Lee Myung-bak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Lee Myung-bak
이명박
10ºº Presidente da Coreia do Sul Coreia do Sul
Mandato 25 de fevereiro de 2008
a 25 de fevereiro de 2013
Antecessor(a) Roh Moo-hyun
Sucessor(a) Park Geun-hye
Vida
Nascimento 19 de dezembro de 1941 (72 anos)
Osaca, Japão
Dados pessoais
Primeira-dama Kim Yun-Ok
Profissão Autarca

Lee Myung-bak (em coreano 이명박, hanja 李明博) (Osaca, 19 de dezembro de 1941) é um político sul-coreano, ex-presidente de seus país e ex-prefeito do município de Seul de 2002 a 2006. Sucedeu a Roh Moo-hyun como presidente da Coreia do Sul em 25 de fevereiro de 2008. É membro do Hannara Dang (한나라당) ou Grande Partido Nacional, de tendência conservadora.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Osaca (Japão) onde o seu pai era agricultor. A família regressou à Coreia em 1945 depois da libertação e instalou-se em Pohang.

Conseguiu entrar na Universidade de Coréia (KOREA University) onde estudou administração de empresas. Naquele tempo, demonstrou a sua oposição à normalização das relações entre o seu país e o Japão, participando em manifestações de estudantes sobre o tema.

Em 1965 integrou a empresa de construções Hyundai Construction. Aproximou-se do fundador da empresa, Chung Ju-Yung, que o nomeou executivo em 1977.

Na década de 1980, aproximou-se de líderes políticos vizinhos tal como o primeiro-ministro de Singapura Lee Kwan Yew, o primeiro-ministro da Malásia Mahathir Mohamed, o presidente chinês Jiang Zemin e o líder da União Soviética Mikhail Gorbachev.

Em 1988, foi nomeado presidente da Hyundai, que já empregava 160 mil pessoas em todo o mundo. Em 1992, teve que demitir-se depois de 27 anos na empresa e entrou na política.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Eleito deputado em 1992, foi também prefeito do município de Seul de 2002 a 2006. O seu mandato foi caracterizado por obras públicas de urbanização.

Em 19 de dezembro de 2007 ganhou as eleições presidenciais com mais de 50% dos votos (contra cerca de 26% do seu maior opositor).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Lee Myung-bak
Precedido por
Goh Kun
Prefeito de Seul
2002 - 2006
Sucedido por
Oh Se-hoon
Precedido por
Roh Moo-hyun
Presidente da Coreia do Sul
2008 - 2013
Sucedido por
Park Geun-hye