Leszek Miller

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Leszek Cezary Miller
Leszek Cezary Miller
Primeiro-ministro da  Polónia
Mandato 19 de outubro de 2001 - 2 de maio de 2004
Antecessor(a) Jerzy Buzek
Sucessor(a) Marek Belka
Vida
Nascimento 3 de Julho de 1946 (67 anos)
Żyrardów, Polônia
Dados pessoais
Primeira-dama Aleksandra Miller
Partido Sojusz Lewicy Demokratycznej - SLD (1999-2007)
Polska Lewica (2007 - )
Profissão cientista político

Leszek Cezary Miller (n. 3 de julho de 1946) é um político polonês. Foi primeiro-ministro de seu país entre 19 de outubro de 2001 - 2 de maio de 2004.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Leszek Miller vem de uma família pobre: seu pai era alfaiate e sua mãe costureira. Nasceu em Żyrardów, no centro da Polônia. Em 1969 uniu-se ao Partido Comunista Polonês (PZPR). Até 1970, trabalhou como eletricista numa fábrica têxtil em Żyrardów. Em 1977 se formou em ciências políticas. Foi membro do PZPR entre 1969 e 1989. Entre 1977 e 1982 trabalhou no Comitê Regional do PZPR em Skierniewice. Após 1988 foi secretário do PZPR, e após 1989 membro do politburo do PZPR.

Após a dissolução do Partido Comunista polonês, entre 1989 e 1993 Miller foi secretário geral do Partido Social-Democrata da Polônia. Foi membro do Sejm (parlamento) a partir de 1991. Ministro do Trabalho sob o governo de Waldemar Pawlak, ministro de Assuntos Interiores durante os mandatos de Józef Oleksy e Włodzimierz Cimoszewicz. Presidente do partido Aliança da Esquerda Democrática (Sojusz Lewicy Demokratycznej) entre dezembro de 1999 e março de 2004. Tornou-se primeiro-ministro da Polônia em setembro de 2001. Em 26 de março de 2004, anunciou sua demissão, que ocorreu a 2 de maio, um dia após a adesão da Polônia à União Europeia.

Seu governo tornou-se impopular devido aos altos índices de desemprego, escândalos de corrupção e o apoio de Miller ao presidente estadounidense George W. Bush, sobretudo na guerra contra o Iraque em 2003. Em abril de 2004, o ex-ministro de Tesouro Wiesław Kaczmarek acusou-o de utilizar serviços de espionagem por motivos políticos. Uma pesquisa de abril de 2004 mostrou que 92% dos poloneses tinham uma opinião desfavorável ao governo de Miller.

Seu governo enviou tropas polacas à invasão e ocupação do Iraque. Também completou as negociações para a adesão da Polônia à União Europeia.

Precedido por
Jerzy Buzek
Primeiro ministro da Polônia
2001 - 2004
Sucedido por
Marek Belka