Lavinia Fontana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Minerva se vestindo

Lavinia Fontana (Bolonha, 24 de Agosto de 1552Roma, 11 de Agosto de 1614) foi um pintora italiana.

Nasceu em Bolonha, filha de Prospero Fontana, que era o principal pintor da Escola de Bolonha na época. Ele também foi seu professor.

Lavinia pintou em vários estilos. No começo de sua carreira, era famosa por pintar moradores de alta-classe de Bolonha. Também executou nus masculinos e femininos e pinturas religiosas em grande escala.

Casou com Paolo Zappi em 1577. Teve 11 filhos, mas apenas 3 ainda viviam após sua morte. Após o casamento, Fontana continuou a pintar para ajudar no sustento da família. Zappi cuidava da casa e até mesmo ajudava sua mulher em elementos menores das pinturas.

Fontana e sua família se mudaram para Roma em 1603 a convite do Papa Clemente VIII. Lavinia fez sucesso em Roma e o Papa Paulo V posou para ela. Morreu em Roma em 1614.

Alguns de seus retratos foram erroneamente atribuídos a Guido. Seu auto-retrato é sua obra-prima. Durante a carreira, adotou o estilo dos Carracci. Sua obra é a maior de uma artista mulher antes de 1700. Sofonisba Anguissola foi uma influência em sua carreira.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.