Lado a Lado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lado a Lado
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Romance
Duração 50 minutos
Criador(es) João Ximenes Braga
Claudia Lage
País de origem  Brasil

Inadequado para menores de 10 anos i DEJUS (Brasil) [1] [2]

Idioma original Língua portuguesa
Produção
Diretor(es) Dennis Carvalho
Vinícius Coimbra
Elenco Camila Pitanga[3]
Marjorie Estiano[4]
Lázaro Ramos[4]
Thiago Fragoso[3]
Patrícia Pillar
Alessandra Negrini
Werner Schunemann
Caio Blat
Cássio Gabus Mendes
Sheron Menezzes[5]
(ver mais)
Tema de abertura "Liberdade! Liberdade! Abra as Asas sobre Nós", Imperatriz Leopoldinense[6] [7]
Tema de
encerramento
"Liberdade! Liberdade! Abra as Asas sobre Nós", Imperatriz Leopoldinense entre outras.
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil Rede Globo
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 10 de setembro de 2012 - 8 de março de 2013[8]
N.º de episódios 154
Cronologia
Último
Último
Amor Eterno Amor
Flor do Caribe
Próximo
Próximo
Programas relacionados Força de um Desejo
Pacto de Sangue

Lado a Lado é uma telenovela brasileira que foi produzida pela Rede Globo e exibida no horário das 18 horas de 10 de setembro de 2012 à 8 de março de 2013, em 154 capítulos, substituindo Amor Eterno Amor e sendo substituída por Flor do Caribe.

Foi escrita por Claudia Lage e João Ximenes Braga, com colaboração de Chico Soares, Douglas Tourinho, Fernando Rebello, Jackie Vellego, Maria Camargo e Nina Crintzs, supervisão de texto de Gilberto Braga, direção de Cristiano Marques e André Câmara, direção geral de Vinícius Coimbra e Dennis Carvalho com direção de núcleo de Dennis Carvalho, [9] é a 80ª "novela das seis" exibida pela emissora.[10]

Contou com Camila Pitanga, Marjorie Estiano, Thiago Fragoso, Lázaro Ramos, Rafael Cardoso, Cássio Gabus Mendes, Maria Clara Gueiros, Tuca Andrada, Maria Padilha, Sheron Menezzes, Klebber Toledo, Caio Blat, Alessandra Negrini e Patrícia Pillar nos papéis principais.

Venceu o Emmy Internacional na categoria de melhor telenovela de 2013.[11] [12] [13]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo.

Lado a Lado conta a história de duas mulheres, Laura (Marjorie Estiano) e Isabel (Camila Pitanga), que apesar de originárias de mundos totalmente diferentes, caminham na mesma direção: buscam conciliar amor e liberdade na conservadora sociedade carioca do início do século XX.[14] [15] [16]

Primeira Fase[editar | editar código-fonte]

De origem humilde. é órfã de mãe desde pequena, sendo filha de Afonso (Milton Gonçalves), um ex-escravo, e criada pela tia materna, Jurema (Zezeh Barbosa), uma mãe de santo. Isabel trabalha desde os 14 anos como empregada doméstica de uma dama francesa, Madame Besançon (Beatriz Segall), e quer muito mais da vida. Fala francês fluentemente, é dona de um gingado único e acompanha de perto o nascimento do samba no Rio de Janeiro. Noiva de Zé Maria (Lázaro Ramos), é completamente apaixonada pelo misterioso e honrado capoeirista.

Professora, amante das artes e dos livros, Laura vê o casamento como um empecilho a seus sonhos de estudar e trabalhar fora de casa, coisas jamais aceitas por sua mãe, Constância (Patrícia Pillar), ex-baronesa que vê na união da filha com Edgar (Thiago Fragoso), filho do poderoso senador Bonifácio Vieira (Cássio Gabus Mendes), a possibilidade de voltar aos velhos tempos de luxo e poder, já que o seu marido, Dr. Assunção (Werner Schünemann), perdeu muito dinheiro com a chegada da República.

No dia de seus casamentos, Laura e Isabel se conhecem na sacristia de uma tradicional igreja carioca. Mas, enquanto Isabel sofre com o atraso do homem que ama, Laura, consciente das limitações que o matrimônio pode acarretar a uma mulher com aspirações profissionais, deseja que seu noivo não apareça. Constância aparece na cerimônia e humilha Isabel publicamente, não admitindo uma pobre mulata casar na mesma igreja que sua filha. As duas brigam muito e são contidas pelos convidados. Isabel passa a detestar Constância com todas suas forças. No entanto, é Zé Maria quem não aparece, e Isabel acredita que foi abandonada no altar e se torna alvo do interesse do mulherengo e sedutor Albertinho (Rafael Cardoso), irmão de Laura. A jovem professora, por outro lado, acaba se casando com Edgar, que também não estava entusiasmado com um compromisso assumido na adolescência e uma união realizada sob a pressão das famílias.

Zé Maria não aparece no dia do casamento, pois no momento em que acontecia a cerimônia estava defendendo o cortiço em que vivia das ameaças do governo, pois os militares o invadiram para expulsar as famílias. Zé é levado preso. Sem notícia, Isabel percorre toda a cidade em busca de notícias do amado, sem sucesso. Ela descobre que, assim como os vizinhos, sua casa no cortiço fora demolida. Sem ter para onde ir, o governo envia as famílias para um abrigo e posteriormente as mandam para um morro próximo ao centro do Rio, onde serão construídas pequenas casas para as famílias. Ali, estava sendo fundada um das primeiras favelas do Brasil, o Morro da Providência.

Desesperançosa, continua a trabalhar como empregada, até fazer amizade com Albertinho. Com os meses a amizade evolui para um romance, e Isabel tem sua primeira vez com o jovem, se arrependendo muito e o culpando por tê-la seduzido, terminando o caso. Nesta época, Zé Maria volta e lhe explica tudo, a pedindo em casamento. Isabel se desespera por não ser mais virgem, sabendo que não será perdoada pelo homem amado. Tudo se complica ao descobrir estar grávida, e se desespera. A jovem é incentivada por todos a mentir, mas em nome do amor por Zé Maria, revela a verdade. Zé fica muito magoado e escandalizado e acaba se separando de Isabel, ao saber que ela engravidou de Albertinho.

Isabel, então, revela tudo ao pai, que a princípio pensa ser Zé o pai, querendo ir tomar satisfações com ele, mas Isabel conta que se deitara com outro, para indignação do seu pai, que bate na jovem, a humilha e a expulsa de casa. Sua tia tenta ajudá-la, mas não tem como mantê-la no morro, pois todos a humilham, principalmente Berenice (Sheron Menezes), uma mulher invejosa e obcecada por Zé Maria, que fará de tudo para prejudicar Isabel. Sem ter para onde ir, recorre a sua patroa, que não aceita a jovem grávida, ficando indignada por ela ter dormindo com um homem debaixo do teto da casa dela, não respeitando seu lar. Isabel é expulsa da casa da patroa e aluga um quartinho de uma pensão na Lapa, um local perigoso com bandidos e prostitutas. Isabel fica desesperada, e foge de lá, dormindo na rua. É quando Laura a encontra e ficando desesperada com a situação da amiga, a abriga em sua casa, para revolta de Constância, que odeia pessoas pobres e mestiças, como Isabel.

Ao longo do tempo, Laura e Edgar acabam se apaixonando. Apesar de viverem na mesma casa, demoram muito a ter relação de marido e mulher, e primeiro cultivam uma amizade, aprendedno a um conhecer o outro melhor. Com o tempo, eles se tornam um casal feliz e realizado, pois Edgar não proíbe a mulher de realizar seus sonhos. A relação dos dois, porém, tem uma grande reviravolta quando a jovem descobre que enquanto o marido estudava Direito em Portugal, ele teve um caso com Catarina Ribeiro (Alessandra Negrini), uma famosa cantora de ópera. Catarina acabou engravidando de Melissa (Eliz David) e após um ano, entra em contato com Edgar disposta a reconquistá-lo e fazer com que ele assuma a paternidade da menina. Edgar é pego de surpresa e vai à Portugal. aura fica furiosa com a traição do marido na época que eram noivos, e entra em em depressão. Por causa disso, sofre um aborto espontâneo e fica meses sem notícias do marido, enquanto Edgar regularizava a documentação da filha ilegítima em Portugal.

Laura crê que está sendo traída por Edgar em Portugal, e fica escandalizada quando ele volta com Catarina e Melissa, já que elas irão morar no Brasil, em uma casa comprada por Edgar. Cansada das várias armações e intromissões de Catarina em seu casamento, tentando por o marido contra si, Laura acaba se divorciando de Edgar, que a princípio não aceita, mas a fim de acabar com brigas e discussões diárias, e prezando pela felicidade da amada, aceita. Laura passa a ser mal vista socialmente: O divórcio era considerado um escândalo para a época. Constância fica perplexa e bate na filha, a expulsando da sua vida, preferindo ter uma filha morta do que divorciada, o que causou escândalo na família. Isabel, com a separação da amiga, vai morar num teatro, com ajuda de Zé Maria, que mesmo magoado com seu grande amor, jamais deixaria de ajudá-la. Lá, ela faz amizade com uma grande atriz, chamada Diva. Ela lhe dá abrigo e um emprego de faxineira de camarim. Ali, Isabel se encanta com as artes, e almeja o sonho de se apresentar no teatro, como dançarina, mas acredita que seu sonho é impossível, por ser pobre, mestiça e futura mãe solteira.

Albertinho entra em pânico com a gravidez de Isabel, já que descobriu por intermédio de Edgar a situação. Isabel revelou a Laura, que confiando no marido, contou isto a ele, que falou a Albertinho. Ele o saber da gravidez de Isabel, a procura oferecendo ajuda, mas ela se recusa, o acusando de mimado e infeliz, já que o jovem não trabalha e só vive em festas, bêbado e dormindo com prostitutas. Os dois brigam muito. Isabel considera-se usada por ele, dizendo que criará o filho sozinha, e Albertinho considera ter vivido um momento de fraqueza comum a todo homem, e que nunca quis se casar com a jovem, apenas se divertir. Isabel bate nele e o manda embora. Sem saída, ele revela tudo a mãe, que fica possessa de ódio, querendo a morte do neto. Não aceitaria jamais um neto mestiço, um sangue misturado na sua nobre linhagem familiar. Ela procura Isabel lhe oferecendo muito dinheiro para abortar o bebê ou para sumir do mapa assim que a criança nascer. Isabel discute com a ex-baronesa e bate nela. Constância jura vingança a Isabel. O pai de Albertinho descobre tudo, e o ameaça pôr para fora de casa, se ele não começar a trabalhar para sustentar o bebê. Cumprindo as ordens do pai, o jovem entra para o exército.

Antes de ter o filho, Isabel consulta os búzios com sua tia, que confirma que Isabel dará a luz um menino saudável. A jovem fica feliz e emocionada, mal sabendo o que a espera pela frente. Todos os dias escreve cartas a Laura, que, renegada pela mãe, que comprou suas passagens e mandou para longe, e humilhada pela sociedade, foi viver sozinha numa casa no interior paulista, conseguindo emprego de professora, sem jamais revelar sua condição de divorciada. Todos os dias elas se comunicam e mesmo distante, a amizade continua forte e inabalável.

Constância procura a irmã de sua empregada. Em Berenice, vê uma aliada perfeita para destruir Isabel para sempre. Constância contrata investigadores e descobre quem é a parteira de Isabel. Ela suborna a parteira que Isabel havia escolhido, e a mulher diz a jovem grávida que precisará viajar, lhe apresentando uma outra parteira, que diz ser de confiança, mas na verdade está aliada de Constância e Berenice. Isabel entra em trabalho de parto, e sofrendo muito, dá a luz um menino, forte e sadio. A parteira leva o bebê e volta com um feto morto, dizendo a Isabel que o menino nasceu com o cordão umbilical enrolado no pescoço. A jovem grita e se desespera, chorando muito, não querendo acreditar em nada daquilo. Diva a consola, e Isabel passa a odiar sua vida desgraçada, querendo justiça. Constância teve a coragem de forjar a morte do próprio neto, provando ser cruel. Não bastando isso, com ajuda de Berenice, o doa em segredo para a irmã e de Berenice criar, com vergonha da origem racial do menino.

Albertinho chora e sofre de verdade pela morte do filho, não podendo acreditar, assim como seu pai. Constância finge sofrer, mas está feliz por dentro. Laura fica inconsolável e se culpa por estar longe da amiga. Isabel volta a trabalhar de empregada no teatro, chorando todos os dias. Seu filho vai parar no morro que vivia, sendo criado pela irmã de Berenice, que é vizinha de seu pai e sua tia, que não se conforma, pois os búzios não erram. Implorando a Deus para mudar de vida, a sorte chega para Isabel: Uma dançarina francesa chega ao Brasil. Amiga de Diva, se apresenta no teatro dela. Sabendo do desejo de Isabel ser dançarina, Diva conversa com a francesa, que chama Isabel para um teste, para ela dançar o que sabe. Isabel, então, dança samba. A francesa fica encantada com a jovem, e a chama para ir para Paris. Isabel fica fascinada e até chocada. A francesa revela que quer mostrar ao público europeu como é a dança dos trópicos e que com apresentações de samba, Isabel poderá se tornar uma artista famosa. Isabel conversa com a tia, que apoia, ms seu pai, que voltou a falar com ela, é contra. Por puro preconceito da época, as mulheres que iam para Paris eram acusadas de querer ganhar dinheiro a custa de prostituição. Seu pai diz que ela pode ir mas que é para esquecê-lo. Isabel choira, sofre, mas tem que tomar uma decisão: Obedecer seu pai ou mudar de vida, para melhor. Com o coração na mão mas cheia de esperança, ela se lança a um novo destino de surpresas e maravilhas, mas revela que não tem o dinheiro para pagar a passagem do navio. A francesa se decepciona pois seu dinheiro está curto, até que, conversando com Constância, sua mais nova amiga de sociedade, ela revela, falsamente que sempre gostou de Isabel, e então, sem saber, Isabel tem sua passagem paga por Constância, que quer Isabel longe de sua família para sempre. A francesa diz que pagou sua passagem. Isabel fica radiante de felicidade e embarca rumo a um novo horizonte, sem jamais esquecer a perda de seu filho.

Segunda Fase[editar | editar código-fonte]

Seis anos se passaram. Laura, enfim segura de sua própria vida e com uma carreira estável, retorna ao Rio de Janeiro, e torna-se a professora de um dos mais renomados colégios da capital fluminense, Por coincidência do destino, se torna a professora de Melissa. Catarina se revolta por sua filha estar apegada a ela, e se vinga: Publica nos jornais que a professora Catarina é divorciada. Catarina é demitida da escola e sofre com as perseguições morais das pessoas. Faz de tudo para conseguir emprego, mas os homens a assediam, e mulheres a difamam. Edgar rompe a amizade com Catarina e faz de tudo para proteger sua amada. Eles acabam reatando ao se verem apaixonados, e passam a viver juntos sem serem casados, outro escândalo. Querendo emprego, Laura passa a escrever jornais assinando o nome de um homem, para ninguém descobrir que uma mulher escreve em jornal, para não sofrer preconceito, e por precisar do dinheiro que o jornal paga. Entre indas e vindas com Edgar, Laura busca se firmar como professora e jornalista e sente-se dividida entre o amor por Edgar e seus sonhos de independência.

Isabel, por sua vez, volta muito rica da Europa. Se tornou dançarina de samba e escritora de canções. Ela desperta a inveja e fúria de Constância e Berenice. Desperta paixão nos homens, mas nunca mais teve ninguém, além de Albertinho, apesar de amar Zé Maria, que volta ao Brasil, após anos servindo a marinha da Inglaterra, liderando movimentos revolucionários, como a Revolta da Chibata. Ele fica incomodado com Isabel, duvidando da forma como ela ganhou a vida no exterior. Os dois brigam muito, mas se veem apaixonados e passam a viver entre indas e vindas, até que ocorre a primeira vez do casal. Com o tempo, ela e Laura vão morar juntas, como grandes amigas e irmãs. As duas dividem suas dores e amores, sonhando com o dia que serão felizes no amor e terão filhos.

O filho de Isabel é um menino esperto, que aprende aos poucos a lutar capoeira com Zé Maria. Constância ajuda o menino em segredo, lhe dando tudo que precisa. Apesar disso, ele é humilhado e torturado pela tia Berenice e pela mulher que o criou, que ele acha ser mãe. Após diversas brigas com Constância e Berenice, Isabel consulta os búzios, que confirma que seu filho está vivo e bem. Ela não acreditava mais nos búzios, mas seu coração de mãe sempre disse que havia algo errado. Contratando detetives, acaba descobrindo toda a verdade sobre seu filho, ficando emocionada e horrorizada com tudo, tentando recuperá-lo a qualquer custo. Com isso, seu pai e Isabel juntam-se novamente, um grande alívio para Isabel, que acaba lutando até para o seu filho aceitá-la, pois inventaram para ele que Isabel é uma bruxa má que ele não pode chegar perto. Albertinho se junta a ela, pedindo perdão, e mais madura, o perdoa. Os dois se juntam para recuperar o filho, pois Berenice mentiu instruída pro Constância, dizendo que testemunhou Isabel doar o menino e soube que ela se prostituiu na Europa. Berenice faz de tudo para seduzir e conquistar Zé Maria, fingindo inclusive uma falsa gravidez, o que afasta Zé e Isabel temporariamente. Embora Berenice esteja casada com um malandro que rouba e até bate na jovem, ela, além de trai-lo com Zé, que cai na tentação da jovem, Berenice passa a ser amante de um senador, arrancando muito dinheiro dele.

Laura e Isabel tentam reconstruir suas vidas na capital da república, e enfrentam lado a lado os preconceitos da época e as perseguições de Constância.

No fim, Berenice é denunciada por Constância, que foi pega pelo marido com o amante, um rapaz mais jovem e amigo de seu filho. Inconformado pela desonra, ele bate na esposa, descobrindo todas as suas armações. Constância é presa, e não querendo ficar sozinha, denuncia Berenice, que é presa por falso juramento, sequestro, e roubo, pois ela assalta o senador. Por ser rica, Constância sai da cadeia, e o marido se divorcia, para o pavor da ex-baronesa, que preferia a morte a ter sua família arruinada. Com ódio da esposa, Constância é mandada para uma fazenda no interior mineiro e passa a trabalhar lá como empregada doméstica dos parentes do seu marido, para seu ódio eterno. Isabel tem a oportunidade de vingar-se, mas não faz, sabendo perdoar o próximo e por ela ser mãe de sua amiga. Laura tenta se aproximar da mãe, que não quer mais saber da jovem, para tristeza dela.

Inconformada e com raiva, Berenice seduz e passa a noite com o carcereiro, e assim consegue fugir da prisão, mas descobre que sua irmã roubou suas joias, algumas que o senador deu e outras que ela mesmo roubou. Ela invade a casa da irmã e elas brigam. Berenice foge com as joias, mas se desequilibra e cai de uma ribanceira, morrendo nas pedras, junto das joias. Seu marido não se importa com a esposa morta, e rouba as joias para ele, mas a polícia chega a tempo, e o coloca preso.

Catarina, após se juntar com o irmão de Edgar, ser amante dele e roubar a família, e ainda colocar fogo em sua casa com sua filha dentro para se vingar por ter sido abandonada por Edgar, é enfim presa, e condenada a pena máxima. O irmão de Edgar também é preso e condenado.

Alberto se entende com todos, se torna um homem responsável, passando a cada dia ter mais contato com o filho e se tornar seu melhor amigo. Ele se casa e vai viver na Europa, mas sempre mantendo contato com o filho, o levando para lá ou vindo ao seu encontro no Brasil. Isabel se torna amiga dele, e enfim, passa a confiar nele como um bom pai.

Isabel se casa com Zé Maria na igreja, no cartório e num ritual de umbanda, e consegue definitivamente a guarda do menino, que é enfim registrado com o nome dos pais, e passa e entender a verdade de sua vida. No começo Zé tem dificuldade de aceitar criar o filho de outro homem, mas com sua mentalidade mais aberta, e por amor a Isabel, e por amar o menino antes de saber de tudo, passa a ter ele como seu filho, até que Isabel descobre estar grávida, para sua extrema alegria.

Laura e Edgar se entendem, enfim. Eles se casam oficialmente no cartório e em uma igreja, e Laura se descobre grávida, para sua felicidade. Edgar ganha a guarda de Melissa, e Laura passa a criá-la como sua filha.


Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Produção[editar | editar código-fonte]

Lado a Lado foi o primeiro nome pensado para a novela, que depois foi trocado pelo título provisório de Novo Tempo, mas a Globo preferiu trocá-lo novamente, voltando à Lado a Lado. O nome da trama seria justificado posteriormente no site da novela, na cena final centrada nas duas protagonistas, com a frase "Heroínas... Laura e Isabel celebram a amizade, e a vida que segue, lado a lado".[17]

Durante dez dias, o elenco gravou cenas nas ruas do centro histórico de São Luís, no Maranhão. A cidade serviu de locação para representar o Rio de Janeiro do início do século XX.[18]

Os atores Lázaro Ramos e Marcello Melo Jr. fizeram aulas com Mestre Cocoroca para dar vida aos capoeiristas Zé Maria e Caniço, respectivamente. Além disso receberam faixa preta como capoeiristas, e seus nomes de batismo foram os nomes de seus personagens.[18]

Os atores Rafael Cardoso, Caio Blat, Daniel Dalcin e Klebber Toledo fizeram aulas de futebol, já que na trama, os seus personagem serão responsáveis por trazer o esporte ao Brasil.[19]

Esta é a primeira novela que tem João Ximenes Braga e Cláudia Lage como autores titulares. Os dois fizeram a oficina de autores da Globo em 2004 e foram colaboradores de novelas como Insensato Coração e Páginas da Vida. Esta é a primeira vez que trabalham juntos.[20]

Patrícia Pillar e Alessandra Negrini voltaram às novelas como vilãs da trama.[21] [22]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Marjorie Estiano Laura Assunção Vieira/Paulo Lima
Camila Pitanga Isabel Nascimento
Thiago Fragoso Edgar Lemos Vieira/Antônio Ferreira
Lázaro Ramos José Maria dos Santos (Zé Navalha)
Patrícia Pillar Constância Camargo Assunção (Baronesa da Boa Vista)
Alessandra Negrini Catarina Ribeiro
Rafael Cardoso Alberto Assunção
Caio Blat Fernando Vieira
Cássio Gabus Mendes Bonifácio Vieira
Maria Clara Gueiros Neusinha Soares/Jacqueline Duvivier
Paulo Betti Mário Cavalcanti
Tuca Andrada Frederico Martins
Emílio de Mello Carlos Guerra
Maria Padilha Diva Celeste
Isabela Garcia Célia de Bragança (Celinha)
Werner Schünemann Alberto Assunção
Sheron Menezzes Berenice (Bere)
Milton Gonçalves Sr. Afonso Nascimento
Klebber Toledo Umberto de Ferraz Pontes
Daniel Dalcin Teodoro Lopes de Freitas
Zezeh Barbosa Tia Jurema
Bia Seidl Margarida Lemos Vieira
Beatriz Segall Madame Besançon
Guilherme Piva Delegado Heráclito Praxedes
Débora Duarte Eulália Praxedes
Susana Ribeiro Teresa Praxedes
Claudio Tovar Padre Olegário
André Arteche Luciano Celeste Buarque
Marcello Melo Jr. Caniço
Álamo Facó Vasco Queirós (Quequé)
George Sauma Jonas
Christiana Guinle Carlota de Bragança Passos
Priscila Sol Sandra Praxedes
Ana Carbatti Zenaide
Juliane Araújo Alice de Bragança Passos
Romis Ferreira Luiz Neto
Tião D'Ávila Isidoro
Rui Ricardo Dias Percival
Laís Vieira Etelvina
Luisa Friese Matilde
Rogério Freitas Haroldo
Marcos Acher Rodrigues
Daniel Marques Paiva
Ana Paula Lopes Luzia
Rhaisa Batista Esther Lemos
Jurema Reis Gilda
César Mello Francisco dos Anjos (Chico)
Antonio Pitanga Túlio
Maria Eduarda Eliete

Temas recorrentes e repercussão[editar | editar código-fonte]

  • Temas como machismo e emancipação feminina, tratados sob a ótica das duas protagonistas, que remetiam a referências da luta das mulheres por emancipação e inserção, como Nísia Floresta e Josephine Baker, geraram discussões na mídia e nas redes sociais.[23] [24] [25] [26] [27] [28] [29] [30]
  • Os preconceitos sofridos pelas mulheres divorciadas, que viviam fora de casa e queriam trabalhar, assim como os dramas da ilegitimidade e das mulheres que tinham filhos fora do casamento, foram representados por Laura (Marjorie Estiano), Isabel (Camila Pitanga) e outras (os) personagens. Os obstáculos para a inserção dos negros e camadas populares foram representados na luta de Zé Maria (Lázaro Ramos) pela descriminalização da capoeira, na representação de um homem negro que se disfarça de branco para jogar futebol, na retratação de revoltas populares como a Revolta da Vacina e Revolta da Chibata.[31] [32]
  • O emprego do termo divórcio, em referência à separação de Laura e Edgar (Thiago Fragoso), gerou polêmicas e discussões entre o público e na imprensa.[33] [34] [35] [36] [37]
  • A cena em que Laura sofre uma tentativa de estupro de seu então empregador, o senador Laranjeiras (Dudu Sandroni), em 10 de janeiro de 2013, causou grande repercussão entre os críticos e redes sociais. Considerada mais chocante que a cena do estupro de Jéssica em Salve Jorge, agradou ao público e resultou em elogios à atuação da atriz Marjorie Estiano e dos demais envolvidos.[38] .
  • A novela despertou o interesse também ao tema da liberdade religiosa, no período em que a Mãe de Santo, Tia Jurema (Zezé Barbosa), foi presa por professar sua fé como representante do Candomblé.[39] [40]
  • O episodio em que Laura foi ingressada em um sanatório por sua mãe, igualmente chamou a atenção sobre as práticas "sanitárias" impostas às mulheres contestadoras e independentes na época retratada pela novela.[41] [42] [43] [44]
  • Segundo pesquisas, a novela foi elogiada por professores pela capacidade de abordar a história do Brasil em uma obra de ficção, e muitos assuntos vistos na novela foram comentados nas salas de aulas. A trama, o elenco, a fotografia e até mesmos as histórias obtiveram críticas positivas.[45]
  • O entrosamento do casal Laura (Marjorie Estiano) e Edgar (Thiago Fragoso) foi um dos pontos mais destacados da trama, e eles foram eleitos o melhor par romântico de novelas do ano pelos votantes do Prêmio Noveleiros 2012 e pelo colunista da revista Minha Novela, Jorge Brasil. Êxito de público, o casal formado pelos atores Thiago Fragoso e Marjorie Estiano - que já deveriam ter atuado juntos em A Vida da Gente[46] -, mobilizou um movimento nas redes sociais chamado movimento Laured (união dos nomes Laura e Edgar).[47] [48] [49] [50] [51] [52] [53]
  • O êxito da personagem de Marjorie Estiano inspirou a publicação do livro Laura, uma história alternativa da jovem feminista, pela Biblioteca 24 horas.[54] [55] [56]
  • A novela foi muito elogiada pelo renomado escritor Ariano Suassuna.[57]
  • A transmissão do último capítulo no Dia Internacional da Mulher, curiosamente também dia do aniversário da atriz Marjorie Estiano, intérprete da feminista Laura, também chamou a atenção.[58] [59] [60] [61]
  • Coincidentemente, Lado a Lado ganhou o Emmy Internacional no Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher, em 25 de novembro de 2013.[62] [63]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Lado a Lado estreou no dia 10 de setembro de 2012 com 18 de média, sendo a pior estreia de uma novela das seis registrada na emissora. Suas antecessoras, Amor Eterno Amor e A Vida da Gente, estrearam com 23 pontos de média, enquanto Cordel Encantado obteve 24 pontos.[64]

Em seu segundo capítulo, a trama subiu na audiência, chegando aos 19 pontos.[65]

No dia 16 de janeiro de 2013 a novela bateu seu recorde de audiência: 25 pontos com picos de 28 no Ibope. Essa foi a maior audiência durante toda a novela. [66] [67]

Em seu último capítulo, a trama marcou 21 pontos com picos de 24 no Ibope.[68]

A trama fechou com média final de 18,3 pontos, sendo considerada uma audiência muito baixa, propícia ao seriado teen Malhação. No entanto, seus primeiros capítulos foram apresentados no horário da novela adolescente, em virtude do horário eleitoral. Lado a Lado enfrentou várias dificuldades externas juntas, a estreia em período eleitoral, festas populares, horário de verão, além das várias estreias na mesma época entre a teledramaturgia da Globo. A despeito dos índices baixos, foi a trama mais elogiada pela crítica, indicando que audiência não necessariamente é sinônimo de qualidade.[69] [70]

Porém, em outras praças que não a de São Paulo, a que conta para o mercado publicitário, a novela teve altos índices chegando a superar a trama do horário das sete, com médias de até 32 pontos.[71] .

No Rio de Janeiro, que serviu de cenário para a novela, a estreia foi de 26 pontos e seu último capítulo alcançou 30 pontos de acordo com o ibope. O recorde de audiência foi de 32 pontos, alcançados em 3 ocasiões diferentes.

No Rio Grande do Sul, seu último capítulo registrou 31,2 pontos de audiência e foi vista por mais de 2 milhões de telespectadores.[72]

Em Portugal, a novela chegou a liderar por duas semanas consecutivas como o programa mais visto na Televisão a cabo[73] . Em sua última semana de exibição no país foi o programa mais visto da TV a cabo novamente, alcançando mais de 127 mil telespectadores.[74]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicado Resultado Ref
2012
Prêmio Quem de Televisão
Melhor Ator Thiago Fragoso Indicado [75]
Prêmio Noveleiros e Minha Novela
Melhor Casal de Novela Thiago Fragoso e Marjorie Estiano Venceu [76] [77]
Melhores do Ano - CPG
Melhor Figurino Beth Filipecki Venceu [78]
Melhor Cenografia Fabio Rangel Venceu [79]
Melhores de TV Press
Melhor Fotografia Walter Carvalho Venceu [80]
Melhor Autor João Ximenes Braga e Cláudia Lage Venceu
2013 Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP) Veículo de Comunicação Venceu [81]
Prêmio Contigo! de TV
Melhor Novela Indicado [82]
Melhor Ator de Novela Thiago Fragoso Indicado [82]
Melhor Atriz de Novela Marjorie Estiano Indicado [82]
Melhor Ator Infantil Cauê Campos Indicado [82]
Melhor Autor de Novela Claudia Lage e João Ximenes Braga Indicado [82]
Melhor Diretor de Novela Denis Carvalho e Vinícius Coimbra Indicado [82]
Prêmio Extra de Televisão
Melhor Novela Lado a Lado Indicado [83]
Melhor Ator de Novela Thiago Fragoso Indicado [83]
Lázaro Ramos Indicado [83]
Melhor Atriz Coadjuvante Patrícia Pillar Indicado [83]
Melhor Figurino Beth Filipecki Venceu [83] [84]
Melhor Maquiagem Lado a Lado Indicado [83]
Emmy Internacional
Melhor Telenovela Claudia Lage e João Ximenes Braga Venceu [85]

Transmissão[editar | editar código-fonte]

Original e Internacional
País Canal Título local Estreia Final Horário semanal Hora Ref
Brasil Rede Globo Lado a Lado 10 de setembro de 2012 8 de março de 2013 Segunda a Sábado 18:20 [86]
Portugal Globo Portugal Lado a Lado 2 de fevereiro de 2014 18 de maio de 2014 Segunda a Domingo 20:00 [87] [88] [89]
Arménia ARMTV Կողք - կողքի 10 de março de 2014 presente Segunda a Sexta 19:25 [90]
Estados Unidos MundoFox Lado a Lado 18 de março de 2014 30 de junho de 2014 Segunda a Sexta 20:00 [91]
Porto Rico MundoFox Lado a Lado 19 de março de 2014 1 de julho de 2014 Segunda a Sexta 20:00 [92]
El Salvador Canal 4 Lado a Lado 7 de maio de 2014 presente Segunda a Sexta 14:00 [93]
Chile Canal 13 Lado a Lado 28 de julho de 2014 presente Segunda a Sexta 15:00 [94]
Costa Rica Teletica Lado a Lado 28 de julho de 2014 presente Segunda a Sexta 13:30 [95]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Foram lançados dois CDs da novela, um contendo a trilha sonora nacional e outro contendo a trilha sonora instrumental. É a primeira novela das 18h a ter uma trilha instrumental lançada.

Referências

  1. Classificação indicativa. Ministério da Justiça. Página visitada em 14 de fevereiro de 2014. "Inicialmente foi classificada, como sendo livre para todos os públicos, porém cerca de 2 meses após a estréia, o Ministério da Justiça, reclassificou a trama como inadequada para menores de 10 anos."
  2. Fernando Oliveira (23 de novembro de 2012). Ministério da Justiça reclassifica 'Lado a Lado' como imprópria para menores de 10 anos. IG Colunistas - Na TV. Página visitada em 27 de fevereiro de 2014.
  3. a b Redação Rede Globo (8 de agosto de 2012). Título não preenchido, favor adicionar (em português). Globo.com. Página visitada em 21 de agosto de 2012.
  4. a b Redação Rede Globo (17 de agosto de 2012). 'A gente tem uma mega química', conta Fragoso sobre par com Marjorie Estiano (em português). Globo.com. Página visitada em 21 de agosto de 2012.
  5. Redação Rede Globo (21 de outubro de 2012). Irmãs e 'cúmplices', Patrícia Pillar, Christiana Guinle e Isabela Garcia curtem a parceria (em português). Globo.com. Página visitada em 21 de outubro de 2012.
  6. Imperatriz Leopoldinense 1989.
  7. Patrícia Kogut (15 de agosto de 2012). Além da Turquia, 'Salve Jorge' terá cenas na Espanha (sétima nota) (em português). Globo.com. Página visitada em 21 de agosto de 2012.
  8. Redação Rede Globo (20 de agosto de 2012). Vem aí a nova novela das seis (em português). Globo.com. Página visitada em 21 de agosto de 2012.
  9. Lado a Lado - Créditos.
  10. Redação Rede Globo (9 de agosto de 2012). Conheça a história de Isabel e Laura, duas mulheres à frente de seu tempo (em português). Globo.com. Página visitada em 14 de agosto de 2012.
  11. 'Lado a Lado' e Fernanda Montenegro vencem prêmio Emmy Internacional
  12. http://www.globotvinternational.com/newsDet.asp?newsId=347
  13. 'Lado a Lado' é eleita melhor novela da TV mundial no Emmy Internacional
  14. http://oglobo.globo.com/revista-da-tv/camila-pitanga-marjorie-estiano-protagonizam-nova-trama-das-18h-5183037
  15. http://odia.ig.com.br/portal/diversaoetv/camila-pitanga-e-marjorie-estiano-em-lado-a-lado-1.451038
  16. http://diversao.terra.com.br/tv/camila-pitanga-e-marjorie-estiano-vivem-mocinhas-em-39lado-a-lado39,b928c4760c56a310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html
  17. Lado a Lado será o titulo da proxima novela da Globo. Correio de Uberlândia. Página visitada em 26 de janeiro de 2012.
  18. a b Produção de Lado a Lado. Revista Quem. Página visitada em 26 de janeiro de 2012.
  19. Atores terão aulas de futebol. Clube. Página visitada em 26 de janeiro de 2012.
  20. Estreia de autores em Lado a Lado. Rede Globo. Página visitada em 26 de janeiro de 2012.
  21. Patrícia Pillar será a grande vilã de Lado a Lado. Correio de Uberlândia. Página visitada em 26 de janeiro de 2012.
  22. Alessandra Negrini volta ás novelas como vilã de Lado a Lado. Correio 24 horas. Página visitada em 26 de janeiro de 2012.
  23. http://mdemulher.abril.com.br/blogs/xenia-bier/lado-a-lado/cem-anos-de-pouca-evolucao
  24. http://www.purepeople.com.br/noticia/-lado-a-lado-isabel-e-laura-abrem-discussao-sobre-machismo-que-ganha-twitter_a596
  25. http://veja.abril.com.br/blog/quanto-drama/folhetinescas/lado-a-lado-chega-ao-fim-com-muito-prestigio-e-pouca-audiencia
  26. http://odia.ig.com.br/portal/diversaoetv/em-39-lado-a-lado-39-marjorie-e-camila-pitanga-vivem-mulheres-inspiradas-em-feministas-1.483726
  27. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Fique-por-dentro/noticia/2012/12/naquele-tempo-feministas-como-laura-questionavam-submissao-das-mulheres.html
  28. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Bastidores/noticia/2012/08/marjorie-estiano-se-inspira-em-feministas-pioneiras-do-brasil-para-viver-laura.html
  29. http://globotv.globo.com/rede-globo/lado-a-lado/v/laura-diz-a-isabel-que-enviara-o-texto-que-escreveu-sobre-o-seu-espetaculo-para-guerra/2319040
  30. http://blogueirasfeministas.com/2013/03/emancipacao-feminina-na-novela-lado-a-lado/
  31. http://www1.folha.uol.com.br/colunas/mauriciostycer/1235200-a-regra-do-jogo.shtml
  32. http://colunistas.ig.com.br/natv/2013/02/18/lado-a-lado-repete-trama-de-filhos-bastardos-em-quatro-nucleos-ao-mesmo-tempo/
  33. http://www.hildegardangel.com.br/?p=2071
  34. http://globotv.globo.com/rede-globo/mais-voce/v/entenda-por-que-o-termo-divorcio-e-usado-em-lado-a-lado/2254900/
  35. http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,pesquisadora-defende-o-termo-divorcio-em-novela-sobre-1906-,959119,0.htm
  36. http://www.clicrbs.com.br/pioneiro/rs/impressa/11,3974454,1217,20957,impressa.html
  37. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Fique-por-dentro/naquele-tempo/noticia/2012/11/naquele-tempo-entenda-como-laura-e-edgar-podem-se-divorciar-em-1904.html
  38. Laura sofre abuso sexual e emociona público. Entretenimento MSN. entretenimento.br.msn.com. Página visitada em 26 de janeiro de 2013.
  39. http://veja.abril.com.br/blog/quanto-drama/folhetinescas/globo-exalta-liberdade-religiosa-na-novela-das-6
  40. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Fique-por-dentro/noticia/2013/01/joao-ximenes-braga-defende-a-tolerancia-religiosa-em-lado-a-lado.html
  41. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Fique-por-dentro/noticia/2013/03/laura-no-sanatorio-autora-diz-que-constancia-sera-mae-cruel-e-devoradora.html
  42. http://diversao.terra.com.br/tv/novelas/lado-a-lado/lado-a-lado-historia-de-laura-em-sanatorio-e-inspirada-em-fatos-reais,f4a863280e53d310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html
  43. http://novoportal.caras.uol.com.br/tv/loucos-relembre-os-personagens-das-novelas-que-foram-internados-em-hospicios#image1
  44. http://www.shoujo-cafe.com/2013/03/criando-louca-lado-lado-mostra-alianca.html
  45. Autor comemora repercussão positiva da novela. Autores de Lado a Lado comemoram repercussão positiva da novela. natelinha.uol.com.br. Página visitada em 26 de janeiro de 2013.
  46. A química de um dos casais protagonistas de Lado a Lado. Química de Marjorie e Thiago é o sucesso de Lado a Lado. caras.uol.com.br. Página visitada em 26 de janeiro de 2013.
  47. http://www.clicrbs.com.br/jsc/sc/impressa/4,2626,4061341,21486
  48. http://www.clicrbs.com.br/jsc/sc/impressa/4,2626,4061344,21486
  49. http://www.purepeople.com.br/noticia/beijos-de-edgar-thiago-fragoso-e-laura-em-lado-a-lado-comove-fas-no-twitter_a2785
  50. http://mdemulher.abril.com.br/blogs/jorge-brasil/recado-do-jorge/e-os-melhores-de-2012-sao
  51. http://wp.clicrbs.com.br/noveleiros/2012/12/21/premio-noveleiros-2012-qual-foi-o-casal-do-ano
  52. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Fique-por-dentro/noticia/2013/02/marjorie-estiano-e-thiago-fragoso-comentam-movimento-laured-na-web.html
  53. http://www.purepeople.com.br/noticia/-lado-a-lado-atores-comentam-sucesso-do-casal-laured-veja-galeria-de-fotos_a2276/1
  54. http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=42145473&sid=283197861585449133969267
  55. http://www.amazon.com/LAURA-Inez-Castro/dp/8541604888/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1378826702&sr=1-1&keywords=LAURA+inez+castro
  56. http://24.233.183.33/cont/login/Index_Piloto.jsp?ID=bv24x7br
  57. http://g1.globo.com/videos/pernambuco/t/todos-os-videos/v/ariano-suassuna-comenta-final-de-lado-a-lado-e-homenagem-que-vai-receber/2450808/
  58. http://www.purepeople.com.br/noticia/-lado-a-lado-um-sucesso-que-chega-ao-fim-e-ja-deixa-saudades_a3196/1
  59. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Fique-por-dentro/noticia/2013/03/festa-com-elenco-fecha-com-chave-de-ouro-o-sucesso-de-lado-a-lado.html
  60. http://oglobo.globo.com/revista-da-tv/no-dia-internacional-da-mulher-relembre-forca-feminina-em-lado-lado-7784301
  61. http://gshow.globo.com/novelas/lado-a-lado/por-tras-das-cameras/noticia/2013/03/a-laura-me-deu-um-novo-olhar-sobre-a-nossa-sociedade-diz-marjorie-estiano.html?hl2desktop=1
  62. http://jornalggn.com.br/noticia/25-de-novembro-o-dia-internacional-de-combate-a-violencia-contra-a-mulher
  63. http://www.globotvinternational.com/newsDet.asp?newsId=347&random=1382879754103
  64. Estreia de "Lado a Lado" registra 18,2 pontos no Ibope e perde para três novelas anteriores (10 de setembro de 2012).
  65. Audiências: Lado a Lado melhora índice no segundo capítulo (19 de setembro de 2012).
  66. Lado a Lado bate recorde. Tevelevisão UOL. televisao.uol.com.br. Página visitada em 26 de janeiro de 2013.
  67. http://televisao.uol.com.br/noticias/redacao/2013/01/17/com-surra-de-isabel-em-constancia-lado-a-lado-bate-recorde-no-ibope.htm
  68. Lado a Lado marca 20 pontos em ultimo capitulo. Tevelevisão UOL. ofuxico.terra.com.br. Página visitada em 26 de janeiro de 2013.
  69. Lado a Lado terminca com baixa audiência mais com muitos elogios. Jb. www.jb.com.br. Página visitada em 26 de janeiro de 2013.
  70. http://bahianoar.com/n/folhetim-lado-a-lado-nao-caiu-no-gosto-do-povo
  71. http://www.jb.com.br/heloisa-tolipan/noticias/2013/02/28/em-sua-reta-final-lado-a-lado-explode-em-audiencia-no-rio-de-janeiro/
  72. http://redeglobo.globo.com/rs/rbstvrs/noticia/2013/03/capitulo-final-de-lado-lado-foi-visto-por-mais-de-2-milhoes-de-pessoas.html
  73. [«Lado a Lado» volta a ser novela mais vista do Cabo]
  74. http://www.atelevisao.com/tv-globo/lado-lado-foi-o-programa-mais-visto-cabo/
  75. Prêmio Quem 2012. Página visitada em 08 de março de 2013.
  76. Edgar e Laura são escolhidos o melhor casal de novelas de 2012. Página visitada em 31 de Dezembro de 2012.
  77. http://mdemulher.abril.com.br/blogs/jorge-brasil/novelas/e-os-melhores-de-2012-sao/
  78. "Lado a Lado" Leva o Prêmio de Figurino. Globo.com. Página visitada em 08 de março de 2013.
  79. "Lado a Lado" Leva o Prêmio de Melhor Cenografia. Globo.com. Página visitada em 09 de março de 2013.
  80. Da Vilã Carminha ao Insosso Théo, Veja os Melhores da TV em 2012. Terra.com. Página visitada em 7 de março de 2013.
  81. "Lado a Lado" Recebe prêmio por mostrar situação dos negros após abolição. ibahia.com. Página visitada em 25 de Abril de 2013.
  82. a b c d e f Prêmio Contigo de TV! 2013 (6 de março de 2013).
  83. a b c d e f Prêmio Extra de TV! 2013 (12 de novembro de 2013).
  84. [1]
  85. 41st International Emmy® Awards Nominees (07 de outubro de 2013).
  86. http://mdemulher.abril.com.br/tv-novelas-famosos/fotos/acontece/final-lado-lado-destino-laura-isabel-edgar-ze-maria-todos-personagens-novela-734687.shtml#2
  87. http://www.dn.pt/inicio/tv/interior.aspx?content_id=3632093
  88. http://globotv.globo.com/rede-globo/globo-internacional/t/veja-tambem/v/lado-a-lado-novela-ganhadora-do-emmy-chega-a-portugal/3077221
  89. Ficção do canal Globo lidera no cabo
  90. [2]
  91. Vencedora do Emmy ‘Lado a Lado’ estreia no primetime do MundoFox nos EUA
  92. Vencedora do Emmy ‘Lado a Lado’ estreia no primetime do MundoFox nos EUA
  93. A vencedora do Emmy ‘Lado a Lado’ estreia em El Salvador
  94. [3]
  95. [4]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]