Latim eclesiástico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O latim eclesiástico (algumas vezes denominado latim da Igreja) é o latim usado pela Igreja Católica Romana em todos os períodos para propósitos eclesiásticos. Pode ser distinguido do latim clássico por algum variações léxicas, uma síntaxe simplificada em alguns casos e, comumente, uma pronúncia italianada. Surge em diversos contextos, incluindo obras teológicas, ritos litúrgicos e proclamações dogmáticas, e em diversas formas: tão sintaticamente simples como na Vulgata, hierática como no Cânone Romano da Missa do Rito Romano, técnica como no Summa Theologica de São Tomás de Aquino, e Cicerônica como na encíclica do Papa João Paulo II Fides et Ratio. Na antiguidade e na Idade Média a audiência alvo ou uso determinava o estilo utilizado pelo escritor eclesiástico; nos dias de hoje depende do contexto.

Escopo e uso[editar | editar código-fonte]

A Igreja publicou as definições dogmáticas dos primeiros sete concílios ecumênicos em grego, e mesmo em Roma o grego mantinha-se como a primeira língua da liturgia e a língua na qual os primeiros Papas escreveram. (De fato, durante a República Tardia e o início do Império, os cidadãos romanos cultos eram geralmente fluentes em grego, embora negócios de estado fossem conduzidos em latim. Os livros que eventualmente tornar-se-iam o Novo Testamento foram originalmente escritos em grego e apenas posteriormente traduzidos para o latim.)

A Santa Sé usa o latim como sua língua oficial e poderia, em teoria, mudar esta prática. Entretanto, esta mudança não é provável num futuro próximo. Sendo uma língua morta o latim têm a vantagem de que o sentido de suas palavras possui uma chance menor de mudar radicalmente através dos séculos. Isto auxilia na manutenção da precisão teológica e no resguardo da ortodoxia. Em concordância com isto, papas recentes reafirmaram a importância do latim para a Igreja e em particular para aqueles que se dedicam ao estudo eclesiástico.


Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.


Notas[editar | editar código-fonte]


Veja também[editar | editar código-fonte]


Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • The New Missal Latin by Edmund J. Baumeister, S.M., Ph.D. Published by St. Mary's Publishing Company, P.O. Box 134, St. Mary's, KS 66536-0134, USA
  • A Primer of Ecclesiastical Latin by John F. Collins, (Catholic University of America Press, 1985) ISBN 0-8132-0667-7. A learner's first textbook, comparable in style, layout, and coverage to Wheelock's Latin, but featuring text selections from the liturgy and the Vulgate: unlike Wheelock, it also contains translation and composition exercises.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Eras do latim
—75 a.C.    75 a.C. – 200    200 – 900    900 – 1300    1300 – 1500    1500 – presente   1900 – presente
Latim antigo    Latim clássico    Latim tardio    Latim medieval    Latim renascentista   Neolatim    Latim contemporâneo
Ver também: História do latim, literatura latina, latim vulgar, latim eclesiástico, línguas românicas, Corpus Inscriptionum Latinarum