Laggania

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaLaggania
Ocorrência: Cambriano
Laggania cambria 01.JPG

Classificação científica
Domínio: Eukaryota
(sem classif.) Bilateria
Protostomia
Reino: Animalia
Subreino: Eumetazoa
Superfilo: Ecdysozoa
(sem classif.) Panarthropoda
Filo: Lobopodia
Classe: Dinocarida
Ordem: Radiodonta
Família: Anomalocaridae
Género: Laggania
Espécies
L. Cambria
Fóssil de Laggania

Laggania foi um gênero de Anomalocaridae do período Cambriano. Diferente da maioria dos demais anomalocarideos, crê-se que o Laggania filtrava alimentos no lugar de ser um ativo predador. Seus dois apêndices possuíam cerdas consideradas desde muito tempo como espinhos. Laggania tinha o tronco curto, não tinha rabo e os olhos estavam para trás da boca, outra razão pela qual alguns cientistas não acreditam que a Laggania era um predador ativo, mas a “baleia” de seu tempo (por causa da filtragem de alimentos).[1]

108 espécimes de Laggania são conhecidos a partir do Canteiro Filópode, onde eles incluem 0,21% da comunidade.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Laggania foi originalmente descrito por Charles Walcott em 1911 como um equinodermo Holothurioidea.[3]

Referências

  1. Dzik, J.; Lendzion, K. (1988), "The Oldest Arthropods of the East European Platform.", Lethaia 21: 29–38 
  2. Caron, J.-B.; Jackson. (2006). "Taphonomy of the Greater Phyllopod Bed community, Burgess Shale". PALAIOS 21 (5): 451–465. DOI:10.2110/palo.2003.P05-070R.
  3. Durham. (1974). "Systematic Position of Eldonia ludwigi Walcott". Journal of Paleontology 48 (4): 750-755. Paleontological Society.