Liga Nacional pela Democracia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira da Liga Nacional pela Democracia

A Liga Nacional pela Democracia (LND) é um partido político birmanês fundado em 27 de setembro de 1988 por Aung San Suu Kyi e pelos generais Aung Gyi e Tin Oo, após a repressão à revolta popular pró-democracia e a tomada do poder em Mianmar por uma junta militar, naquele mesmo ano.

Aung San Suu Kyi, Prêmio Nobel da Paz 1991, é a secretária-geral do partido. Nas eleições legislativas birmanesas de 27 de maio de 1990, a LND conquistou 392 das 492 cadeiras, porém a junta militar[1] [2] não permitiu a formação de um governo.

Em 2001, o governo permitiu a reabertura de alguns diretórios da LND no país, mas estes acabaram sendo fechados ou fortemente limitados, no início de 2004. Em 2006, muitos membros deixaram o partido, em razão da coação e da pressão exercida pelo Tatmadaw (as Forças Armadas) e pela USDA, a milícia do regime.

Em 6 de maio de 2010, a LND foi declarada ilegal e dissolvida pela junta, depois que o partido decidiu boicotar as eleições de novembro de 2010, recusando-se a fazer seu registro para concorrer ao pleito.[3]

Em novembro de 2011, o partido anunciou sua intenção de se registrar como partido político, para disputar as eleições de 13 de dezembro de 2011. O registro foi aprovado pelas autoridades.[4]

Nas eleições de 2012, o partido lançou candidatos para 44 das 45 cadeiras em disputa e conquistou todas as 44, sendo 37 cadeiras (de um total de 440) na câmara baixa, 4 na câmara alta e duas nos parlamentos regionais.[5] [6] A líder do partido, Aung San Suu Kyi, foi eleita deputada pelo distrito de Kawhmu.

Referências

  1. Ligue Nationale pour la Démocratie. L'Express
  2. Antes de 1997 denominada Conselho de Estado pela Restauração da Lei e da Ordem (SLORC), atualmente SPDC (Conselho de Estado pela Paz e pelo Desenvolvimento).
  3. National League for Democracy disbanded in Myanmar Haiti News (4 de maio de 2010).
  4. Suu Kyi's Myanmar opposition party wins legal status, The Associated Press, 13 de dezembro 2011
  5. Suu Kyi's party sweeps landmark Myanmar polls. AFP News, 4 de abril de 2012.
  6. It is the victory of the people: Aung San Suu Kyi on Myanmar – World News – IBNLive Ibnlive.in.com (10 de maio de 2011).
Portal A Wikipédia possui os portais:


Ícone de esboço Este artigo sobre política, partidos políticos ou um político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Myanmar é um esboço relacionado ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.