Leopold Gmelin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Leopold Gmelin.jpg

Leopold Gmelin (2 de agosto de 1788 - 13 de abril de 1853) foi um químico alemão.

Químico germânico nascido em Göttingen, um dos fundadores da fisiologia quimica. Filho do naturalista, botânico e entomologista alemão, Johann Friedrich Gmelin Guina(1748-1804), seu pai foi graduado com um M.D. na Universidade de Tübingen (1769) e professor de medicina em Tübingen (1772-1775) e depois de medicina e química em Göttingen. Foi educado nas universidades de Göttingen e Tübingen, e iniciou-se profissionalmente ensinando química na Universidade de Heidelberg (1813-1851), onde desenvolveu importantes pesquisas na química da digestão criando o teste de Gmelin para detecção da presença de pigmentos biliares. Também foi o pioneiro nas denominações éster e acetona para estas duas classes de compostos orgânicos. Afirmava. que os compostos orgânicos requereriam um animal ou planta para serem sintetizados. Morreu em Heidelberg e sua mais notável contribuição, contudo, foi o célebre Handbuch der theoretischen Chemie (1817-1819),inaugurando o estilo de publicação em manual, no qual compilou e organizou os princípios de química conhecidos até então. Inicialmente com dois volumes (1817/1819) em edições posteriores chegou a 13 volumes. A versão em inglês tinha o nome de Handbook of Chemistry (19 vol., 1848-1872). Um dos mais notáveis alunos foi Friedrich Wöhler (1800-1882) e foi sucedido (1852) na Universidade de Heidelberg, por Robert Wilhelm Eberhardt Bunsen (1811-1899).


Bibliografia: http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/LopoldGm.html

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.