Lagoa da Canoa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Lagoa da Canoa
Bandeira de Lagoa da Canoa
Brasão de Lagoa da Canoa
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 28 de agosto
Fundação 1962
Gentílico canoense
Prefeito(a) Álvaro Bezerra de Melo (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Lagoa da Canoa
Localização de Lagoa da Canoa em Alagoas
Lagoa da Canoa está localizado em: Brasil
Lagoa da Canoa
Localização de Lagoa da Canoa no Brasil
09° 49' 48" S 36° 44' 16" O09° 49' 48" S 36° 44' 16" O
Unidade federativa  Alagoas
Mesorregião Agreste Alagoano IBGE/2008[1]
Microrregião Arapiraca IBGE/2008[1]
Região metropolitana do Agreste
Municípios limítrofes Arapiraca, Campo Grande, Craíbas, Feira Grande e Girau do Ponciano
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 102,831 km² [2]
População 18 253 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 177,5 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,58 baixo PNUD/2000[4]
PIB R$ 56 671,774 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 083,67 IBGE/2008[5]
Página oficial

Lagoa da Canoa é um município brasileiro localizado na região central do estado de Alagoas.

História[editar | editar código-fonte]

Em épocas remotas existia apenas a pequena lagoa na área onde foi edificada a cidade. Em 1842, dois casais - cujos nomes não constam nos anais - chegaram à região, construíram casas e implementaram a agricultura e a pecuária. Parte daí a colonização do território. Algum tempo depois, outras famílias também começaram a se instalar na localidade. Os pioneiros desse processo colonizatório foram José Barbosa, Francisco José Santana e a família Maurício. Com a criação do município de Arapiraca, Lagoa da Canoa passou a integrá-lo na condição de povoado, mas com grande importância no contexto econômico, social e político. As fazendas de café trouxeram emprego e renda. Além disso, servia como ponto de apoio na estrada que ligava Arapiraca a Traipu e Girau do Ponciano.

A sua evolução crescente culminou na elevação à categoria de município autônomo, em 28 de agosto de 1962, através da Lei nº 2.472. Desmembrado de Arapiraca, o novo município foi instalado oficialmente em 25 de janeiro de 1963.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população é de 18.378 habitantes e sua área é de 103 km² (206,28 h/km²).

Limita ao norte com o município de Craíbas, ao sul com o município de Campo Grande, a leste com o município de Arapiraca, a oeste com o município de Girau do Ponciano e a sudeste com o município de Feira Grande.

Religião[editar | editar código-fonte]

A respeito da história religiosa, a paróquia de São Maximiliano Maria Kolbe foi instituída canonicamente por Dom Constantino Leürs, então bispo de Penedo, em 2 de dezembro de 1993. Integra o vicariato de Traipu e tem como administrador paroquial o Padre Pedro Silva. Eclesiasticamente pertence à jurisdição da Sé penedense, cujo ordinário diocesano é Dom Valério Breda (SDB).

A comunidade católica de Lagoa da Canoa celebra com muito entusiasmo as festas de Santo Antônio (13 de junho), São João (24 de junho), São Pedro (29 de junho), Nossa Senhora da Conceição (8 de dezembro), além do padroeiro (14 de agosto).

Filhos ilustres[editar | editar código-fonte]

Lagoa da Canoa é a cidade de nascimento do poeta Agnelo Rodrigues de Melo (pseudônimo Judas Isgorogota), do artista Virgílio Maurício, Hermeto Pascoal, do bispo Dom José Maurício da Rocha, do matemático Miguel Mauricio da Rocha e de Joana Gajuru (grande mestra de guerreiro).

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Alagoas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.