Lajin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lajin
21º Sultão do Egito
Bahri Dynasty 1250 - 1382 (AD).PNG
Domínios dos mamelucos bahri entre 1250 e 1382.
Governo
Reinado dezembro de 1294-novembro de 1296
Antecessor Kitbugha
Sucessor Al-Nasir Muhammad
Dinastia Mamelucos Bahri
Vida
Nome completo al-Malik al-Mansour Hossam ad-Din Lachin al-Mansuri
الملك المنصور حسام الدين لاجين المنصورى
Morte 16 de janeiro de 1299
Cairo

Hossam ad-Din Lajin (em árabe: لاجين) foi o vigésimo-primeiro sultão mameluco do Egito, reinando entre 1297 e 1299.

História[editar | editar código-fonte]

Os mamelucos búrjidas que haviam sido expulsos por Kitbugha após ele ter derrotado seu rival al-Shaja'i se rebelaram no Cairo. Eles se denominavam al-Mamalik al-Ashrafiyah Khalil ("Mamelucos de al-Ashraf Khalil") e se revoltaram por que Lajin, que estava envolvido no assassinato do sultão - e patrocinador deles - al-Ashraf Khalil, apareceu no Cairo e não foi preso nem punido[1] . Mas os al-Ashrafiyah Khalil foram derrotados e muitos terminaram executados ou mortos[2] .

Após a morte do vizir al-Shuja'i, Kitbugha, que já era o regente, se tornou ainda mais poderoso e foi convencido por Lajin - que sabia que os mamelucos de Khalil e futuramente do jovem sultão al-Nasir iriam se vingar do assassinato do sultão Khalil - a depor al-Nasir e tomar o poder para si[3] . Após a derrota dos búrjidas, Kitbugha reuniu seus emires e disse-lhes: "O sistema real foi minado. Não há como haver respeito enquanto tivermos um sultão tão jovem." Os emires concordaram o ajudaram a derrubar al-Nasir, que foi aprisionado com a sua mãe primeiro numa seção do palácio e depois em al-Karak. Kitbugha se instalou como sultão, tomou o nome real de al-Adil e fez de Lajin seu vice-sultão[4] .

Quando Kitbugha estava em Damasco, os emires resolveram se livrar dele. Eles foram até o sultão e o encontraram no caminho de volta para o Egito. Kitbugha se enfureceu com Bisari, um de seus proeminentes emires, e o acusou de se corresponder com os mongóis. Temendo que o sultão fosse prender Bisari, os emires[5] , entre eles Lajin, se armaram e foram até a dihliz (a tenda real do sultão, utilizada durante suas viagens e batalhas) do sultão e enfrentaram seus mamelucos[6] . Uns poucos mamelucos do sultão foram mortos ou feridos no embate, enquanto Kitbugha fugia pelos fundos da dihliz para Damasco à cavalo acompanhado por cinco de seus mamelucos, eludindo os emires. Lajin foi entronado como o novo sultão do Egito enquanto Kitbugha se refugiava na cidadela de Damasco. Eventualmente, ele renunciou e reconheceu Lajin afirmando que "al-Sultan al-Malik al-Mansour [Lajin] é um dos meus Khushdashiya[7] . Eu lhe sirvo e lhe obedeço. Eu permanecerei na cidadela até que o sultão decida o que fazer comigo." Kitbugha partiu de Damasco para Sarkhad[8] tendo reinado por dois anos e dezessete dias[9] .

Lajin governou como sultão até ser assassinado juntamente com seu vice-sultão Mangu-Temur em 1299 na Batalha de Wadi al-Khazandar.

Referências

  1. Ibn Taghri, Sultanante of al-nasir Muhammed.
  2. Al-Maqrizi, pp.259/vol.2
  3. Ibn Taghri, Sultanante of al-Nasir Muhammed.
  4. Al-Maqrizi, p. 275/vol.2
  5. Os emires que atacaram Kitbugha incluíam Lajin, Bisari, Qara Sunqur, Qabjaq e al-Haj Bahader. - ( Al-Maqrizi, p.273/vol.2 )
  6. Os mamelucos de Kitbugha se denominavam al-Mamalik al-Adilyyah, uma referência ao nome real dele, al-Adil.
  7. Khushdashiya (em árabe: خشداشية) eram mamelucos pertencentes a um mesmo emir ou sultão.
  8. Al-Maqrizi, pp. 277-278/vol.2
  9. Al-Maqrizi, p. 274/vol.2

Ver também[editar | editar código-fonte]

Títulos de nobreza
Precedido por
Kitbugha
Sultão mameluco
1297–1299
Sucedido por
Al-Nasir Muhammad

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Al-Maqrizi, Al Selouk Leme'refatt Dewall al-Melouk, Dar al-kotob, 1997.
  • Al-Maqrizi, al-Mawaiz wa al-'i'tibar bi dhikr al-khitat wa al-'athar, Matabat aladab, Cairo 1996, ISBN 977-241-175-X.
  • Ibn Taghri, al-Nujum al-Zahirah Fi Milook Misr wa al-Qahirah, al-Hay'ah al-Misreyah 1968

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Sultan Lajin (em inglês). History Avenue. Página visitada em 02/04/2013.