L'anatra all'arancia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
L'anatra all'arancia
Pato com Laranja (PT/BR)
1975 • cor • 105 min 
Realização Luciano Salce
Argumento Bernardino Zapponi
Elenco Ugo Tognazzi, Monica Vitti, Barbara Bouchet
Género Comédia
País  Itália
Idioma Italiano
Página no IMDb (em inglês)

L'anatra all'arancia (pt: Pato com Laranja) é um filme italiano de 1975[1] , dirigido por Luciano Salce, baseado na peça de teatro de William Douglas-Home e Marc-Gilbert Sauvajon.

Estreou em Portugal a 1 de Julho de 1976.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Livio e Lisa Stefani são um casal em crise, depois de dez anos de vida conjugal, recheados de aventuras extra-matrimoniais. Mas Lisa apaixona-se pelo francês Jean-Claude e quer ir viver para França. Livio fica cheio de ciúmes mas, em vez de reagir violentamente, adopta uma atitude mais calma: convida a mulher a passarem juntos um fim de semana, na sua casa junto ao mar, convidando Jean-Claude, de quem pretende tornar-se amigo. Lisa não pode negar o convite, mas Livio aproveita para levar a sua desinibida secretária (e amante), Patty.[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Censura na Televisão Portuguesa[editar | editar código-fonte]

  • Este filme foi o primeiro filme erótico a ser transmitido na televisão portuguesa, mas motivou o maior escândalo de censura televisiva de sempre depois da Revolução dos Cravos.
  • Este filme foi transmitido pela primeira vez na RTP1, no Verão de 1983. Quando o filme foi para o ar, num horário em que todas as famílias viam a televisão, no meio da emissão choveram na redacção da RTP telefonemas atrás de telefonemas de telespectadores revoltados, a insultarem o filme devido às cenas de nudez que apareceram durante o filme, e a exigirem que o filme fosse retirado do ar imediatamente.
  • Poucos minutos depois, o Presidente da Administração da RTP, o Sr. João Palma Ferreira, exigiu ao Director de Programas da RTP1 que o filme fosse, efectivamente, retirado do ar. E de facto, foi o que aconteceu. O filme estava a meio e de repente cortaram a transmissão. Houve uns longos minutos em que a RTP1 não emitiu nada, nem miras técnicas nem outro programa qualquer, sómente uma "negra".
  • Depois, apareceu nos ecrãs o Presidente do Conselho de Administração da RTP, que leu um comunicado da Direcção a pedir as mais sinceras desculpas aos senhores telespectadores, devido ao facto de terem emitido um filme com conteúdos de nudez, que chocaram a sensibilidade dos mesmos.
  • No dia seguinte, vários foram os que se manifestaram contra este caso, que se tornou num assunto político sério. Toda a oposição ao Governo afirmou grande indignação perante este caso de censura, e exigiram ao Governo a demissão do Presidente da Administração da RTP e do Ministro encarregado, que chegou a ter "a cabeça a prémio". E de facto, o Presidente da Administração da RTP, para evitar mais escândalos, demitiu-se do cargo. E depois disso, até 1991, nunca mais a RTP emitiu um filme do género.

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Pato com Laranja (em inglês) no Internet Movie Database


Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.