Leptóteno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O leptóteno é a primeira subdivisão da prófase meiótica em que ocorre a individualização dos cromossomos pelo espiralamento largo dos cromonemas. Ainda na prófase I ocorrem, cronologicamente, as seguintes subdivisões: o zigóteno, o paquíteno, o diplóteno e a diacinese.

Processo[editar | editar código-fonte]

  • Os cromossomos começam a condensar-se;
  • Apresentam cromossomos muito finos e com cromômeros (regiões mais condensadas formadas por alças de cromatina que ficam pregueadas);
  • As cromátides não são visíveis, aparentando haver somente um filamento como se não houvesse duplicação;
  • Ocorre a aproximação dos cromossomos homólogos;
  • O nucléolo ainda está presente.
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia celular é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.