TV Globo Nordeste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
TV Globo Nordeste
Rede Globo de Televisão
Globo Comunicação e Participações S.A.
TV Globo Nordeste
Olinda/Recife, Pernambuco
Brasil
Tipo Empresa privada
Cidade de concessão Band recife.png Recife, PE
Canais
13 VHF analógico
36 UHF e 13.1 digital digital
Outros canais 13 (SKY)
24 (Claro TV)
13 (Oi TV)
213 (GVT TV)
32 (Cabo Mais)
02 VHF (Vila dos Remédios)
53 (Vitória de Santo Antão)
50 (Vicência)
07 (Timbaúba)
09 (Rio Formoso)
Sede Bandeira de Olinda.png Olinda, PE
Rua Morro do Peludo, S/Nº - Ouro Preto
Slogan Pernambuco no coração (local)
A gente se liga em você (rede)
Rede Rede Globo
Fundador Roberto Marinho
Pertence a Grupo Globo
Proprietário Roberto Irineu Marinho
Acionista(s) Roberto Irineu Marinho (sócio presidente)
José Roberto Marinho e João Roberto Marinho (sócio marjoritários)
Presidente Roberto Irineu Marinho
CNPJ 27.865.757/0023-00
Fundação 22 de abril de 1972 (42 anos)
Prefixo ZYB 302
Cobertura Grande Recife, Litoral Pernambucano, Zona da Mata e Fernando de Noronha
Potência 30 kW
Página oficial Globo Nordeste

TV Globo Nordeste (conhecida também como Globo Nordeste) é uma emissora de televisão brasileira sediada Olinda, e com concessão em Recife, capital do estado do Pernambuco. Opera nos canais 13 VHF e 36 UHF digital e é uma emissora própria da Rede Globo. A emissora tem os seus departamentos de jornalismo e produção, além de seu transmissor analógico, localizados no Morro do Peludo, no bairro de Ouro Preto, em Olinda. Em Recife, o seu escritório comercial está localizado no 7º andar do Empresarial Center II, em Boa Viagem, e os seus transmissores digitais na Rua da Aurora (onde está sendo construída a futura sede da emissora). A emissora era das Organizações Vitor Costa (OVC), até Roberto Marinho comprar a emissora em 1972, para ser uma filial da Globo no Nordeste, e agora é do Grupo Globo.

A emissora transmite a programação da Rede Globo para o estado do Pernambuco, juntamente com a TV Asa Branca e a TV Grande Rio (que retransmitem parte da programação gerada pela emissora), além de gerar programas especiais para as afiliadas da Globo na Região Nordeste, como o espetáculo da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém e o São João do Nordeste. A TV Globo Nordeste retransmite normalmente a programação da Rede Globo gerada diretamente das cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, porém durante a vigência do horário de verão no centro-sul do país, a emissora adere a Rede Fuso. Durante os domingos, a programação é exibida em tempo real, devido ao fato dos programas desse dia terem em sua maioria classificação DJCTQ - L.svg ou DJCTQ - 10.svg, e também pela maioria dos programas serem realizados ao vivo.

TV Digital[editar | editar código-fonte]

Em 2008 a emissora iniciou o projeto de implantação do sinal digital em Recife. Para isso modernizou sua estrutura técnica na sede, em Olinda, com uma nova sala de controle mestre pronta para operar em alta definição, e uma central técnica com instrumentos e equipamentos digitais. Também investiu em câmeras e ilhas de edição HD, para iniciar produções em alta definição.

Para transmitir os sinais, ergueu a Torre Globo Nordeste Digital, uma robusta estrutura metálica de 137 metros de altura e 900m2 de base, sendo a maior estrutura metálica de TV digital do País. Na base da torre foi também construído um prédio para abrigar os seus transmissores.

Com arquitetura imponente e fazendo alusão à Torre Eiffel, a torre recebeu uma iluminação arquitetural formada por mais de sessenta refletores LED que a iluminam diariamente com um espectro de cinco cores fixas. Em datas e ocasiões especiais apresenta cores diferentes e até mesmo animações, como no dia do combate ao câncer de mama, dia do autismo. Em dezembro de 2009 recebeu mais de 2500 lâmpadas flash que juntamente com a troca de cores e músicas recebia o Natal daquele ano.

Em 16 de maio de 2009, a emissora iniciou a fase de transmissão digital experimental, exibindo o Nordeste Viver e Preservar, com Francisco José e Beatriz Castro, sendo o primeiro programa do Nordeste totalmente capturado, produzido e transmitido em HD. Ao longo dos dias foram realizados testes e ajustes, bem como a exibição de outros materiais em HD.

Em 15 de Junho do mesmo ano, a Globo Nordeste iniciou oficialmente suas transmissões digitais no último bloco do NETV, numa cerimônia apresentada por Francisco José e Meiry Lanunce realizada no Clube Barrozo, Rua da Aurora. A torre foi inaugurada junto ao sinal digital durante um "show de luzes e sons". Logo após a apresentação, transmitida ao vivo, a torre ficou acesa com as cores vermelho, amarelo, verde, azul e violeta, formando um cartão-postal na cidade do Recife.

Em setembro de 2011, a emissora começou a produzir e transmitir toda a programação local em HD.

Em 30 de junho de 2014, a emissora anuncia novos estúdios para os seus telejornais locais. O espaço ficou maior, mais iluminado e ganhou equipamentos mais modernos. Entre as novidades, um telão de quase 180 graus, que permite, por exemplo, a entrada no ar ao vivo de três repórteres em tela ao mesmo tempo, além dos apresentadores. Os estúdios ganharam ao todo 36 monitores, todos em HD, o que resulta em maior nitidez. A iluminação agora é de LED e o set de entrevistas recebeu uma tela de 75 polegadas.

Nova Sede[editar | editar código-fonte]

A Globo Nordeste anunciou a construção de sua nova sede na Rua da Aurora, endereço onde se encontra a torre digital da emissora pernambucana. No dia 20 de abril de 2012, dois dias antes do aniversário de 40 anos da emissora, os telejornais locais foram apresentados em um Glass Studio (estúdio de vidro), especialmente com o Rio Capibaribe ao fundo.

Programação[editar | editar código-fonte]

Exibida na Região Metropolitana do Recife, em todo o estado de Pernambuco pelas afiliadas, incluindo Fernando de Noronha.

Programa Apresentador(es)
Bom Dia Pernambuco Meiry Lanunce
NETV
Radar NE Apresentadores titulares das edições do NETV
Globo Esporte PE George Guilherme
Globo Comunidade (não definido)
Lance Final Rembrandt Jr.
Verão Nordeste Meiry Lanunce
Bianka Carvalho
Nordeste Viver e Preservar Francisco José
Beatriz Castro
Espaço PE (não definido)
Causos e Cantos (não definido)
Futebol Rembrandt Jr.
Chiquinho
Wilson Souza de Mendonça


Carnaval[editar | editar código-fonte]

No Carnaval prepara uma série de programas, comerciais e vinhetas especiais, além das transmissões já tradicionais como o Baile Municipal do Recife, realizado uma semana antes do início oficial da folia.

No sábado de Zé Pereira, a emissora inicia as transmissões do Galo da Madrugada por volta das nove horas, sempre com uma grande equipe e estrutura, levando cada detalhe da folia no centro do Recife, onde estão espalhados os repórteres e apresentadores. Neste dia não exibe o NE, somente o Jornal Hoje, quando em seguida volta para a transmissão do desfile. A transmissão também é feita para grande parte das afiliadas da Rede Globo no Nordeste, além da Globo Internacional, para mais de 120 países em todo o mundo.

Nos outros dias de Carnaval, até a quarta-feira de cinzas, leva ao ar o Carnaval de Pernambuco, um programa ao vivo de Recife, Olinda e outros pontos da folia no estado, que leva a alegria e irreverência do Carnaval pernambucano, o maior e mais popular do país. Normalmente também conta com a Casa do Carnaval nestes programas - casarios em pleno carnaval do Recife Antigo e Sítio Histórico de Olinda que servem como estúdio para os apresentadores e convidados, como músicos e bandas.

No Carnaval 2012, a Globo Nordeste realizou a primeira transmissão do Galo da Madrugada em HDTV, utilizando 18 câmeras HD, o Globocop - que fora lançando naquele carnaval- e uma grande equipe de 250 profissionais. Além de transmitir os outros dias do Carnaval Pernambucano com a tecnologia.

No Carnaval 2013, mais inovação, a emissora, que novamente realizou toda a transmissão em HDTV , utilizou a tecnologia de Mochilink, onde o repórter cinematográfico utiliza uma câmera HD e uma bolsa com o equipamento que transmite o sinal de áudio e vídeo para a emissora através da tecnologia de telefonia móvel 3G, ficando no meio dos foliões. Neste ano o Globocop também transmitiu suas imagens em formato HD. Outra novidade foi o novo Camarote Globeleza na Praça da Independência. Ainda na tecnologia, a Globo Nordeste instalou uma câmera robótica na cobertura do prédio do Cinema São Luiz para gerar fotos panorâmicas do Galo Gigante na Ponte Duarte Coelho, para os foliões se localizarem no desfile pelo portal G1 Pernambuco.

São João[editar | editar código-fonte]

Em época de São João, juntamente com as afiliadas da Rede Globo na região Nordeste (TV Gazeta, Rede Bahia, TV Verdes Mares, Rede Mirante, TV Cabo Branco, TV Paraíba, TV Clube, InterTV Cabugi e TV Sergipe) produz especiais, como o São João do Nordeste, Causos e Cantos e Estação Nordeste, além de fazer a transmissão especial do São João da Capitá, parceria entre a Globo Nordeste e o Chevrolet Hall.

Especiais de sábado[editar | editar código-fonte]

Durante o ano inteiro, assim como a RBS TV, EPTV e a Globo Minas, a Globo Nordeste exibe programas locais, sendo os seguintes especiais exibidos desde 2007:

Horário de Verão[editar | editar código-fonte]

A partir de 2009, o Jornal Nacional, inverte seu horário com a Novela das sete, começando às 19:30 e a novela às 20:10 (exceto nas quartas, quando a novela entra no ar às 19:40h e termina às 20:00h. Logo após, a Novela das nove começa às 21:05h e em seguida o Futebol às 21:55h. Aos domingos a programação é exibida com 1 hora de antecedência. Basicamente, de Segunda à Sexta, entre as 04:50h e 17:40h, a Globo Nordeste grava a programação nacional e exibe em horário local, e das 17:40h até as 04:50h, entra na Rede Fuso.

Área de Cobertura[editar | editar código-fonte]

Carro de reportagem da Rede Globo Nordeste.

A área de cobertura oficial da TV Globo Nordeste engloba os seguintes municípios:

Cidade Canal UHF Canal Digital (Virtual)
Abreu e Lima 13 13.1
Afogados da Ingazeira 5 (não disponível)
Aliança 13 (não disponível)
Amaraji 13 (não disponível)
Araçoiaba 13 (não disponível)
Barreiros 24 (não disponível)
Bom Jardim 13 (não disponível)
Buenos Aires 13 (não disponível)
Cabo de Santo Agostinho 13 (não disponível)
Camaragibe 13 13.1
Camutanga 6 (não disponível)
Carpina 13 13.1
Chã de Alegria 13 (não disponível)
Chã Grande 9 (não disponível)
Condado 13 (não disponível)
Custódia 11 (não disponível)
Escada 13 (não disponível)
Feira Nova 13 (não disponível)
Fernando de Noronha 2 (não disponível)
Ferreiros 13 (não disponível)
Ferreiros 13 (não disponível)
Gameleira 13 (não disponível)
Glória do Goita 13 (não disponível)
Goiana 13 (não disponível)
Igarassu 13 13.1
Ilha de Itamaracá 13 13.1
Ipojuca 13 13.1
Itambé 13 13.1
Itapissuma 13 (não disponível)
Itaquitinga 13 (não disponível)
Jaboatão dos Guararapes 13 13.1
João Alfredo 13 (não disponível)
Lagoa do Carro 13 (não disponível)
Lagoa do Itaenga 13 (não disponível)
Limoeiro 29 (não disponível)
Macaparana 7 (não disponível)
Machados 13 (não disponível)
Moreno 13 (não disponível)
Nazaré da Mata 13 (não disponível)
Olinda 13 13.1
Orobó 13 (não disponível)
Paudalho 13 (não disponível)
Paulista 13 13.1
Pombos 13 (não disponível)
Primavera 13 (não disponível)
Recife 13 13.1
Ribeirão 13 (não disponível)
Rio Formoso 9 (não disponível)
Salgadinho 13 (não disponível)
São José da Coroa Grande 13 (não disponível)
São Lourenço da Mata 13 (não disponível)
São Vicente Férrer 13 (não disponível)
Sirinhaém 13 (não disponível)
Tamandaré 13 (não disponível)
Timbaúba 7 (não disponível)
Tracunhaém 13 (não disponível)
Vicência 50 (não disponível)
Vitória de Santo Antão 53 53.1


Substituição por outras emissoras[editar | editar código-fonte]

Na sua inauguração em 1972, a Rede Globo Nordeste foi criada para retransmitir o seu sinal para os estados do RN, PB, PE, AL e SE, que na época, ainda não tinham cobertura da Rede Globo na Região Nordeste, nos anos 70, haviam apenas as afiliadas TV Verdes Mares em Fortaleza, TV Clube de Teresina, (ainda hoje afiliadas da Rede Globo), a TV Aratu em Salvador e a TV Difusora de São Luís (atualmente no SBT).

A partir de 1973 a emissora foi perdendo espaço para as afiliadas nas praças, a começar pela TV Sergipe, que passou seus dois primeiros anos como afiliada da Rede Tupi e mudou para a Globo naquele ano. Confira abaixo a cronologia de trocas.

Praça Afiliada Ano de Troca
Aracaju, SE TV Sergipe 1973
Maceió, AL TV Gazeta 1975
Campina Grande, PB TV Borborema 1981
João Pessoa, PB TV Cabo Branco 1987
Natal, RN TV Cabugi 1987
Caruaru, PE TV Asa Branca 1991
Petrolina, PE TV Grande Rio 1991
Fernando de Noronha, PE TV Golfinho 1985

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • A primeira torre de transmissão da Globo Nordeste veio de Brasília. Era uma torre já utilizada anteriormente e um pouco desgastada.
  • Em 23 de abril de 1972, ao vivo direto do ginásio Geraldão, em Recife, foi ao ar o programa A Buzina do Chacrinha, foi a primeira experiência de transmissão nacional da Globo Nordeste.
  • Durante muitos anos, a Globo Nordeste utilizou-se do sistema Detelpe, do governo de Pernambuco, para retransmitir seu sinal para as cidades do interior do Estado, atualmente utiliza o sinal próprio de satélite.
  • Em 2009, a Globo Nordeste iniciou as transmissões digitais assim como em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília, pelo canal 36 UHF. Juntamente com a inauguração, uma nova sede foi planejada, no bairro de Santo Amaro, região central do Recife, onde estão as sedes da TV Jornal e da TV Clube. A previsão é que no Morro do Peludo, ficarão apenas os transmissores analógicos e possivelmente um museu da TV . As transmissões experimentais começaram no dia 7 de maio e foram anunciadas oficialmente em 16 de maio.
  • Conforme anunciado nos telejornais NETV, Bom Dia Pernambuco e Jornal Nacional, no dia 15 de junho houve a estreia oficial do sinal digital da emissora, a inauguração ocorreu por volta das 19:25, no último bloco do NETV 2ª Edição, transmitindo a cerimônia do Clube Barrozo, casa de eventos na Rua da Aurora. O evento foi apresentado por Francisco José e Meiry Lanunce. Quando foi inaugurada oficialmente, a torre digital da emissora apresentou um "show de luzes e sons".
  • Um dos motivos de ser conhecida como Globo Nordeste, é que além de ser a única emissora própria da região, sua área de cobertura se estendia de Alagoas até o Rio Grande do Norte.
  • Em 2003, durante uma madrugada, um curto-circuito num ar-condicionado causou um incêndio na redação do departamento de jornalismo da emissora. Funcionários e o Corpo de Bombeiros conseguiram controlar o fogo, que destruiu duas salas do setor. Por conta do acidente, uma reforma foi feita e hoje a Globo Nordeste possui uma das mais bonitas redações do Nordeste.
  • No dia 1º de maio de 2010, o sinal chegou integralmente ao Arquipélago de Fernando de Noronha, a população noronhense pode acompanhar integralmente a grade de programação da Rede Globo Nordeste gerada em Recife.
  • No mês de julho de 2011, o jornalista esportivo da Globo Rio, George Guilherme, volta para a Globo Nordeste, de onde saiu em 2005. O seu retorno foi um convite da emissora, para ser o novo diretor do departamento esportivo da emissora no Recife. Com isso ele passou também a apresentar a edição pernambucana do Globo Esporte.
  • No dia 26 de setembro de 2011 passou a transmitir todos os telejornais e programas produzidos localmente em alta definição (HDTV). A notícia foi dada na edição de sábado do NETV 1ª Edição por Clarissa Góes, e por Wanessa Andrade na edição noturna do telejornal.
  • Durante a transmissão da final do Campeonato Brasileiro - Série C de 2013 feita pela TVU (afiliada TV Brasil), a Globo Nordeste ficou em segundo lugar com média de 8,5 pontos de audiência, enquanto a TVU registrou média de 11.5 pontos (Cada ponto no Recife e Grande Recife representa 11 mil domicílios).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]