Lady Letal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lady Letal
Lady Letal (Yuriko Oyama) por Julie Bell.jpg

Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Como Yuriko Oyama - Daredevil nº 197 (Agosto de 1983)

Como Lady Deathstrike - Alpha Flight nº33 (1985)

Criado por Dennis O'Neil
Larry Hama
Características do personagem
Alter ego Yuriko Oyama
Espécie Ciborgue
Afiliações Thunderbolts
Reavers
Habilidades Força sobre-humana
velocidade
agilidade
reflexos super-aguçados
Esqueletos e garras de Adamantium
Cura acelerada
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Lady Letal, em inglês Lady Deathstrike (cujo nome verdadeiro é Yuriko Oyama) é uma supervilã da Marvel Comics, inimiga dos X-Men, especialmente de Wolverine. Sua primeira aparição ocorreu na revista Daredevil número 197.

Yuriko Oyama foi criada pelo escritor Dennis O'Neil e pelo artista Larry Hama. Entretanto, os escritores Bill Mantlo e Chris Claremont acrescentaram características cruciais como a sua conexão com Wolverine. O artista Barry Windsor-Smith desenvolveu sua aparência de cyborg.

História[editar | editar código-fonte]

O pai de Yuriko Oyama era o Lord Dark Wind (Kenji Oyama), um chefe criminoso japonês e cientista, que criou o processo de fixação do adamantium aos ossos. Kenji foi um piloto kamikaze durante a Segunda Guerra Mundial. Seu rosto foi terrivelmente desfigurado num ataque suicida mal-sucedido a uma embarcação norte-americana. Envergonhado por sua falha de décadas atrás, ele desfigura as faces de Yuriko e de seus dois irmãos numa espécie de ritual. Seus dois irmãos morreriam mais tarde a serviço de seu pai.

Yuriko juntou forças com o Demolidor para libertar seu amado, Kiro, da servidão ao pai dela, e para se vingar por suas cicatrizes e pela morte de seus irmãos; no momento em que Youriko mata seu pai (estando ele a ponto de matar o Demolidor), o devotado Kiro escolhe o suicídio para honrar ao seu mestre.

Entristecida, Yuriko postumamente abraçou os ideais de seu pai e procurava matar qualquer um que o desonrasse. A trilha dela acabou por levá-la a Wolverine, cujo esqueleto havia sido revestido de adamantium. Lady Letal procurou matá-lo para corrigir o erro causado pelo furto da descoberta, e assim devolver a honra à família, mas foi derrotada por Wolverine e por Guardião, da Tropa Alfa. Yuriko foi então ao Mojoverso e à "loja de corpos" de Spiral, onde recebeu extensivas melhorias cibernéticas, incluindo ossos e unhas de adamantium.

Lady Letal foi certa vez membro da equipe de ciborgues criminosos denominada em inglês Reavers, liderada por Donald Pierce, que certa vez conseguira derrotar os X-Men. Tal equipe foi aniquilada posteriormente pelos Sentinelas, e Yuriko passou a trabalhar independentemente.

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

  • A personagem apareceu em dois episódios de X-Men: Animated Series, que foram ao ar em 1994. Na dublagem brasileira recebeu o nome de Dama da Morte. Era namorada de Wolverine e este quando partiu para a guerra disse que voltaria para se casar com ela. Como Wolverine nunca voltara (pois perdeu a memória no processo de injeção de adamantium em seu corpo), Yuriko injetou adamantium em seus próprios braços e foi atrás dele com a promessa de vingaça por ter sido deixada.Nessa série, ela disse que seu pai fora o responsável pela injeção do adamantium em Wolverine.
  • Em 2003 foi interpretada pela atriz Kelly Hu, no filme X-Men 2.[1] Nessa versão no entanto, a personagem é uma mutante com poderes similares aos do Wolverine, ossos revestido de adamantium e fator de cura, com prolongações afiadas na terminação dos dedos. É guarda-costas, vítima de controle cerebral, de William Stryker.
  • Também apareceu em X-Men: The Official Game, onde foi revelado que era aprendiz do Samurai de Prata (Silver Samurai, no original).
  • A X-23 na série X-Men: Evolution, é baseada em Lady Letal. Tal informação torna-se evidente pelo fato de que, nessa versão de X-Men, Lady Letal não aparece no enredo. Algumas semelhanças entre elas também são sugestivas, como por exemplo: Suas personalidades, seus superpoderes, seus uniformes, seus estilos de luta e principalmente o exacerbado ódio que ambas possuem por Wolverine (apesar de que la´no fundo, elas também nutrem bons sentimentos por ele).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências