (também chamada Sgüüx̣s)
  2. Línguas Nass-Gitksan (também chamadas Tsimshiânicas do interior)
    • Língua Nisga'a (também chamada Nisqa’a, Nisg̱a’a, Nishga, Nisgha, Niska, Nass, Nishka)
    • Língua Gitxsan (também chamada Gitxsan, Gitksanimx̣)
  • A Tsimshiana do litoral é falada no baixo rio Skeena no noroeste da Colúmbia Britânica, em algumas ilhas vizinhas e ao norte em Metlakatla, Alasca.
  • A Tsimshiana Sul é falada numa ilha bem ao sul do rio Skeena, em Klemtu, Colúmbia Britânica. Essa variante está em sério risco de extinção.
  • Nisga’ é falada ao longo do rio Nass.
  • Gitksan é falada ao longo do alto do rio Skeena, com comunidades em Hazelton, Colúmbia Britânica.

Nisga’a e Gitksan são muito semelhantes entre si e por isso consideradas como dialetos de uma mesma língua. Porém, falantes das duas línguas se consideram etnicamente separados entre si e dos Tsimshiânas, considerando essas duas línguas como realmente independentes e separadas. Também as formas Tsimshiânas Sul e da Costa são vistas como dialetos de uma mesma língua.

Notas e referências

  1. Statistics Canada 2006
  2. Alaska Native Language Center. (2001-12-07). "Tsimshian." University of Alaska Fairbanks. Retrieved on 2007-04-11.
  3. Gordon, Raymond G., Jr. (ed.). (2005). "Tsimshian." Ethnologue: Languages of the World, 15th ed. (online version). Dallas, TX: SIL International Retrieved on 2007-04-11.
  4. Alaska Native Heritage Center. (2000). "Eyak, Haida, Tlingit & Tsimshian." Retrieved on 2007-04-11.
  5. Dunn, John A. (2002). "Proto-Tsimshian: A New World Indo-European Language." Paper presented at the annual meeting of the Society for the Study of the Indigenous Languages of the Americas, San Francisco, January 2002.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Em inglês:

  • Boas, Franz. (1902). Tsimshian Texts. Washington: Bureau of American Ethnology. Bulletin 27.
  • Boas, Franz. (1911). "Tsimshian." Handbook of American Indian Languages Bulletin No. 40, part I, pp. 287-422.
  • Mithun, Marianne. (1999). The languages of Native North America. Cambridge: Cambridge University Press. ISBN 0-521-23228-7 (hbk); ISBN 0-521-29875-X.
  • Tarpent, Marie-Lucie. (1997). "Tsimshianic and Penutian: Problems, Methods, Results, and Implications." International Journal of American Linguistics 63.52-244.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Em inglês: