Le Grand-Saconnex

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Le Grand-Saconnex
Brasão da comuna de Le Grand-Saconnex
{{{2}}}
Aeroporto de Genebra e o Palexpo (em branco)
Cantão Flag of Canton of Geneva.svg Genebra
Distrito
Língua(s) oficial(is) francês
Coordenadas 46° 14 N 6° 8' E
Altitude 472 m n.m.m.
Área 4,38 km²
População ()
 - Densidade
11 848 hab.
2 705 hab/km²
Fracções
Fronteiras Bellevue e Pregny-Chambésy a Norte e a Este, Genebra a Sul, e Meyrin e Ferney-Voltaire, na França, a Oeste
Código postal 1218
Website Grand-Saconnex.ch
Comuna de Le Grand-Saconnex a destacado.

Grand-Saconnex é uma comuna suíça do cantão de Genebra.

Situação[editar | editar código-fonte]

Grand-Saconnex com uma superfície de 4,38 km2 tem uma ocupação habitacional de 83,8%. Situada às portas do País de Gex, na França, e uma das saídas principais para esse país, sendo a outra a fronteira de Meyrin [1] .

O Grand-Saconnex está rodeado pelas comunas de Bellevue e Pregny-Chambésy a Norte e a Este, Genebra a Sul e Meyrin a Oeste.

História[editar | editar código-fonte]

Tal como havia acontecido com Pregny-Chambésy, também Grand-Saconnex às portas de Genebra e do País de Gex estava sujeito aos vai-e-vem dessas duas potências. Assim, e como todo o País de Gex foi conquistado pelos Senhores de Berna em 1536 e depois dado à França pelo Tratado de Lyon em 1601. O Tratado de Paris (1815) junta-a à Suíça. Desde a Idade Média era uma zona agrícola que só a partir século XVIII se começou a diversificar com a relojoaria, mas mantém-se fundamentalmente agrícola até 1960.

Economia[editar | editar código-fonte]

O Grand-Saconnex tem um desenvolvimento importante em 1922 coma a construção do Aeroporto de Genebra. Nessa altura tinha três voos principais que eram ; Genebra-Lausanne-Paris, Genebra-Lyon e Genebra-Zurique-Munique-Nuremberga. Em 1940 é feita uma troca de terrenos entra a Suíça e a França que permitiu a extensão do aeroporto de 405 a 1 065 m para permitir a ligação Genebra-Nova Iorque-Genebra com os DC-4 da Swissair a partir de 1947 [2] .

Outro grande impulso, foi o da passagem do Plainpalais para o Grand-Saconnex daquele que se chamava então o Palácio das Exposições, hoje o Palexpo acessível do aeroporto por uma passarela que passe sobre a auto-estrada A1. É aí que, entre outros acontecimentos, tem lugar anualmente o Salão Internacional do Automóvel de Genebra , o Salão das Invenções de Genebra ou o Concurso Hípico Internacional [3] .

Transportes[editar | editar código-fonte]

Além da aeroporto, a Autoestrada A1 (Suíça) (Este-Oeste) parte de Genebra para Lausana em direcção de São Gall para entrar na Áustria, e que para Sul se liga com as Autoestrada A40 (França) (Mâcon - Chamonix), e pelo Túnel do Monte Branco com a Itália.

Actualmente no sobre-solo do aeroporto encontra-se a Estação de Genebra-Aeroporto que passando pela Estação de Genebra-Cornavin tem linhas regionais, inter-regionais e internacionais.

Imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]