Lagos (Portugal)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lagos
Brasão de Lagos Bandeira de Lagos
Brasão Bandeira
Centro de Lagos.png
Centro histórico
Localização de Lagos
Gentílico Lacobrigense
Área 212,84 km²
População 31 048 hab. (2011[1] )
Densidade populacional 145,87 hab./km²
N.º de freguesias 4
Presidente da
Câmara Municipal
Joaquina Matos
Fundação do município
(ou foral)
c. 1255
Região (NUTS II) Algarve
Sub-região (NUTS III) Algarve
Distrito Faro
Antiga província Algarve
Orago São Gonçalo de Lagos
Feriado municipal 27 de Outubro
Código postal 8600
Sítio oficial www.cm-lagos.pt/
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Lagos é uma cidade portuguesa no Distrito de Faro, região e sub-região do Algarve, sede de concelho, com 31 048 habitantes no município. A cidade em si tem uma população de aproximadamente 22 000 pessoas.

Localiza-se no Barlavento, a zona ocidental do Algarve.

É uma cidade histórica (Descobrimentos Portugueses) e turística (praias e vida nocturna). A maioria da população reside na periferia da cidade, procurando usufruir de belas paisagens para o mar ou para a Serra de Monchique; e trabalha, na sua grande maioria, na indústria turística. O interior da cidade é antigo e praticamente todo pedonal, oferecendo aos turistas as delícias dos bons restaurantes, bares, cafés e, aos habitantes, as mais diversas possibilidades comerciais.

É uma das cidades mais visitadas no Algarve devido à sua beleza, à grande quantidade de praias, bares, hotéis e restaurantes que dispõe.

População do concelho de Lagos (1801 – 2011)
1801 1849 1900 1930 1960 1981 1991 2001 2011
9 789 11 012 13 937 16 210 17 060 19 700 21 526 25 398 31 048
                             Evolução da População Entre 1864 e  2011  

Evolução da  População  1864 / 2011; Variação da População  1864 / 2011; Comparando 2011 com 1864;

          Evolução dos Grupos Etários (de 1981 a 2011)

Nº de habitantes por grupos etários – de  1981 a 2011; Nº de habitantes por grupos etários – de  1981 a 2011;

História[editar | editar código-fonte]

Réplica da caravela Boa Esperança

A primeira localidade na região de Lagos, chamada de Laccobriga ou Lacóbriga, foi fundada cerca de 2000 anos antes do Nascimento de Cristo pelos cónios.[2] Esta localidade foi, consequentemente, ocupada por Cartagineses, Romanos, povos bárbaros, muçulmanos e finalmente reconquistada pelos cristãos no Século XIII.[3]

Devido à sua localização e importância económica, tornou-se um ponto central para os Descobrimentos Portugueses, a partir do Século XV; em 1573, foi elevada a cidade pelo rei D. Sebastião, passando a ser a capital do Reino do Algarve, posição que manteve durante o Domínio Filipino. Em 1755, quando foi devastada pelo tsunami que também devastou Lisboa, a capital provisória passou para Loulé e depois para Faro onde ainda se mantém.. No Século XIX, participou activamente nas Invasões Francesas e na Guerra Civil Portuguesa[4] , tendo conseguindo retomar alguma importância económica, com a introdução das primeiras indústrias a partir de meados do século.

Após a Segunda Guerra Mundial e até aos finais do Século XX, assistiu-se a uma gradual redução da capacidade industrial e a um aumento do turismo, tornando-se a principal actividade económica no Concelho.[5]

Administração pública[editar | editar código-fonte]

Divisão administrativa[editar | editar código-fonte]

É sede de um município com 212,84 km² de área e 31 048 habitantes (2011[6] ), subdividido em 4 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Monchique, a leste por Portimão, a oeste por Vila do Bispo, a noroeste por Aljezur e a sul tem litoral no oceano Atlântico.

Orgãos Autárquicos[editar | editar código-fonte]

A Assembleia Municipal de Lagos, no mandato 2009-2013, é presidida por Paulo José Dias Morgado[7] ; o presidente da Câmara Municipal de Lagos é Júlio José Monteiro Barroso, e o lugar de vice-Presidente é ocupado por Maria Joaquina Baptista Quintans de Matos.[8]

A maior parte dos serviços administrativos encontra-se dividida entre o edifício Paços do Concelho Século XXI, o novo Edifício da Câmara situado à entrada de Lagos e as Oficinas Municipais na localidade do Chinicato; a Assembleia Municipal encontra-se sedeada no antigo edifício dos Paços do Concelho.[9]

Vista panorâmica de Lagos[editar | editar código-fonte]

Lagos 2 copy.jpg

As freguesias de Lagos são as seguintes:

Património, cultura e desporto[editar | editar código-fonte]

Cultura e eventos[editar | editar código-fonte]

Os principais eventos no município são o Banho 29 (no dia 29 de Agosto), uma manifestação cultural no Cais da Solaria que inclui uma reconstituição dos antigos hábitos balneares[10] , e o Festival dos Descobrimentos, que recorda usos e costumes dos Séculos XV e XVI.[11]

A moderna marina de Lagos (com 460 lugares para embarcações) juntamente com a sua ponte levadiça, tornou-se num centro importante para viajantes de longa distância. Lagos tem diversas actividades culturais, onde muitas tradições locais são celebradas que vão desde a arquitectura até à época dos descobrimentos. A vida nocturna e festas tornaram-se também num ponto de referência da cidade.

Património[editar | editar código-fonte]

Devido à sua longa história, o Concelho apresenta inúmeros vestígios físicos e culturais, que recordam várias épocas da história de Lagos, os principais agentes e os acontecimentos mais marcantes. Entre estes vestígios, podem ser identificados alguns monumentos mais importantes, que presenciaram ou foram mesmo palco destes acontecimentos:

Principais personagens históricas de Lagos[editar | editar código-fonte]

Geminações[editar | editar código-fonte]

O concelho de Lagos é geminado com as seguintes cidades:[12]

Caracterização geográfica[editar | editar código-fonte]

Praias[editar | editar código-fonte]

Praia da Dona Ana.
  • Meia Praia
  • Praia da Batata
  • Praia dos Estudantes
  • Praia do Pinhão
  • Praia da Dona Ana
  • Praia do Camilo
  • Praia dos Pinheiros
  • Praia Grande
  • Praia da Ponta da Piedade
  • Praia do Barranco Martinho
  • Praia do Canavial
  • Praia do Porto de Mós
  • Praia da Luz

Economia e transportes[editar | editar código-fonte]

Transportes[editar | editar código-fonte]

A cidade de Lagos é servida, a nível rodoviário, pela auto-estrada A 22 (entre Lagos e Castro Marim), pela EN 120 (entre Lagos e Sines) e pela EN 125.

O principal meio de transporte público no concelho é A Onda, uma rede de autocarros que liga todas as principais localidades, e efectua o transporte entre vários pontos de Lagos.

A nível ferroviário, Lagos é uma estação terminal da Linha do Algarve.

Economia[editar | editar código-fonte]

Marina de Lagos

À semelhança de várias localidades costeiras Portuguesas, Lagos sempre teve uma grande proximidade com o mar, e desde tempos muito distantes, a pesca foi a actividade mais importante e uma das únicas fontes de rendimento para a população. Em meados do Século XIX, a cidade tornou-se num centro de indústria conserveira, tornando-se no principal meio de sustentabilidade da cidade. A partir da Década de 1960, a principal actividade económica passou a ser o turismo, incentivado pelas praias e clima atractivos, uma costa única (denominada como costa D'Oiro, devido à cor quase dourada das rochas), a gastronomia e o património histórico.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Paula, Rui Mendes. Lagos: Evolução Urbana e Património. Lagos: Câmara Municipal de Lagos, 1992. 392 p. ISBN 9789729567629
  • Cardo, Mário. Lagos Cidade: Subsídios para uma Monografia. Lagos: Grupo dos Amigos de Lagos, 1998. 80 p.
  • Coutingo, Valdemar. Lagos e o Mar Através dos Tempos. Lagos: Câmara Municipal de Lagos, 2008. 95 p.

Referências

  1. [1] Censos 2011
  2. Paula, p. 21
  3. Cardo, 1998:44
  4. Paula, 1992:78
  5. Coutinho, 2008:83
  6. [2] Censos 2011
  7. Orgãos Autárquicos-Assembleia Municipal: Constituição. Câmara Municipal de Lagos. Página visitada em 27 de Julho de 2010.
  8. Orgãos Autárquicos-Câmara Municipal-Executivo: Constituição. Câmara Municipal de Lagos. Página visitada em 27 de Julho de 2010.
  9. Orgãos Autárquicos-Câmara Municipal-Organograma: Localização de Serviços. Câmara Municipal de Lagos. Página visitada em 27 de Julho de 2010.
  10. Turismo-Feiras, Festas e Outros Eventos-Festas:Festa do Banho 29. Câmara Municipal de Lagos. Página visitada em 27 de Julho de 2010.
  11. Turismo-Feiras, Festas e Outros Eventos-Festas:Festival dos Descobrimentos. Câmara Municipal de Lagos. Página visitada em 27 de Julho de 2010.
  12. http://www.anmp.pt/anmp/pro/mun1/gem101l0.php?cod_ent=M8600

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lagos (Portugal)



Concelhos do Distrito de Faro (Algarve) Mapa da Grande Área Metropolitana do Algarve
Albufeira Alcoutim Aljezur Castro Marim Faro Lagoa Lagos Loulé Monchique Olhão Portimão São Brás de Alportel Silves (Portugal) Tavira Vila do Bispo Vila Real de Santo António
Albufeira
Alcoutim
Aljezur
Castro Marim
Faro
Lagoa
Lagos
Loulé
Monchique
Olhão
Portimão
São Brás de Alportel
Silves
Tavira
Vila do Bispo
Vila Real de Santo António