Liga de Honra de 2002–03

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Liga de Honra 2002/2003)
Ir para: navegação, pesquisa

A edição de 2002-2003 da Liga de Honra foi a décima terceira edição deste escalão do futebol português.

Foi disputada por 18 clubes: 3 despromovidos da Primeira Liga, 3 promovidos da II Divisão, e os restantes que tinham permanecido.

O vencedor foi o Rio Ave. Acompanharam na subida à Primeira Divisão o Alverca e o Estrela da Amadora, que ficaram em segundo e terceiro lugares respectivamente.

Leça e União de Lamas foram despromovidos para a II Divisão. O Felgueiras ficou também classificado em posição de descida, 16º lugar, mas beneficiou da pena aplicada ao Farense, por problemas financeiros, sendo relegado para a III Divisão, que tinha ficado em 12º lugar no campeonato. Pela segunda época consecutiva o Felgueiras beneficia da permanência por despromoção de outras equipas.

Equipas[editar | editar código-fonte]

Equipas a disputar a edição em relação à edição anterior:

Tabela classificativa[editar | editar código-fonte]

Equipa Pts J V E D GM GS +/- Comments
1. Rio Ave 63 34 19 6 9 49 36 +13 Promovidos à Primeira Divisão
2. Alverca 60 34 16 12 6 47 24 +23
3. Estrela da Amadora 57 34 15 12 7 42 32 +10
4. Naval 55 34 13 16 5 40 25 +15
5. Portimonense 51 34 14 9 11 50 40 +10
6. D. Aves 47 34 13 8 13 41 38 +3
7. D. Chaves 47 34 12 11 11 44 41 +3
8. Ovarense 46 34 13 7 14 49 48 +1
9. Salgueiros 46 34 12 10 12 39 47 -8
10. Maia 46 34 12 10 12 51 51 0
11. Sp. Covilhã 45 34 11 12 11 37 33 +4
12. Farense 44 34 11 11 12 32 32 0
Relegado para a III Divisão por problemas financeiros
13. Marco 43 34 11 10 13 46 49 -3
14. Penafiel 41 34 12 05 17 38 40 -2
15. CF União 40 34 10 10 14 31 38 -7
16. Felgueiras 39 34 10 9 15 34 50 -16
Manteve-se pelo castigo aplicado ao Farense
17. Leça 39 34 8 15 11 35 42 -7
Despromoção para a II Divisão
18. U. Lamas 19 34 04 07 23 21 60 -39

Nota 1: cada vitória valia 3 pontos

Nota 2: quando dois ou mais clubes têm os mesmos pontos, a classificação é determinada pelos resultados dos jogos entre eles.

Melhor marcador[editar | editar código-fonte]

Igor de Sousa Fonseca, futebolista brasileiro, foi o melhor marcador da época, tendo marcado 20 golos pelo Futebol Clube da Maia, nas trinta partidas em que jogou.

Treinadores[editar | editar código-fonte]

Alguns dos treinadores das equipas no decorrer da época:

Equipa Treinador
Alverca Portugal José Couceiro
Desportivo das Aves Portugal António Caetano
Desportivo de Chaves Portugal Rogério Gonçalves
Estrela da Amadora Portugal João Alves
Portugal Jorge Jesus
Farense Espanha Paco Fortes
Felgueiras Portugal Manuel Afonso Correia
Naval Portugal Álvaro Magalhães
Portugal José Dinis
Ovarense Portugal Bruno Cardoso
Penafiel Portugal Jorge Amaral
Portugal José Garrido
Rio Ave Portugal Carlos Brito
Salgueiros Portugal Carlos Manuel
Portugal Luís Norton de Matos
União da Madeira Portugal Manuel Balela

Ligações externas[editar | editar código-fonte]