Laocianos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Laocianos ou laosianos
Khon Lao collage.jpg
Setthathirath  • K. Siphandon  • N. Phoumsavan •B. T. Worra
N. Phoumsavanh • M. Bhuridatta • K. Patafta • A. Everingham
População total

30 milhões (est.)

Regiões com população significativa
Laos 6,5 milhões
 Tailândia 10-15 milhões
 Estados Unidos
(Laocianos-americanos)
aprox. 300.000 [1] [2]
Vietname Vietnã 169.000
 Rússia 150.000
 França 50.000
Myanmar 25.000
 Canadá 25.000
 Austrália 14.000
 Argentina 2.000
 Brasil 1.000
 Nova Zelândia 1.000
Línguas
Laociano, isan, tailandês e francês.
Religiões
Predominantemente budismo teravada, com influências animistas e hinduístas.
Grupos étnicos relacionados
Tais e outros grupos étnicos tais.

Os laocianos ou laosianos (em laociano: ລາວ; em isan: ลาว, AFI[láːw]) são os membros de um subgrupo étnico dos tais/dais do Sudoeste Asiático. A imensa maioria dos laocianos vive no Laos e na região de Isan, na Tailândia.

Nomes[editar | editar código-fonte]

A etimologia da palavra Lao é incerta, embora possa estar relacionada às tribos conhecidas como Ai Lao (laociano: ອ້າຽລາວ; isan: อ้ายลาว; chinês: 哀牢, pinyin Āiláo; vietnamita: ai lao) que aparecem nos registrados da Dinastia Han, na China e no Vietnã, como um povo originário da região da atual Província de Yunan. Entre as tribos descendentes dos Ai Lao estavam as tribos tais que migraram para o Sudoeste Asiático.[3] Os laocianos, como muitos outros povos tais, referem-se a si próprios apenas como Tai (laociano: ໄທ; isan: ไท, AFI[tʰáj]) e, mais especificamente, Tai Lao (ໄທລາວ, ไทลาว). Na Tailândia, a população laociana local é diferenciada dos laocianos do Laos e dos tailandeses locais através do termo Thai Isan (laociano: ໄທຍ໌ອີສານ; isan: ไทยอีสาน; AFI[i: să:n]), um termo derivado do sânscrito que significa "nordeste", porém Lao também é utilizado.[4]

Referências

  1. Lao Isan - History and Cultural Relations - EveryCulture.com
  2. Laotian-Americans - EveryCulture.com
  3. Fairbank, J. K., Loewe, M., & Twitchett, D. C. (1986). The Ch'in and Han Empires 221 B.C.-A.D. 220. (1986). The Cambridge History of China. Cambridge, UK: Cambridge University Press.
  4. Hayashi, Y. (2003). Practical Buddhism among the thai-lao: religion in the making of a region. Melbourne, Austrália: Trans Pacific Press

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]