Lapinha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Lapinha é a representação dos pastores que faziam louvações frente ao presépio na noite de Natal.[1] É tradicional no folclore brasileiro, principalmente no nordeste.[2]

Caracteriza-se pelo conteúdo hierático de adoração ao Menino Deus, com estrutura bastante definida, como a chegada ao presépio, adoração, tantativa de rapto ao Menino Jesus (morte e ressurreição da Contramestra ou da Mestra), sedução da pastorinha, previsões da cigana, ofertório, despedidas e queima de Lapinha.

Referências

  1. Semira Adler Vainsencher (Recife, 16 de novembro de 2004). Lapinha Fundação Joaquim Nabuco. Página visitada em 26 de outubro de 2011.
  2. Manuel da Gama (28 de dezembro de 2007). O Presépio-Lapinha madeirense Jornal da Madeira. Página visitada em 26 de outubro de 2011.
Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.