Le samouraï

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Samurai Alain
 França
1967
Género suspense e ação

Le samouraï (O Samurai, em português) é um filme de 1967, dirigido pelo cineasta Jean-Pierre Melville e estrelado pelo ator francês Alain Delon.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Jef Costello é um assassino de aluguel frio e calculista, que segue o código dos samurais. O filme começa com a seguinte frase, extraída do fictício Livro de Bushido: "Não há solidão maior que a de um samurai. A não ser talvez aquela de um tigre na selva". Esta frase descreve bem o estado de solidão do protagonista.

Apesar disso, Jef possui uma namorada, Jane Lagrange, interpretada pela atriz Nathalie Delon, esposa de Delon naquela época. Após cometer mais um crime, é interrogado pela polícia, provocando desconfiança no superintendente interpretado por François Périer. Além disso, passa a ser procurado pelos homens que o contrataram para tal serviço.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Alain Delon… Jef Costello

François Périer… o superintendente

Nathalie Delon… Jane Lagrange

Cathy Rosier… Valérie, a pianista

Jacques Leroy… o homem armado

Michel Boisrond… Wiener

Robert Favart… o botequineiro

Jean-Pierre Posier… Olivier Rey

Catherine Jourdan… a chapeleira

Roger Fradet… primeiro inspetor

Carlo Nell… segundo inspetor

Robert Rondo… terceiro inspetor

André Salgues… o homem da garagem

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.