Leão VI, o Sábio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Leão VI
Imperador bizantino
Detail of the Imperial Gate mosaic in Hagia Sophia showing Leo VI the Wise.jpg
Leão VI num mosaico em Hagia Sophia
Governo
Consorte Teofano
Zoé Zautsina
Eudóxia Baiana
Zoé Carbonopsina
Antecessor Basílio I, o Macedônio
Sucessor Alexandre
Dinastia Macedónica
Vida
Nascimento 19 de setembro de 866
Constantinopla
Morte 11 de maio de 912 (45 anos)
Constantinopla
Filhos Com Teofano:
Eudóxia
Com Zautsina:
Ana de Constantinopla
Eudóxia (ou Ana)
Com Eudóxia:
Basílio
Com Carbonopsina:
Constantino VII
Pai Basílio I, o Macedônio
Mãe Eudóxia Ingerina

Leão VI (Constantinopla, 19 de setembro de 866 - 11 de maio de 912), dito o Sábio ou o Filósofo[1] , foi um imperador bizantino de 886 a 912, o primeiro que fez de Constantinopla a capital do império.[2]

Ficou notável pela criação de trabalhos legislativos publicados em grego, e por uma grande revisão das Leis Justinianas, que foram aplicadas pela comunidades de Constantinopla e usadas na tática militar pelo exército e a marinha e chegaram a tornaram-se códigos legais do Império Bizantino.

Com a morte do pai, herdou o trono tornando-se imperador aos 20 anos, iniciando um notável reinado de 26 anos e morrendo em Constantinopla.

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Basílio I, o Macedônio[3] , o Macedónio, e de Eudóxia Ingerina (Constantinopla, 835 - 882), que o tornou co-imperador.

Casou-se quatro vezes. A primeira, com Teofano, com quem teve apenas uma filha, Eudóxia, que acredita-se ter morrido jovem. Em seguida, casou com Zoé Zautsina (870 - 899), filha de Estiliano Zautzes, de quem teve Ana de Constantinopla (também denominada como "Ana de Bizâncio"; 890 - 914) casada com Luís III, o Cego (880 - 928), imperador do Ocidente. Depois, casou-se com Eudóxia Baiana, que morreu no parto de um filho natimorto chamado Basílio.

Por fim, com Zoé Carbonopsina teve Constantino VII, (905 - 9 de novembro de 959), imperador de Bizâncio entre 905 e 959, casado com Helena Lecapena, filha de Romano I Lecapeno, imperador de Bizâncio, e de Teodora.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • SETTIPANI, Christian. Nos Ancêtres de l'Antiquité. Editions Christian. Paris: 1991.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Basílio I, o Macedônio
Imperador bizantino
886 - 912
Sucedido por
Alexandre

Referências

  1. Charles Diehl, p. 144.
  2. Settipani cristã , continuidade elite bizantina durante a Idade das Trevas. Caucasiano e príncipes do Império vi e da ix ª século , Paris, Boccard, 2006, 634 p. ( ISBN 978-2-7018-0226-8 ) , p. 308
  3. CHEYNET, Jean-Claude (2009): «Os césares do oriente», em História Viva, vol. VI, nº 74.