La fille du régiment

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
La fille du régiment
A filha do regimento
Idioma original Italiano
Compositor Gaetano Donizetti
Libretista Georges Henri Vernoy de Saint-Georges e Jean-François Bayard
Número de atos 2
Ano de estreia 1840
Local de estreia Opéra-Comique, Paris

La fille du régiment (A Filha do Regimento) é uma ópera cômica em dois atos de Gaetano Donizetti. Escrita enquanto o compositor estava vivendo em Paris, o libretto em francês é da autoria de Georges Henri Vernoy de Saint-Georges e Jean-François Bayard. Uma versão ligeiramente diferente em italiano (tradução de Callisto Bassi) foi adaptada para o gosto do público italiano.

Histórico de apresentações[editar | editar código-fonte]

La fille du régiment foi apresentada pela primeira vez em 11 de fevereiro de 1840, no Opéra-Comique, Paris, depois no La Scala, Milão, em 30 de outubro do mesmo ano. Foi apresentada em inglês no Teatro Surrey, em Londres, em 21 de dezembro de 1847, e foi reapresentada na mesma temporada em italiano com Jenny Lind. Nova Orleans assistiu a primeira performance na América, em 7 de março de 1843. Era frequentemente representada em Nova Iorque, o papel de Marie sendo o favorito, junto de Jenny Lind, Henriette Sontag, Pauline Lucca e Adelina Patti. Houve apresentação no Metropolitan Opera House com participação de Marcella Sembrich e Charles Gilibert (Sulpice) em 1902-1903. Também no Manhattan Opera House em 1909 com Luisa Tetrazzini, John McCormack e Charles Gilibert, e novamente com Frieda Hempel e Antonio Scotti nos mesmo papéis do Metropolitan em 17 de dezembro de 1917.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Personagem Tipo de voz Elenco da estreia, 11 de fevereiro de 1840
(Condutor: Gaetano Donizetti)
Marie, uma vivandière(A) soprano Giulietta Borghese
Tonio, um jovem tirolês tenor Mécène Marié de l'Isle
Sargento Sulpice baixo Henry Deshaynes ("Henri")
A Marquesa de Birkenfeld contralto Marie-Julie Halligner ("Boulanger")
Hortensius baixo D. Delaunay-Ricquier
Um cabo baixo Georges-Marie-Vincent Palianti
Um camponês tenor Henry Blanchard
A Duquesa de Krakenthorp personagem falado Marguerite Blanchard
Um notário personagem falado Léon
Soldados franceses, povo tirolês, serventes domésticos da Duquesa

Notas[editar | editar código-fonte]

Nota (A): Mulheres que acompanhavam tropas militares para vender comida aos soldados.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre ópera é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.