Leôncio Basbaum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Leôncio Basbaum (Recife, 6 de novembro de 1907 - São Paulo, 7 de março de 1969) foi médico e historiador brasileiro.

Filho de imigrantes judeus da antiga Bessarábia, depois tornada Moldávia, qualificou-se como Médico no Rio de Janeiro em 1929.

Exerceu pouco a profissão de médico. Foi industrial, gráfico, comerciante, comerciário.

Tornou-se militante do Partido Comunista Brasileiro. Escreveu alguns importantes trabalhos sobre a História do Brasil, em especial a obra em quatro volumes intitulada "História Sincera da República", uma das primeiras iniciativas de pensar a história do Brasil sob uma perspectiva marxista.

Livros publicados[editar | editar código-fonte]

  • A Caminho da Revolução Operária Camponesa (sob pseudônimo: Augusto Machado) (1933)
  • Introdução ao estudo da filosofia (1939)
  • Fundamentos del materialismo (1943) - na Argentina
  • Fundamentos do materialismo (1944)
  • História sincera da República (4 volumes) (1957 - 1968)
  • Caminhos brasileiros do desenvolvimento (1959)
  • No estranho país dos iugoslavos (1960)
  • O processo evolutivo da história (1964)
  • Uma vida em seis tempos (obra póstuma) (1976).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BASBAUM, Hersch Wladimir. Cartas ao comitê central: história sincera de um sonhador. São Paulo, Discurso Editorial, 1999.
  • BASBAUM, Leôncio. Uma vida em seis tempos: memórias. São Paulo, Alfa-Ômega, 1976.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.