Leila Lopes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde outubro de 2011).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Leila Lopes
Leila Lopes
Nome completo Leila Gomes Lopes
Nascimento 19 de Novembro de 1969
São Leopoldo, Rio Grande do Sul
 Brasil
Nacionalidade  brasileira
Morte 3 de dezembro de 2009 (40 anos)
São Paulo, São Paulo
 Brasil
Ocupação Atriz, apresentadora, jornalista
Atividade 1988-2009


Leila Gomes Lopes (São Leopoldo, 19 de novembro de 1959[1]São Paulo, 3 de dezembro de 2009) foi uma atriz, jornalista e apresentadora de televisão brasileira, conhecida por seus papéis em telenovelas da Rede Globo e, posteriormente, por ter iniciado carreira no cinema pornográfico.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha de Reúcio Lopes e Natália Gomes Lopes, Leila era professora em Esteio (RS), cidade em que morava com seus pais até que ficou nacionalmente conhecida, principalmente por três papéis que interpretou em telenovelas veiculadas pela Rede Globo: Carol, em Despedida de Solteiro, em 1992, a professorinha Lu, em Renascer, em 1993, e Suzane, em O Rei do Gado, em 1996.

Em 1997, fez um ensaio fotográfico para a edição de março da Revista Playboy e em maio de 2008 entrou para o elenco da produtora de filmes pornográficos Brasileirinhas, com o filme Pecados & Tentações.[2] Contudo, muita polêmica foi gerada sobre sua participação no filme. A princípio, Leila negou e ameaçou processar os veículos que divulgaram que ela teria feito um filme pornô. Entretanto, a capa do DVD Pecados & Tentações, dirigido por J.Gaspar, veio à tona e a atriz não teve mais como negar. Logo depois, confirmou ao site Ego que de fato havia gravado cenas para o longa, mas não como a mídia havia divulgado:[3]

Cquote1.svg O que existe é que fiz duas cenas com um só ator. É um filme de época baseado em Nelson Rodrigues. Na semana que vem vou me isolar para gravar o restante. Cquote2.svg

Seus últimos trabalhos foram como apresentadora de programas de TV no Entre 4 Paredes com Leila Lopes, exibido pelo canal de internet JustTV, e Calcinha Justa, pelo Sexprivé.

Morte[editar | editar código-fonte]

A atriz foi encontrada morta em sua residência na madrugada de 3 de dezembro de 2009. Posteriormente, foi confirmado que cometera suicídio ingerindo veneno para rato.[1] Leila Lopes, contudo, deixou uma carta de suicídio para seus familiares na qual expressava o que estava sentindo naquele momento de sua vida e o que a fez partir:

Cquote1.svg Não chorem, não sofram, eu estou ABSOLUTAMENTE FELIZ!!! Era tudo o que eu queria: ter paz eterna com meu Deus e, se possível, com minha mãe. Eu não me suicidei, eu parti para junto de Deus. Fiquem cientes de que não bebo e não uso drogas, decidi que já fiz tudo que podia fazer nessa vida. Tive uma vida linda, conheci o mundo, vivi em cidades maravilhosas, tive uma família digna e conceituada em Esteio, brilhei na minha carreira, ganhei muito dinheiro e ajudei muita gente com ele. Realmente não soube administrá-lo e fui iludibriada [sic] por pessoas de má-fé várias vezes, mas sempre renasci como uma fênix que sou e sempre fiquei bem de novo. Aliás, nunca me importei com o ter.

Bom, tem muito mais sobre a minha vida, isso é só para verem como não sou covarde não, fui uma guerreira, mas cansei. É preciso coragem para deixar esta vida. Saibam todos que tiverem conhecimento desse documento que não estou desistindo da vida, estou em busca de Deus. Não é por falta de dinheiro, pois com o que tenho posso morar aqui, em Floripa ou no Sul. Mas acontece que não quero mais morar em lugar nenhum. Eu não quero envelhecer e sofrer. Eu vi minha mãe sofrer até a morte e não quero isso para mim. Eu quero paz! Estou cansada, cansada de cabeça! Não aguento mais pensar, pagar contas, resolver problemas... Vocês dirão: Todos vivem!!! Mas eu decidi que posso parar com isso, ser feliz, porque sei que Deus me perdoará e me aceitará como uma filha bondosa e generosa que sempre fui. Aos meus fãs verdadeiros, aos jornalistas imparciais, ao Walter Negrão e sua esposa Orphilia, à LBV, ao Eduardo Gomes, ao prefeito de Itu, Herculano Neto, e toda a sua equipe, e ao meu amigo Zé, meu muito obrigada. Às emissoras que trabalhei, obrigada. E aos colegas maravilhosos, muita luz! A todos os sites dignos que acompanharam a minha vida, SUCESSO!!! Ego, Esther Rocha, Thiago, Odair Del Pozzo, Felipe Campos, não se sintam esquecidos. Não posso citar nomes de amigas, pois aí seria um livro, mas Sueli você é a irmã que não tive. Márcia, seja sempre feliz amiga. Magrid, obrigada por tudo! Andréia, do TV Fama, beijo amiga. Tadeu (di Pietro) cadê você??? Desculpe a quem esqueci, a vida foi muito mais maravilhosa do que sofrida para mim. Obrigada, Jesus, Nossa Senhora e meu Deus, perdoem-me e recebam-me como a filha honesta e bondosa que sempre procurei ser! Fiquem com Deus, todos! Leila Lopes

Se existe sentimento maior que o amor, desconheço![4] [5]

Cquote2.svg
Leila Lopes

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Atuou em 33 espetáculos diferentes, entre eles:

Cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Leila Lopes
Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.