Laufer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Laufer
Informação geral
País Brasil
Laufer Bass.

Laufer ou Carlos Laufer (Rio de Janeiro) é um compositor e músico brasileiro. Ele é o autor de diversos sucessos, entre eles, Kátia Flávia e Rio 40 Graus, em parceria com Fausto Fawcett.

História[editar | editar código-fonte]

Em meados dos anos 1980 participou, junto com Fausto Fawcett, Nélson Meirelles e Sérgio Mekler, do grupo "Rôbos Efêmeros", que fazia performances contando histórias criadas por Fausto sobre bases musicais criadas por Laufer, Nélson e Sérgio. Nessas apresentações eram utilizadas baterias eletrônicas, projeções de vídeo e diversos outros dispositivos que criavam um ambiente de imersão sensorial.

Kátia Flávia foi o primeiro Rap a ser gravado no Brasil e ficou em primeiro lugar nas paradas de sucesso durante todo o segundo semestre de 1987.

Guitarrista dos Robôs Efêmeros, gravou dois discos no final dos anos 80, "Fausto Fawcett e os Robôs Efêmeros" e "Império dos Sentidos".

No início de 1992 participou do espetáculo "Santa Clara Poltergeist" realizado no Magnestoscópio, em Copacabana, com a participação de Regininha, Barrão, Luiz Zerbini, Sérgio Mekler, Dado Villa-Lobos e Marcelo de Alexandre, onde novamente foi usado o conceito de imersão sensorial, de uma forma ainda mais aprofundada.

Nesse mesmo ano, Kátia Flávia foi incluída na trilha sonora de Bitter Moon (no Brasil: Lua de Fel, em Portugal: Lua de Mel, Lua de Fel), um filme dirigido por Roman Polanski, que traz no elenco Hugh Grant, Kristin Scott Thomas, Emmanuelle Seigner e Peter Coyote.

Ainda em 1992, participou, junto com Fausto Fawcett, João Barone, Dado Villa-Lobos, Dé Palmeira, Paulo Futura e Eduardo Lyra, da Falange Moulin Rouge, que excursionou o Brasil com o espetáculo Básico Instinto, um teatro de revista samba-funk que alcançou grande sucesso de público/crítica e foi registrado em disco em 1993.

Em 1993, produziu a trilha sonora do premiado curta-metragem "Vênus de Fogo", de Victor Lopes, uma ficção que tinha como tema a prevenção da Aids entre prostitutas.

Em 1997, produziu, juntamente com Leleo e Paulo Futura, a trilha sonora do filme Como Ser Solteiro, de Rosane Svartman.

Em 1998, aproveitando a segunda vinda dos Rolling Stones ao Rio, foi lançado o zine "Copacabana Rolling Stones", com textos de Chacal, Fausto Fawcett, Laufer e ilustrações de Marcus Wagner. Seu lançamento foi feito na Galeria Alaska em Copacabana, na boate Black Out (ex-boate Basement). O lançamento do zine foi feito na primeira "Quinta dos Infernos".

"Quinta dos Infernos" era uma festa show comandada pela DJ Gabriela Varanda, pelo poeta Chacal, pelo baixista Laufer, pelo guitarrista Mimi Lessa, pelo programador visual Marcus Wagner e pelo escritor Fausto Fawcett. O evento consistia na discotecagem variada de quinta para quinta, sempre com convidados—se apresentaram Dado Villa-Lobos, Chelpa Ferro, Tony Platão, Cris Braun, Tonia Schubert. Pontuando a discotecagem, pequenos shows, de dez a quinze minutos, engendrados pelo trio Fawcett-Laufer-Chacal, sempre abordando temas submundanos, escuridões deliciosas, paraísos negativos, faunas humanas à deriva, infindáveis copacabanas por aí. Sempre com músicos, atrizes, modelos, cientistas, atletas, eruditos, vadios, vadias etc. Reforçando essa atmosfera de antro subterrâneo e dançante de todas as comemorações, o trabalho gráfico e visual de Marcus Wagner e a ambientação do artista plástico Ernesto Neto.

Em 1999, produziu as músicas do show "Dallas Melrose", onde utilizou uma série de bases pré-gravadas que eram executadas no palco por Laufer no baixo, a DJ Gabriela Varanda, a percussionista Laerke Ringsted, e Fausto Fawcett nos vocais.

Esse mesmo show foi estendido e apresentado no festival "FreeZone" realizado em 2001 no Rio e em Porto Alegre, com a participação adicional de Dado Villa-Lobos na guitarra.

Em 2004, produziu, junto com Dado Villa-lobos, o disco "Jardim de Cactus", que lançou o guitarrista da Legião Urbana em carreira solo.

Desde então, Laufer toca baixo na banda que acompanha Dado Villa-Lobos.

Em 2005, produziu em conjunto com Dado Villa-Lobos e Roberto Pollo, a trilha sonora do seriado Mandrake, produzido pela Conspiração Filmes e exibido no segundo semestre de 2005 pelo canal HBO Brasil. O elenco é composto, entre outros, por Marcos Palmeira, Luís Carlos Miele, Marcelo Serrado, Erika Mader e Virgínia Cavendish.

Em 2007, fez parte do grupo "Os Maravilhas", que acompanhou Leleo (MySpace), em seu trabalho solo, lançado pelo selo Acid Jazz Records (Official site), de Londres. "Os Maravilhas" era composto por Laufer (surdo e vocais), Ricardo Imperatore (percussão), Rogério Negão (baixo) e Nara Gil (vocais).

Em 2007, Kátia Flávia foi incluída na trilha sonora de Tropa de Elite, um filme brasileiro dirigido por José Padilha, que traz no elenco Wagner Moura, Caio Junqueira, e Fernanda de Freitas.

Em 2010, produziu, em conjunto com Dado Villa-Lobos, a trilha sonora do filme Malu de Bicicleta, uma adaptação do livro de Marcelo Rubens Paiva, dirigido por Flávio Tambellini. O filme ganhou os prêmios de Melhor Diretor (Flávio Tambellini), Melhor Ator (Marcelo Serrado) e Melhor Atriz (Fernanda de Freitas), no Festival de Cinema de Paulínia 2010.

Em 2011, produziu, em conjunto com Dado Villa-Lobos e Caio Abreu, a trilha sonora do filme O Inventor de Sonhos, dirigido por Ricardo Nauemberg, a ser lançado no segundo semestre de 2012.

Em 2012, produziu, em conjunto com Dado Villa-Lobos, Roberto Pollo e Caio Abreu, a trilha sonora da terceira temporada do seriado Mandrake, exibido no segundo semestre de 2012 pelo canal HBO Brasil.

Interpretou o personagem "Limboman", na terceira temporada da série Vampiro Carioca, com 27 episódios, exibida em 2012 pelo Canal Brasil.

Junto com "Os Robôs Efêmeros", participou da composição, produção e apresentação do espetáculo "Favelost", no Festival Panorama, realizado no Rio de Janeiro, em novembro de 2012.

Participou da produção, em conjunto com Dado Villa-Lobos e Kassin, do segundo álbum da carreira solo de Dado Villa-Lobos, "O Passo do Colapso", lançado no final de 2012 em formato digital à venda na iTunes Store. Esse álbum inclui duas músicas de autoria de Laufer com Fausto Fawcett: "Beleza Americana" e "Overdose Coração". A primeira tem participação de Paula Toller e Arto Lindsay nos vocais, além de Christiaan Oyens tocando um violão de colo Weissenborn. A segunda conta com a participação de Laufer no arranjo e na regência do coro grandioso que encerra a música, composto por Toni Platão, Lia Sabugosa, Cecília Spyer e o próprio Laufer.

Produção e direção musical da série Sombrio 40 Graus, com 26 episódios, a ser exibida em 2013 pelo Canal Brasil.