Laguatan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Laguatan foi o nome dos autores romanos para se referir a uma confederação nômade na área de Cirenaica.[1] Tinha sido descrita primeiramente como invasora e nômade,[2] mas outros consideraram-na um grupo assentado que também invadiu.[3] Emergiram no final do século III, quando os primeiros grupos começaram a migração para o oeste de suas terras originais no deserto da Líbia. Sob o rótulo de austurianos (em latim: Austuriani, provavelmente refletindo uma sub-tribo então dominante) eles são registrados como invadindo a Cirenaica e Tripolitânia no século IV, e nos anos 520, sob o líder deles Cabaon, eles marcaram uma grande vitória sobre os vândalos, ganhando independência efetiva deles.[4] Nos anos 540, o oficial bizantino Sérgio, durante um banquete, assassinou 80 dos líderes da confederação o que levou-a a revolta.[5] Os laguatan uniram-se com outros líderes tribais mouros que também haviam se rebelado, entre eles Antalas, e só foram derrotados pelos esforços do general João Troglita.[6] [7]

Procópio de Cesareia chama-os leuatas (em latim: Leuathae; em grego: Λευάθαι), enquanto Flávio Crescônio Coripo chama-os llaguas e laguantan. De acordo com Coripo, eles ainda eram pagãos, e professavam Gurzil, que é identificado como o filho de Amon e uma vaca.[8] Durante a Idade Média islâmica, Ibn Khaldun registra que este grupo tribal era conhecido como lawata ou louata, e estava espalhado nos oásis do Egito do deserto ocidental através da Cirenaica, Tripolitânia ao sul e centro da Tunísia e Argélia oriental.[9]

Referências

  1. Wickham 2007, p. 333
  2. Sjöström 1993, p. 27
  3. Mattingly 1983, p. 96
  4. Mattingly 1983, p. 97-98
  5. Martindale 1992, p. 1125; 1175
  6. Diehl 1896, p. 366-369
  7. Martindale 1992, p. 612; 647
  8. Mattingly 1983, p. 98-99
  9. Mattingly 1983, p. 99-100

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Diehl, Charles. L'Afrique Byzantine. Histoire de la Domination Byzantine en Afrique (533–709). Paris: Ernest Leroux, 1896.
  • Mattingly, D. J.. (1983). "The Laguatan: A Libyan Tribal Confederation in the Late Roman Empire". Libyan Studies: Annual report of the Society for Libyan Studies 14: 96-108.
  • Sjöström, Isabella. Tripolitania in Transition Avebury. Aldershot, Inglaterra: [s.n.], 1993. ISBN 1-85628-707-6.
  • Wickham, Chris. Framing the Early Middle Ages. Londres: Oxford University Press, 2007. ISBN 0-19-921296-1.