Ligustro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaLigustro
Ligustro florido

Ligustro florido
Classificação científica
Reino: Plantae
Filo: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Lamiales
Família: Oleaceae
Género: Ligustrum
Nome binomial
Ligustrum lucidum
W.T.Ait.
Sinónimos
Ligustrum magnoliaefolium Hort. ex Dippel

O ligustro (Ligustrum lucidum) é uma árvore originária da China, muito usada em arborização urbana em São Paulo e outras cidades no sudeste do Brasil.

Outros nomes populares: alfeneiro, alfeneiro-da-china, alfeneiro-brilhante, alfeneiro-de-rua.

Características[editar | editar código-fonte]

Árvore perenifólia, que chega a 10 m de altura.

Copa de ligustro florido.

O tronco grosso, de casca escura e com fissuras irregulares, sustenta a copa densa, de forma arredondada.

As folhas simples, opostas, são ovaladas, com ápice alongado, verde-escuras, brilhantes, coriáceas, com 8–15 cm de comprimento.

A inflorescência em panícula cônica é densa, terminal, com flores brancas pequenas, e se forma de outubro a fevereiro.

Frutos.

Os frutos são drupas em cachos, arredondados, roxo-pardos, com 1-2 sementes pequenas.

Existe a variedade variegata, cujas folhas apresentam manchas.

A reprodução se dá por sementes, e também por estaquia.

Usos[editar | editar código-fonte]

É usado na arborização de parques ou áreas amplas, porque a árvore adulta tem tronco amplo e com travessas laterais que destrói calçadas e muros. É resistente a podas, rústica e cresce rápido. Também é muito apreciada por cultivadores de bonsai, por ser muito resistente e ter crescimento rápido.

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Lorenzi, Harri: Árvores exóticas no Brasil: madeireiras, ornamentais e aromáticas. Instituto Plantarum, Nova Odessa, SP, 2003. ISBN 85-86714-19-4
Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Lamiales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.