Leopoldo II de Anhalt-Dessau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Príncipe de Anhalt-Dessau
Leopoldo II
Leopoldo II, Príncipe de Anhalt-Dessau
Príncipe de Anhalt-Dessau
1747 – 1751
Predecessor Leopoldo I
Sucessor Leopoldo III
Esposa Gisela Inês de Anhalt-Köthen
Descendência
Leopoldo III, Duque de Anhalt-Dessau
Luísa
Inês, Freifrau von Loën
Maria Leopoldina, Condessa de Lippe-Detmold
João Jorge
Casimira, Condessa de Lippe-Detmold
Alberto
Nome completo
Leopoldo Maximiliano
Casa Casa de Ascânia
Pai Leopoldo I
Mãe Anna Louise Föhse
Nascimento 25 de dezembro de 1700
Dessau, Anhalt-Dessau
Morte 16 de dezembro de 1751 (50 anos)
Dessau, Anhalt-Dessau

Leopoldo II Maximiliano, Príncipe de Anhalt-Dessau (Dessau, 25 de dezembro de 1700 – Dessau, 16 de dezembro de 1751), foi um príncipe alemão da Casa de Ascânia e governante do principado de Anhalt-Dessau de 1747 a 1751; foi também um general prussiano.

Vida[editar | editar código-fonte]

Leopoldo nasceu em Dessau como segundo filho de Leopoldo I, Príncipe de Anhalt-Dessau, com sua morganática esposa Anna Louise Föhse.

Com apenas nove anos de idade, acompanhou seu pai em suas obrigações militares junto ao exército prussiano. Em 1715 foi nomeado tenente-coronel-em-chefe do Regimento de Infantaria Nº 27 de Stendal. Em 1733 liderou as forças prussianas baseadas na cidade de Mühlhausen na Turíngia durante a Primeira Guerra da Silésia.

A morte em 1737 de seu irmão mais velho, o Príncipe hereditário Guilherme Gustavo, fez de Leopoldo o novo herdeiro de Dessau. O príncipe falecido já era casado e tinha nove filhos, mas sua esposa não tinha nascido em família de nobres, e por esta razão, os filhos desse casamento foram impedidos de sucessão. Após a morte de seu pai em 1747, Leopoldo herdou Anhalt-Dessau.

Leopoldo foi um dos melhores generais subordinados que serviram sob o comando de Frederico, o Grande. Distinguiu-se na tomada de Glogau em 1741 e nas batalhas de Mollwitz, Chotusitz (onde foi promovido a Generalfeldmarschall no campo de batalha), Hohenfriedberg, e Soor.

Morreu em Dessau em 1751. Em 1752, Frederico, o Grande nomeou uma vila recém-fundada Leopoldshagen (est. 1748) em sua homenagem.

Casamento e filhos[editar | editar código-fonte]

Em Bernburg em 25 de maio de 1737 Leopoldo casou com Gisela Inês (Köthen, 21 de setembro de 1722 - Dessau, 20 de abril de 1751), filha de Leopoldo, Príncipe de Anhalt-Köthen. Eles tiveram sete filhos:

  1. Leopoldo III Frederico Francisco, Príncipe e (a partir de 1807) Duque de Anhalt-Dessau (Dessau, 10 de agosto de 1740 - Luisium bei Dessau, 9 de agosto de 1817).
  2. Luísa Inês Margarida (Dessau, 15 de agosto de 1742 - Dessau, 11 de julho de 1743).
  3. Henriqueta Catarina Inês (Dessau, 5 de junho de 1744 - Dessau, 15 de dezembro de 1799), casou em 26 de outubro de 1779 com João Justo, Freiherr von Loen.
  4. Maria Leopoldina (Dessau, 18 de novembro de 1746 - Detmold, 15 de abril de 1769), casou em 4 de agosto de 1765 com Simão Augusto, Conde de Lippe-Detmold.
  5. João Jorge (Dessau, 28 de janeiro de 1748 - Viena, 1 de abril de 1811).
  6. Casimira (Dessau, 19 de janeiro de 1749 - Detmold, 8 de novembro de 1778), casou em 9 de novembro de 1769 com Simão Augusto, Conde de Lippe-Detmold, viúvo de sua irmã.
  7. Alberto Frederico (Dessau, 22 de abril de 1750 - Dessau, 31 de outubro de 1811), casou em 25 de outubro de 1774 com Henriqueta de Lippe-Weissenfeld; a união não deixou filhos.

Leopoldo também gerou um filho ilegítimo com Ana Luísa Franke: Gustavo Adolfo de Heideck.

Referências

Wikisource  "Anhalt-Dessau, Leopold I.". Encyclopædia Britannica (11th). (1911). Ed. Chisholm, Hugh. Cambridge University Press. 

  • Siebigk. (1883). "". Allgemeine Deutsche Biographie 18: pp. 352–356. Leipzig: Duncker & Humblot.



Leopoldo II de Anhalt-Dessau
Nascimento: 25 de dezembro de 1700 Morte: 16 de dezembro de 1751
Títulos de nobreza
Precedido por:
Leopoldo I
Príncipe de Anhalt-Dessau
1747-1751
Sucedido por:
Leopoldo III