Lúmen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Lúmen (símbolo: lm) é a unidade de medida de fluxo luminoso. Um lúmen é o fluxo luminoso dentro de um cone de 1 esferorradiano, emitido por um ponto luminoso com intensidade de 1 candela (em todas as direcções). É uma unidade padrão do Sistema Internacional de Unidades.

Múltiplos do SI[editar | editar código-fonte]

Múltiplo Nome Símbolo Múltiplo Nome Símbolo
100 lúmen lm
101 decalúmen dalm 10–1 decilúmen dlm
102 hectolúmen hlm 10–2 centilúmen clm
103 quilolúmen klm 10–3 mililúmen mlm
106 megalúmen Mlm 10–6 microlúmen µlm
109 gigalúmen Glm 10–9 nanolúmen nlm
1012 teralúmen Tlm 10–12 picolúmen plm
1015 petalúmen Plm 10–15 femtolúmen flm
1018 exalúmen Elm 10–18 attolúmen alm
1021 zettalúmen Zlm 10–21 zeptolúmen zlm
1024 yottalúmen Ylm 10–24 yoctolúmen ylm

Lumens ANSI[editar | editar código-fonte]

A saída de luz de projetores (incluindo projetores de vídeo) é tipicamente medida em lumens. Um procedimento padronizado para medir lumens foi estabelecido pela American National Standards Institute, o qual envolve fazer uma média de valores obtidos a partir de diferentes medidas tomadas em diferentes posições. Para fins de marketing, o fluxo luminoso de projetores que foram testados de acordo com este procedimento é chamdado de "lumens ANSI", a fim de distingui-lo daqueles obtidos por outros métodos. Medições em lumens ANSI são em geral mais precisas do que outras técnicas usadas pelos fabricantes de projetores. Tal fato permite que projetores sejam mais facilmente comparados com base em sua especificação de brilho.

O método para medição de lumens ANSI é definido pelo documento IT7.215, de 1992. Inicialmente o projetor é ajustado para mostrar uma imagem em uma sala à temperatura de 25 graus Celsius. O brilho e o contraste são ajustados de forma que em um quadro totalmente branco, seja possível distinguir entre um bloco de 5% da área total com 95% de branco de pico, e dois retângulos de tamanhos idênticos com 100% e 90% do branco de pico no centro do quadro branco. A saída de luz é então medida no quadro como um todo,a partir de nove localidades específicas , e com estes valores é feita uma média. Esta média é multiplicada pela área total do quadro para dar o brilho do projetor em lumens ANSI.[1]

Referências

  1. ANSI method of light output measurement (doc) (1993). Página visitada em 2008-01-15.
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.