Liúva I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Maio de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Liúva I, sucedeu, juntamente com o seu irmão Leovigildo, a Atanagildo, em 568, no trono dos Visigodos de Toledo. Eram ambos cristãos arianos. Liúva, que desfrutava do apoio da maioria dos nobres visigodos, governou as possessões visigodas a norte dos Pirenéus até à sua morte em 572 ou 573.

Os irmãos-reis esforçaram-se por manter boas relações comerciais com o Império Bizantino e por conservar a cultura urbana da Hispânia, bem como as ligações comerciais e culturais com a zona do Mediterrâneo.

Precedido por
Atanagildo
Rei Visigodo de Toledo
567572
Sucedido por
Leovigildo


Ícone de esboço Este artigo sobre História da península Ibérica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.