Liúva II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde Maio de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Tremisse de Mérida. Reinado de Liúva II.

Liúva II (583-603) foi um jovem filho de Recaredo I, foi rei dos Visigodos de Toledo de 601 a 603. Sucedeu a Recaredo I com apenas 18 anos de idade.

Na Primavera de 602, o visigodo Viterico, um dos conspiradores que, com Suna de Mérida, queriam restabelecer o Arianismo em 589, foi nomeado comandante do exército na campanha para expulsar os Bizantinos da Bética. Em vez de dar início à campanha, Viterico utilizou o exército para dar um golpe de estado: invadiu o palácio em Toledo e depôs o jovem rei (603), tendo sido apoiado por uma facção de nobres contrários à dinastia de Leovigildo. Viterico cortou a mão direita do rei e mais tarde mandou matá-lo, no Verão de 603.

Precedido por
Recaredo I
Rei Visigodo de Toledo
601603
Sucedido por
Viterico


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre História da península Ibérica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.