L'Affaire Tournesol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
L'Affaire Tournesol
18º Álbum da série regular
Comic image missing-pt.png
País de origem  Bélgica
Língua de origem Francês
Editor Casterman
Colecção Les Aventures de Tintin
Primeira edição 1956
Numero de páginas 62
Primeira publicação Le Journal de Tintin de 22 de dezembro de 1954 a 22 de fevereiro de 1956
Género(s) BD Franco-Belga
Autor Hergé
Colorista Studios Hergé
Tema Aventura
Personagens principais Tintim
Milu
Capitão Haddock
Professor Girassol
Local da acção Bélgica
Suíça
Bordúria
Título em português O Caso Girassol
Colecção As Aventuras de Tintim
Títulos da série regular
Último
Último
On a marché sur la Lune
Coke en stock
Próximo
Próximo
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

O Caso Girassol (L'Affaire Tournesol, no original em francês) é um álbum de história em quadrinhos da série As Aventuras de Tintim, lançado em 1956, escrito e desenhado pelo belga Hergé. [1]

A trama passa-se quando o personagem conhecido como Professor Girassol é perseguido por duas nações, Sildávia e Bordúria, e então raptado, de forma que os seus amigos Tintim e Haddock vão procurá-lo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em O caso Girassol uma série de misteriosos acontecimentos assombra o castelo de Moulinsart. Vidraças se quebram de repente, espelhos se arrebentam, copos estouram, as preciosas louças da coleção do capitão se espatifam. Tudo que é de vidro vira caco. Para piorar, ouvem-se tiros no parque. Guiados por Milu, o capitão e Tintim encontram um homem ferido, caído numa moita. No meio da confusão, Girassol viaja para a Suíça, e depois da sua partida os vidros param de quebrar. Desconfiado, Tintim resolve dar uma espiada no laboratório do professor, onde topa com um mascarado. O homem consegue escapar. Pressentindo que Girassol possa estar em perigo, nossos amigos partem para a Suíça.Mas não conseguem encontrar o professor a tempo. Escapando de mil atentados e ciladas, a pista de Girassol os leva até a Bordúria, dominada por um tirano com planos sinistros em mente.

Na Suíça[editar | editar código-fonte]

Não só em Genebra como em Nyon há traços evidentes da passagem de Tintin, de Milu, do Capitão Haddock e do Professor Girassol. O Hotel Cornavin, que se encontra ao lado da Estação de Cornavin em Genebra, tem à porta uma imagem de Tintin pois que em L'Affaire Tournesol o Professor Girassol "ocupou" o quarto 122, aliás a chave desaparece regularmente! [2] No centro de turismo de Nyon pode-se obter o folheto Avec Tintin, sur les traces de Tournesol à Nyon com a localização da passaram e imagens do respectivo álbum.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.