Liga de Honra de 2004–05

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Liga de Honra 2004/2005)
Ir para: navegação, pesquisa

A edição de 2004-2005 da Liga de Honra foi a décima quinta edição deste escalão do futebol português.

Foi disputada por 18 clubes: 3 despromovidos da Primeira Liga, 3 promovidos da II Divisão, e os restantes que tinham permanecido.

O vencedor foi o Paços de Ferreira. Acompanharam na subida à Primeira Divisão a Naval 1.º de Maio e o Estrela da Amadora, que ficaram em segundo e terceiro lugares respectivamente.

Sporting de Espinho foi despromovido para a II Divisão. O Gondomar e o Desportivo de Chaves ficaram também classificados em posição de descida, 16º e 17º lugares respectivamente, mas beneficiaram da pena aplicada ao Felgueiras por problemas financeiros, sendo relegado para a III Divisão e da desistência do Alvercada prática de futebol profissional, que tinham ficado em 11º e 13º lugares no campeonato.

Equipas[editar | editar código-fonte]

Equipas a disputar a edição em relação à edição anterior:

Tabela classificativa[editar | editar código-fonte]

Equipa Pts J V E D GM GS +/- Comments
1. Paços de Ferreira 69 34 20 9 5 60 43 +23 Promovidos à Primeira Divisão
2. Naval 62 34 17 11 6 52 30 +22
3. Estrela da Amadora 60 34 17 9 8 47 30 +17
4. Marco 51 34 13 12 9 51 43 +8
5. D. Aves 51 34 15 6 13 45 35 +10
6. Leixões 50 34 14 8 12 40 33 +13
7. Feirense 49 34 14 7 13 45 48 -3
8. Maia 49 34 13 10 11 46 36 +10
9. Olhanense 44 34 11 11 12 32 31 +1
10. Varzim 43 34 11 10 13 37 42 -5
11. Felgueiras 42 34 11 9 14 37 44 -7
Relegado para a III Divisão por problemas financeiros
12. Ovarense 41 34 11 8 15 40 51 -11
13. Alverca 39 34 11 6 17 26 38 -12
Abandonou o futebol profissional
14. Portimonense 39 34 10 9 15 40 49 -9
15. Santa Clara 39 34 11 6 17 39 49 -10
16. Gondomar 39 34 11 6 17 38 45 -7
Manteve-se pelo castigo aplicado ao Felgueiras
17. Chaves 37 34 9 10 15 24 38 -14
Manteve-se por desistência do Alverca
18. Sp. Espinho 36 34 9 9 16 37 51 -14
Despromoção para a II Divisão

Melhor marcador[editar | editar código-fonte]

Gilvan Santos Souza, mais conhecido como Rincón futebolista brasileiro, foi o melhor marcador da época, tendo marcado 19 golos pelo Paços de Ferreira.

Treinadores[editar | editar código-fonte]

Alguns dos treinadores das equipas no decorrer da época:

Equipa Treinador
D. Aves Portugal Neca
Felgueiras Portugal Diamantino Miranda
Feirense Portugal Francisco Chaló
Gondomar Portugal Henrique Nunes
Leixões Portugal José Gomes
Maia Portugal Mário Reis
Marco Portugal Jorge Regadas
Olhanense Portugal Paulo Sérgio
Paços de Ferreira Portugal José Mota
Varzim Portugal Horácio Gonçalves
Santa Clara Portugal Ricardo Formosinho

Ligações externas[editar | editar código-fonte]