Lado a Lado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lado a Lado
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Romance
Duração 50 minutos
Criador(es) João Ximenes Braga
Claudia Lage
País de origem  Brasil

Inadequado para menores de 10 anos i DEJUS (Brasil) [1] [2]

Idioma original Língua portuguesa
Produção
Diretor(es) Dennis Carvalho
Vinícius Coimbra
Elenco Camila Pitanga[3]
Marjorie Estiano[4]
Lázaro Ramos[4]
Thiago Fragoso[3]
Patrícia Pillar
Alessandra Negrini
Werner Schunemann
Caio Blat
Cássio Gabus Mendes
Sheron Menezzes[5]
(ver mais)
Tema de abertura "Liberdade! Liberdade! Abra as Asas sobre Nós", Imperatriz Leopoldinense[6] [7]
Tema de
encerramento
"Liberdade! Liberdade! Abra as Asas sobre Nós", Imperatriz Leopoldinense entre outras.
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 10 de setembro de 2012 - 8 de março de 2013[8]
Nº de episódios 154
Cronologia
Último
Último
Amor Eterno Amor
Flor do Caribe
Próximo
Próximo
Programas relacionados Força de um Desejo
Pacto de Sangue

Lado a Lado é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo, de 10 de setembro de 2012 a 8 de março de 2013, em 154 capítulos, substituindo Amor Eterno Amor e sendo substituída por Flor do Caribe. Foi escrita por Claudia Lage e João Ximenes Braga, com colaboração de Chico Soares, Douglas Tourinho, Fernando Rebello, Jackie Vellego, Maria Camargo e Nina Crintzs, supervisão de texto de Gilberto Braga, direção de Cristiano Marques e André Câmara, direção geral de Vinícius Coimbra e Dennis Carvalho com direção de núcleo de Dennis Carvalho, [9] é a 80ª "novela das seis" exibida pela emissora.[10]

Contou com Marjorie Estiano, Thiago Fragoso, Lázaro Ramos e Camila Pitanga como protagonistas, e Alessandra Negrini, Cássio Gabus Mendes e Patrícia Pillar como antagonistas. Destaque para Rafael Cardoso, Isabela Garcia, Maria Clara Gueiros, Maria Padilha, Paulo Betti, Tuca Andrada, Christiana Guinle, Zezeh Barbosa, Milton Gonçalves, Caio Blat, Priscila Sol e Sheron Menezzes.

Venceu o Emmy Internacional na categoria de melhor telenovela de 2013.[11] [12] [13]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo.

Lado a Lado conta a história de duas mulheres, Laura (Marjorie Estiano) e Isabel (Camila Pitanga), que apesar de originárias de mundos totalmente diferentes, caminham na mesma direção: buscam conciliar amor e liberdade na conservadora sociedade carioca do início do século XX.[14] [15] [16]

De origem humilde, filha de Afonso (Milton Gonçalves), um ex-escravo, Isabel trabalha desde os 14 anos como empregada doméstica de uma dama francesa, Madame Besançon (Beatriz Segall), e quer muito mais da vida. Fala francês fluentemente, é dona de um gingado único e acompanha de perto o nascimento do samba no Rio de Janeiro. Noiva de Zé Maria (Lázaro Ramos), é completamente apaixonada pelo misterioso e honrado capoeirista.

Professora, amante das artes e dos livros, Laura vê o casamento como um empecilho a seus sonhos de estudar e trabalhar fora de casa, coisas jamais aceitas por sua mãe, Constância (Patrícia Pillar), ex-baronesa que vê na união da filha com Edgar (Thiago Fragoso), filho do poderoso senador Bonifácio Vieira (Cássio Gabus Mendes), a possibilidade de voltar aos velhos tempos de luxo e poder, já que o seu marido, Dr. Assunção (Werner Schünemann), perdeu muito dinheiro com a chegada da República.

No dia de seus casamentos, Laura e Isabel se conhecem na sacristia de uma tradicional igreja carioca. Mas, enquanto Isabel sofre com o atraso do homem que ama, Laura, consciente das limitações que o matrimônio pode acarretar a uma mulher com aspirações profissionais, deseja que seu noivo não apareça. No entanto, é Zé Maria quem não aparece, e Isabel acredita que foi abandonada no altar e se torna alvo do interesse do boa vida, Albertinho (Rafael Cardoso), irmão de Laura. A jovem professora, por outro lado, acaba se casando com Edgar, que também não estava entusiasmado com um compromisso assumido na adolescência e uma união realizada sob a pressão das famílias.

Zé Maria não aparece no dia do casamento, pois no momento em que acontecia a cerimônia estava defendendo o cortiço em que vivia das ameaças do governo. Mas ele acaba se separando de Isabel, ao saber que ela engravidou de Albertinho.

Ao longo do tempo, Laura e Edgar acabam se apaixonando. A relação dos dois, porém, tem uma grande reviravolta quando a jovem descobre que enquanto estudava Direito em Portugal, Edgar teve um caso com Catarina Ribeiro (Alessandra Negrini), uma famosa cantora de ópera. Catarina acaba engravidando de Melissa (Eliz David) e após algum tempo entra em contato com Edgar disposta a reconquistá-lo e fazer com que ele assuma a paternidade da menina. Depois de sofrer um aborto sem notícias do marido, enquanto Edgar atendia a suposta filha ilegítima em Portugal, e cansada das várias armações e intromissões de Catarina, Laura acaba se divorciando de Edgar, o que era considerado um escândalo para a época.

Ao saber da gravidez de Isabel, Constância forja a morte do próprio neto e o doa em segredo, com vergonha da origem racial do menino. A conservadora ex baronesa rejeita a filha divorciada e a manda para o campo, com a intenção de esconder o divórcio da sociedade. Ao mesmo tempo paga para Isabel uma passagem à Paris, visando manter oculto o rapto e a existência do neto ilegítimo.

Seis anos depois, Laura retorna ao Rio de Janeiro e torna-se a professora de Melissa. Ela tem seu divórcio exposto publicamente por Catarina, busca se firmar como professora e nova jornalista e sente-se dividida entre o amor por Edgar e seus sonhos de independência.

Isabel, por sua vez, volta rica da Europa, e acaba descobrindo toda a verdade sobre seu filho, tentando recuperá-lo a qualquer custo. Ela acaba se reaproximando de Zé Maria, que passara todos esses anos servindo à marinha e liderando movimentos revolucionários, como a Revolta da Chibata.

Laura e Isabel tentam reconstruir suas vidas na capital da república, e enfrentam lado a lado os preconceitos da época e as perseguições de Constância.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Produção[editar | editar código-fonte]

Lado a Lado foi o primeiro nome pensado para a novela, que depois foi trocado pelo título provisório de Novo Tempo, mas a Globo preferiu trocá-lo novamente, voltando à Lado a Lado. O nome da trama seria justificado posteriormente no site da novela, na cena final centrada nas duas protagonistas, com a frase "Heroínas... Laura e Isabel celebram a amizade, e a vida que segue, lado a lado".[17]

Durante dez dias, o elenco gravou cenas nas ruas do centro histórico de São Luís, no Maranhão. A cidade serviu de locação para representar o Rio de Janeiro do início do século XX.[18]

Os atores Lázaro Ramos e Marcello Melo Jr. fizeram aulas com Mestre Cocoroca para dar vida aos capoeiristas Zé Maria e Caniço, respectivamente. Além disso receberam faixa preta como capoeiristas, e seus nomes de batismo foram os nomes de seus personagens.[18]

Os atores Rafael Cardoso, Caio Blat, Daniel Dalcin e Klebber Toledo fizeram aulas de futebol, já que na trama, os seus personagem serão responsáveis por trazer o esporte ao Brasil.[19]

Esta é a primeira novela que tem João Ximenes Braga e Cláudia Lage como autores titulares. Os dois fizeram a oficina de autores da Globo em 2004 e foram colaboradores de novelas como Insensato Coração e Páginas da Vida. Esta é a primeira vez que trabalham juntos.[20]

Patrícia Pillar e Alessandra Negrini voltaram às novelas como vilãs da trama.[21] [22]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Marjorie Estiano interpretou a protagonista Laura Assunção.
Camila Pitanga interpretou a protagonista Isabel.
Lázaro Ramos interpretou o protagonista Zé Maria.
Thiago Fragoso interpretou o protagonista Edgar Vieira.
Alessandra Negrini interpretou a antagonista Catarina Ribeiro.
Patrícia Pillar interpretou a antagonista Constância Assunção.
Ator Personagem[23]
Marjorie Estiano Laura Assunção Vieira/Paulo Lima
Camila Pitanga Isabel Nascimento
Patrícia Pillar Constância Camargo Assunção
Thiago Fragoso Edgar Lemos Vieira/Antonio Ferreira
Lázaro Ramos José Maria dos Santos (Zé Maria/Zé Navalha)
Alessandra Negrini Catarina Ribeiro
Rafael Cardoso Albertinho (Alberto Assunção Filho)
Cássio Gabus Mendes Bonifácio Vieira
Sheron Menezzes Bere (Berenice)
Caio Blat Fernando Vieira
Maria Padilha Diva Celeste
Maria Clara Gueiros Neusinha Soares/Jacqueline Duvivier
Isabela Garcia Celinha (Célia de Bragança)
Priscila Sol Sandra Praxedes
Paulo Betti Mário Cavalcanti
Tuca Andrada Frederico Martins
Milton Gonçalves Seu Afonso Nascimento
Zezeh Barbosa Tia Jurema
Christiana Guinle Carlota de Bragança Passos
Emílio de Mello Carlos Guerra
Bia Seidl Margarida Lemos Vieira
Werner Schünemann Alberto Assunção
Marcello Melo Jr. Caniço
Klebber Toledo Umberto Pontes Ferraz
Rhaisa Batista Esther Lemos
Débora Duarte Eulália Praxedes
Guilherme Piva Delegado Heráclito Praxedes
Susana Ribeiro Teresa Praxedes
Daniel Dalcin Teodoro Lopes de Freitas
Ana Paula Lopes Luzia
Ana Carbatti Zenaide
André Arteche Luciano Celeste Buarque
Álamo Facó Quequé (Vasco Queirós)
Claudio Tovar Padre Olegário
Juliane Araújo Alice de Bragança Passos
George Sauma Jonas
César Mello Chico (Francisco dos Anjos)
Jurema Reis Gilda
Romis Ferreira Luiz Neto
Tião D'Ávila Isidoro
Rui Ricardo Dias Percival
Laís Vieira Etelvina
Luisa Friese Matilde
Rogério Freitas Haroldo
Marcos Acher Rodrigues
Daniel Marques Paiva
Antonio Pitanga Túlio
Beatriz Segall Madame Besançon
Maria Eduarda Eliete

Temas recorrentes e repercussão[editar | editar código-fonte]

  • Temas como machismo e emancipação feminina, tratados sob a ótica das duas protagonistas, que remetiam a referências da luta das mulheres por emancipação e inserção, como Nísia Floresta e Josephine Baker, geraram discussões na mídia e nas redes sociais.[24] [25] [26] [27] [28] [29] [30] [31]
  • Os preconceitos sofridos pelas mulheres divorciadas, que viviam fora de casa e queriam trabalhar, assim como os dramas da ilegitimidade e das mulheres que tinham filhos fora do casamento, foram representados por Laura (Marjorie Estiano), Isabel (Camila Pitanga) e outras (os) personagens. Os obstáculos para a inserção dos negros e camadas populares foram representados na luta de Zé Maria (Lázaro Ramos) pela descriminalização da capoeira, na representação de um homem negro que se disfarça de branco para jogar futebol, na retratação de revoltas populares como a Revolta da Vacina e Revolta da Chibata.[32] [33]
  • O emprego do termo divórcio, em referência à separação de Laura e Edgar (Thiago Fragoso), gerou polêmicas e discussões entre o público e na imprensa.[34] [35] [36] [37] [38]
  • A cena em que Laura sofre uma tentativa de estupro de seu então empregador, o senador Laranjeiras (Dudu Sandroni), em 10 de janeiro de 2013, causou grande repercussão entre os críticos e redes sociais. Considerada mais chocante que a cena do estupro de Jéssica em Salve Jorge, agradou ao público e resultou em elogios à atuação da atriz Marjorie Estiano e dos demais envolvidos.[39] .
  • A novela despertou o interesse também ao tema da liberdade religiosa, no período em que a Mãe de Santo, Tia Jurema (Zezé Barbosa), foi presa por professar sua fé como representante do Candomblé.[40] [41]
  • O episodio em que Laura foi ingressada em um sanatório por sua mãe, igualmente chamou a atenção sobre as práticas "sanitárias" impostas às mulheres contestadoras e independentes na época retratada pela novela.[42] [43] [44] [45]
  • Segundo pesquisas, a novela foi elogiada por professores pela capacidade de abordar a história do Brasil em uma obra de ficção, e muitos assuntos vistos na novela foram comentados nas salas de aulas. A trama, o elenco, a fotografia e até mesmos as histórias obtiveram críticas positivas.[46]
  • O entrosamento do casal Laura (Marjorie Estiano) e Edgar (Thiago Fragoso) foi um dos pontos mais destacados da trama, e eles foram eleitos o melhor par romântico de novelas do ano pelos votantes do Prêmio Noveleiros 2012 e pelo colunista da revista Minha Novela, Jorge Brasil. Êxito de público, o casal formado pelos atores Thiago Fragoso e Marjorie Estiano - que já deveriam ter atuado juntos em A Vida da Gente[47] -, mobilizou um movimento nas redes sociais chamado movimento Laured (união dos nomes Laura e Edgar).[48] [49] [50] [51] [52] [53] [54]
  • O êxito da personagem de Marjorie Estiano inspirou a publicação do livro Laura, uma história alternativa da jovem feminista, pela Biblioteca 24 horas.[55] [56] [57]
  • A novela foi muito elogiada pelo renomado escritor Ariano Suassuna.[58]
  • A transmissão do último capítulo no Dia Internacional da Mulher, curiosamente também dia do aniversário da atriz Marjorie Estiano, intérprete da feminista Laura, também chamou a atenção.[59] [60] [61] [62]
  • Coincidentemente, Lado a Lado ganhou o Emmy Internacional no Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher, em 25 de novembro de 2013.[63] [64]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Lado a Lado estreou no dia 10 de setembro de 2012 com 18 de média, sendo a pior estreia de uma novela das seis registrada na emissora. Suas antecessoras, Amor Eterno Amor e A Vida da Gente, estrearam com 23 pontos de média, enquanto Cordel Encantado obteve 24 pontos.[65]

Em seu segundo capítulo, a trama subiu na audiência, chegando aos 19 pontos.[66]

No dia 16 de janeiro de 2013 a novela bateu seu recorde de audiência: 25 pontos com picos de 28 no Ibope. Essa foi a maior audiência durante toda a novela. [67] [68]

Em seu último capítulo, a trama marcou 21 pontos com picos de 24 no Ibope.[69]

A trama fechou com média final de 18,3 pontos, sendo considerada uma audiência muito baixa, propícia ao seriado teen Malhação. No entanto, seus primeiros capítulos foram apresentados no horário da novela adolescente, em virtude do horário eleitoral. Lado a Lado enfrentou várias dificuldades externas juntas, a estreia em período eleitoral, festas populares, horário de verão, além das várias estreias na mesma época entre a teledramaturgia da Globo. A despeito dos índices baixos, foi a trama mais elogiada pela crítica, indicando que audiência não necessariamente é sinônimo de qualidade.[70] [71]

Porém, em outras praças que não a de São Paulo, a que conta para o mercado publicitário, a novela teve altos índices chegando a superar a trama do horário das sete, com médias de até 32 pontos.[72] .

No Rio de Janeiro, que serviu de cenário para a novela, a estreia foi de 26 pontos e seu último capítulo alcançou 30 pontos de acordo com o ibope. O recorde de audiência foi de 32 pontos, alcançados em 3 ocasiões diferentes.

No Rio Grande do Sul, seu último capítulo registrou 31,2 pontos de audiência e foi vista por mais de 2 milhões de telespectadores.[73]

Em Portugal, a novela chegou a liderar por duas semanas consecutivas como o programa mais visto na Televisão a cabo.[74]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicado Resultado Ref
2012
Prêmio Quem de Televisão
Melhor Ator Thiago Fragoso Indicado [75]
Prêmio Noveleiros
Melhor Casal de Novela Thiago Fragoso e Marjorie Estiano Venceu [76]
Melhores do Ano - CPG
Melhor Figurino Beth Filipecki Venceu [77]
Melhor Cenografia Fabio Rangel Venceu [78]
Melhores de TV Press
Melhor Fotografia Walter Carvalho Venceu [79]
Melhor Autor João Ximenes Braga e Cláudia Lage Venceu
2013 Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP) Veículo de Comunicação Venceu [80]
Prêmio Contigo! de TV
Melhor Novela Indicado [81]
Melhor Ator de Novela Thiago Fragoso Indicado [81]
Melhor Atriz de Novela Marjorie Estiano Indicado [81]
Melhor Ator Infantil Cauê Campos Indicado [81]
Melhor Autor de Novela Claudia Lage e João Ximenes Braga Indicado [81]
Melhor Diretor de Novela Denis Carvalho e Vinícius Coimbra Indicado [81]
Prêmio Extra de Televisão
Melhor Novela Lado a Lado Indicado [82]
Melhor Ator de Novela Thiago Fragoso Indicado [82]
Lázaro Ramos Indicado [82]
Melhor Atriz Coadjuvante Patrícia Pillar Indicado [82]
Melhor Figurino Beth Filipecki Venceu [82] [83]
Melhor Maquiagem Lado a Lado Indicado [82]
Emmy Internacional
Melhor Telenovela Claudia Lages e João Ximenes Braga Venceu [84]

Transmissão[editar | editar código-fonte]

Estreia pelo mundo
País Canal Título local Estreia Final Ref
Brasil Brasil Rede Globo Lado a Lado 10 de setembro de 2012 8 de março de 2013 [85]
Flag of Portugal.svg Portugal Globo Premium Lado a Lado 2 de fevereiro de 2014 [86] [87] [88]
Flag of Armenia.svg Armênia ARMTV Կողք - կողքի 10 de março de 2014 [89]
 Estados Unidos Mundo Fox Lado a Lado 18 de março de 2014 [90]
 Porto Rico Mundo Fox (Puerto Rico) Lado a Lado 19 de março de 2014 [91]
El Salvador El Salvador Canal Cuatro Lado a Lado 17 de abril de 2014 [92]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Foram lançados dois CDs da novela, um contendo a trilha sonora nacional e outro contendo a trilha sonora instrumental. É a primeira novela das 18h a ter uma trilha instrumental lançada.

Referências

  1. Classificação indicativa. Ministério da Justiça. Página visitada em 14 de fevereiro de 2014. "Inicialmente foi classificada, como sendo livre para todos os públicos, porém cerca de 2 meses após a estréia, o Ministério da Justiça, reclassificou a trama como inadequada para menores de 10 anos."
  2. Fernando Oliveira (23 de novembro de 2012). Ministério da Justiça reclassifica 'Lado a Lado' como imprópria para menores de 10 anos. IG Colunistas - Na TV. Página visitada em 27 de fevereiro de 2014.
  3. a b Redação Rede Globo (8 de agosto de 2012). Título não preenchido, favor adicionar (em português). Globo.com. Página visitada em 21 de agosto de 2012.
  4. a b Redação Rede Globo (17 de agosto de 2012). 'A gente tem uma mega química', conta Fragoso sobre par com Marjorie Estiano (em português). Globo.com. Página visitada em 21 de agosto de 2012.
  5. Redação Rede Globo (21 de outubro de 2012). Irmãs e 'cúmplices', Patrícia Pillar, Christiana Guinle e Isabela Garcia curtem a parceria (em português). Globo.com. Página visitada em 21 de outubro de 2012.
  6. Imperatriz Leopoldinense 1989.
  7. Patrícia Kogut (15 de agosto de 2012). Além da Turquia, 'Salve Jorge' terá cenas na Espanha (sétima nota) (em português). Globo.com. Página visitada em 21 de agosto de 2012.
  8. Redação Rede Globo (20 de agosto de 2012). Vem aí a nova novela das seis (em português). Globo.com. Página visitada em 21 de agosto de 2012.
  9. Lado a Lado - Créditos.
  10. Redação Rede Globo (9 de agosto de 2012). Conheça a história de Isabel e Laura, duas mulheres à frente de seu tempo (em português). Globo.com. Página visitada em 14 de agosto de 2012.
  11. 'Lado a Lado' e Fernanda Montenegro vencem prêmio Emmy Internacional
  12. http://www.globotvinternational.com/newsDet.asp?newsId=347
  13. 'Lado a Lado' é eleita melhor novela da TV mundial no Emmy Internacional
  14. http://oglobo.globo.com/revista-da-tv/camila-pitanga-marjorie-estiano-protagonizam-nova-trama-das-18h-5183037
  15. http://odia.ig.com.br/portal/diversaoetv/camila-pitanga-e-marjorie-estiano-em-lado-a-lado-1.451038
  16. http://diversao.terra.com.br/tv/camila-pitanga-e-marjorie-estiano-vivem-mocinhas-em-39lado-a-lado39,b928c4760c56a310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html
  17. Lado a Lado será o titulo da proxima novela da Globo. Correio de Uberlândia. Página visitada em 26 de janeiro de 2012.
  18. a b Produção de Lado a Lado. Revista Quem. Página visitada em 26 de janeiro de 2012.
  19. Atores terão aulas de futebol. Clube. Página visitada em 26 de janeiro de 2012.
  20. Estreia de autores em Lado a Lado. Rede Globo. Página visitada em 26 de janeiro de 2012.
  21. Patrícia Pillar será a grande vilã de Lado a Lado. Correio de Uberlândia. Página visitada em 26 de janeiro de 2012.
  22. Alessandra Negrini volta ás novelas como vilã de Lado a Lado. Correio 24 horas. Página visitada em 26 de janeiro de 2012.
  23. Rede Globo (05 de fevereiro de 2013). Lado a Lado - créditos. RedeGlobo.com. Página visitada em 05 de fevereiro de 2013.
  24. http://mdemulher.abril.com.br/blogs/xenia-bier/lado-a-lado/cem-anos-de-pouca-evolucao
  25. http://www.purepeople.com.br/noticia/-lado-a-lado-isabel-e-laura-abrem-discussao-sobre-machismo-que-ganha-twitter_a596
  26. http://veja.abril.com.br/blog/quanto-drama/folhetinescas/lado-a-lado-chega-ao-fim-com-muito-prestigio-e-pouca-audiencia
  27. http://odia.ig.com.br/portal/diversaoetv/em-39-lado-a-lado-39-marjorie-e-camila-pitanga-vivem-mulheres-inspiradas-em-feministas-1.483726
  28. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Fique-por-dentro/noticia/2012/12/naquele-tempo-feministas-como-laura-questionavam-submissao-das-mulheres.html
  29. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Bastidores/noticia/2012/08/marjorie-estiano-se-inspira-em-feministas-pioneiras-do-brasil-para-viver-laura.html
  30. http://globotv.globo.com/rede-globo/lado-a-lado/v/laura-diz-a-isabel-que-enviara-o-texto-que-escreveu-sobre-o-seu-espetaculo-para-guerra/2319040
  31. http://blogueirasfeministas.com/2013/03/emancipacao-feminina-na-novela-lado-a-lado/
  32. http://www1.folha.uol.com.br/colunas/mauriciostycer/1235200-a-regra-do-jogo.shtml
  33. http://colunistas.ig.com.br/natv/2013/02/18/lado-a-lado-repete-trama-de-filhos-bastardos-em-quatro-nucleos-ao-mesmo-tempo/
  34. http://www.hildegardangel.com.br/?p=2071
  35. http://globotv.globo.com/rede-globo/mais-voce/v/entenda-por-que-o-termo-divorcio-e-usado-em-lado-a-lado/2254900/
  36. http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,pesquisadora-defende-o-termo-divorcio-em-novela-sobre-1906-,959119,0.htm
  37. http://www.clicrbs.com.br/pioneiro/rs/impressa/11,3974454,1217,20957,impressa.html
  38. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Fique-por-dentro/naquele-tempo/noticia/2012/11/naquele-tempo-entenda-como-laura-e-edgar-podem-se-divorciar-em-1904.html
  39. Laura sofre abuso sexual e emociona público. Entretenimento MSN. entretenimento.br.msn.com. Página visitada em 26 de janeiro de 2013.
  40. http://veja.abril.com.br/blog/quanto-drama/folhetinescas/globo-exalta-liberdade-religiosa-na-novela-das-6
  41. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Fique-por-dentro/noticia/2013/01/joao-ximenes-braga-defende-a-tolerancia-religiosa-em-lado-a-lado.html
  42. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Fique-por-dentro/noticia/2013/03/laura-no-sanatorio-autora-diz-que-constancia-sera-mae-cruel-e-devoradora.html
  43. http://diversao.terra.com.br/tv/novelas/lado-a-lado/lado-a-lado-historia-de-laura-em-sanatorio-e-inspirada-em-fatos-reais,f4a863280e53d310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html
  44. http://novoportal.caras.uol.com.br/tv/loucos-relembre-os-personagens-das-novelas-que-foram-internados-em-hospicios#image1
  45. http://www.shoujo-cafe.com/2013/03/criando-louca-lado-lado-mostra-alianca.html
  46. Autor comemora repercussão positiva da novela. Autores de Lado a Lado comemoram repercussão positiva da novela. natelinha.uol.com.br. Página visitada em 26 de janeiro de 2013.
  47. A química de um dos casais protagonistas de Lado a Lado. Química de Marjorie e Thiago é o sucesso de Lado a Lado. caras.uol.com.br. Página visitada em 26 de janeiro de 2013.
  48. http://www.clicrbs.com.br/jsc/sc/impressa/4,2626,4061341,21486
  49. http://www.clicrbs.com.br/jsc/sc/impressa/4,2626,4061344,21486
  50. http://www.purepeople.com.br/noticia/beijos-de-edgar-thiago-fragoso-e-laura-em-lado-a-lado-comove-fas-no-twitter_a2785
  51. http://mdemulher.abril.com.br/blogs/jorge-brasil/recado-do-jorge/e-os-melhores-de-2012-sao
  52. http://wp.clicrbs.com.br/noveleiros/2012/12/21/premio-noveleiros-2012-qual-foi-o-casal-do-ano
  53. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Fique-por-dentro/noticia/2013/02/marjorie-estiano-e-thiago-fragoso-comentam-movimento-laured-na-web.html
  54. http://www.purepeople.com.br/noticia/-lado-a-lado-atores-comentam-sucesso-do-casal-laured-veja-galeria-de-fotos_a2276/1
  55. http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=42145473&sid=283197861585449133969267
  56. http://www.amazon.com/LAURA-Inez-Castro/dp/8541604888/ref=sr_1_1?s=books&ie=UTF8&qid=1378826702&sr=1-1&keywords=LAURA+inez+castro
  57. http://24.233.183.33/cont/login/Index_Piloto.jsp?ID=bv24x7br
  58. http://g1.globo.com/videos/pernambuco/t/todos-os-videos/v/ariano-suassuna-comenta-final-de-lado-a-lado-e-homenagem-que-vai-receber/2450808/
  59. http://www.purepeople.com.br/noticia/-lado-a-lado-um-sucesso-que-chega-ao-fim-e-ja-deixa-saudades_a3196/1
  60. http://tvg.globo.com/novelas/lado-a-lado/Fique-por-dentro/noticia/2013/03/festa-com-elenco-fecha-com-chave-de-ouro-o-sucesso-de-lado-a-lado.html
  61. http://oglobo.globo.com/revista-da-tv/no-dia-internacional-da-mulher-relembre-forca-feminina-em-lado-lado-7784301
  62. http://gshow.globo.com/novelas/lado-a-lado/por-tras-das-cameras/noticia/2013/03/a-laura-me-deu-um-novo-olhar-sobre-a-nossa-sociedade-diz-marjorie-estiano.html?hl2desktop=1
  63. http://jornalggn.com.br/noticia/25-de-novembro-o-dia-internacional-de-combate-a-violencia-contra-a-mulher
  64. http://www.globotvinternational.com/newsDet.asp?newsId=347&random=1382879754103
  65. Estreia de "Lado a Lado" registra 18,2 pontos no Ibope e perde para três novelas anteriores (10 de setembro de 2012).
  66. Audiências: Lado a Lado melhora índice no segundo capítulo (19 de setembro de 2012).
  67. Lado a Lado bate recorde. Tevelevisão UOL. televisao.uol.com.br. Página visitada em 26 de janeiro de 2013.
  68. http://televisao.uol.com.br/noticias/redacao/2013/01/17/com-surra-de-isabel-em-constancia-lado-a-lado-bate-recorde-no-ibope.htm
  69. Lado a Lado marca 20 pontos em ultimo capitulo. Tevelevisão UOL. ofuxico.terra.com.br. Página visitada em 26 de janeiro de 2013.
  70. Lado a Lado terminca com baixa audiência mais com muitos elogios. Jb. www.jb.com.br. Página visitada em 26 de janeiro de 2013.
  71. http://bahianoar.com/n/folhetim-lado-a-lado-nao-caiu-no-gosto-do-povo
  72. http://www.jb.com.br/heloisa-tolipan/noticias/2013/02/28/em-sua-reta-final-lado-a-lado-explode-em-audiencia-no-rio-de-janeiro/
  73. http://redeglobo.globo.com/rs/rbstvrs/noticia/2013/03/capitulo-final-de-lado-lado-foi-visto-por-mais-de-2-milhoes-de-pessoas.html
  74. [«Lado a Lado» volta a ser novela mais vista do Cabo]
  75. Prêmio Quem 2012. Página visitada em 08 de março de 2013.
  76. Edgar e Laura são escolhidos o melhor casal de novelas de 2012. Página visitada em 31 de Dezembro de 2012.
  77. "Lado a Lado" Leva o Prêmio de Figurino. Globo.com. Página visitada em 08 de março de 2013.
  78. "Lado a Lado" Leva o Prêmio de Melhor Cenografia. Globo.com. Página visitada em 09 de março de 2013.
  79. Da Vilã Carminha ao Insosso Théo, Veja os Melhores da TV em 2012. Terra.com. Página visitada em 7 de março de 2013.
  80. "Lado a Lado" Recebe prêmio por mostrar situação dos negros após abolição. ibahia.com. Página visitada em 25 de Abril de 2013.
  81. a b c d e f Prêmio Contigo de TV! 2013 (6 de março de 2013).
  82. a b c d e f Prêmio Extra de TV! 2013 (12 de novembro de 2013).
  83. [1]
  84. 41st International Emmy® Awards Nominees (07 de outubro de 2013).
  85. http://mdemulher.abril.com.br/tv-novelas-famosos/fotos/acontece/final-lado-lado-destino-laura-isabel-edgar-ze-maria-todos-personagens-novela-734687.shtml#2
  86. http://www.dn.pt/inicio/tv/interior.aspx?content_id=3632093
  87. http://globotv.globo.com/rede-globo/globo-internacional/t/veja-tambem/v/lado-a-lado-novela-ganhadora-do-emmy-chega-a-portugal/3077221
  88. Ficção do canal Globo lidera no cabo
  89. [2]
  90. Vencedora do Emmy ‘Lado a Lado’ estreia no primetime do MundoFox nos EUA
  91. [3]
  92. A vencedora do Emmy ‘Lado a Lado’ estreia em El Salvador

Ligações externas[editar | editar código-fonte]