Leucopenia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A leucopenia é a redução no número de leucócitos no sangue. Os leucócitos são responsáveis pelas defesas do organismo, são os glóbulos brancos. Os glóbulos do sangue são formados na medula dos ossos e qualquer agente químico, fisico ou biológico que de alguma forma interfira nesta medula pode causar aumento e, geralmente, a diminuição destes glóbulos, ou seja, a leucopenia. Entre os agentes fisicos podemos citar as radiações ionizantes (Raios-X, raios Gama, etc), os quimicos (remédios e produtos no geral derivados de petróleo) serão detalhados abaixo e os biológicos são virus ou bactérias.

Na terceira idade a diminuição dos glóbulos brancos em geral está relacionada a infecções por vírus ou bactéria. A influência de determinados medicamentos e o câncer também são causas de leucopenia na terceira idade. Alguns medicamentos podem levar à leucopenia (antiarrítmicos, antibióticos, anticonvulsivantes, anti-hipertensivos e cortisona), assim como substâncias usadas no tratamento do diabetes e na doença da tireóide, alguns diuréticos (hidroclorotiazida, por exemplo) e tranquilizantes. As drogas quimioterápicas também produzem leucopenia. O indivíduo passa a apresentar leucopenia, segundo a biologia, quando apresenta menos de 4500 leucócitos por milímetro cúbico de sangue. Em infecções bacterianas graves pode haver aumento de glóbulos brancos ou leucocitose.

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O sangue é feito de diferentes células. Os três principais tipos de células sangüíneas são: Glóbulos Vermelhos (Hemácias ou Eritrócitos): Plaquetas: Glóbulos Brancos (Leucócitos): CRESCIMENTO DAS CÉLULAS SANGUÍNEAS Contém hemoglobina que é uma proteína rica em ferro. O oxigênio é captado pela hemoglobina, quando ela passa pelos pulmões. O oxigênio é carregado pelos glóbulos vermelhos e distribuído para diferentes órgãos e tecidos no corpo. Quando a quantidade de hemoglobina está baixa, ocorre a anemia. São pequenos elementos em forma de disco que ajudam a coagulação sangüínea. As plaquetas previnem o sangramento anormal ou excessivo. São células sangüíneas que defendem o organismo contra infecções. Existem vários tipos de leucócitos, os granulócitos (neutrófilos, eosinófilos e basófilos) os linfócitos e os monócitos. Uma redução de qualquer tipo de glóbulo branco pode resultar em maior chance de desenvolvimento de infecção.


Quais são as causas de Leucopenia ? Como dissemos, cada indivíduo apresenta um número de leucócitos específico, que permanece ao longo dos anos. Admite-se portanto que o valor normal é aquele que o indivíduo apresenta em condições normais. No entanto, algumas variações sobre esse número podem ocorrer, em vigência de determinados fatores. São eles: 1 - Fatores Constitucionais: O principal fator constitucional que leva à “leucopenia”, ou melhor, à “falsa leucopenia” é a variação racial. Indivíduos de determinadas etnias (raça negra e 3 negróide) apresentam leucócitos, normalmente, em torno de 3.000/mm . 2 - Fatores Naturais: Os principais fatores que podem levar à alteração dos leucócitos, são aqueles observados em determinadas fases da vida, como crescimento, menstruação, gestação, amamentação, períodos pós-alimentares e pós stress (emocional ou físico). A maior parte desses fatores, contudo, leva à leucocitose, que é o inverso da leucopenia.