Lavinia Fontana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Minerva se vestindo

Lavinia Fontana (Bolonha, 24 de agosto de 1552Roma, 11 de agosto de 1614) foi um pintora italiana.

Nasceu em Bolonha, filha de Prospero Fontana, que era o principal pintor da Escola de Bolonha na época. Ele também foi seu professor.

Lavinia pintou em vários estilos. No começo de sua carreira, era famosa por pintar moradores da alta classe de Bolonha. Também executou nus masculinos e femininos e pinturas religiosas em grande escala.

Casou-se com Paolo Zappi em 1577, com quem teve onze filhos, mas apenas três ainda viviam após sua morte. Após o casamento, Fontana continuou a pintar para ajudar no sustento da família. Zappi cuidava da casa e até mesmo ajudava sua mulher em elementos menores das pinturas.

Fontana e sua família se mudaram para Roma em 1603 a convite do Papa Clemente VIII. Lavinia fez sucesso em Roma e o Papa Paulo V posou para ela. Morreu em Roma em 1614.

Alguns de seus retratos foram erroneamente atribuídos a Guido. Seu autorretrato é sua obra-prima. Durante a carreira, adotou o estilo dos Carracci. Sua obra é a maior de uma artista mulher antes de 1700. Sofonisba Anguissola foi uma influência em sua carreira.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.