Liliana Castro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Liliana Castro
Liliana Castro em 2011
Nome completo Liliana Rezende de Castro
Nascimento 29 de Junho de 1979 (34 anos)
Quito, Equador
Ocupação Atriz
IMDb: (inglês) (português)

Liliana Rezende de Castro (Quito, 29 de junho de 1979) é uma atriz brasileira.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha de um diplomata brasileiro e de uma química argentina, nasceu em Quito, capital do Equador. Morou em vários países acompanhando as mudanças de seu pai, entre eles Itália, Paraguai e Venezuela. Viveu boa parte da infância em Milão – dos 5 aos 9 anos – e lá foi alfabetizada em inglês, numa escola americana para estrangeiros. Em casa, para que não perdesse contato com suas origens, o pai Antônio, e a mãe Sílvia, , a incentivavam a ler livros e a escutar músicas em português. Embora tendo nascido no Equador, é brasileira nata, por estar o pai a serviço do Brasil no exterior. Só soube o que é morar no Brasil a partir dos dezesseis anos. Tantas idas e vindas pelo mundo fizeram com que aprimorasse seus talentos na interpretação, dança e canto. Fala fluentemente inglês, português, espanhol e italiano.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Na capital federal, começou a explorar seus talentos artísticos, com o apoio da família. Antes de começar na carreira de atriz chegou a gravar comerciais na Venezuela e na Itália, países onde morou. Iniciou no teatro amador aos dez anos e formou-se em Interpretação pela UniverCidade, no Rio de Janeiro. Logo depois, tirou seu registro profissional e começou a cursar Teoria do Teatro na Uni-Rio, mas teve de trancar a matrícula devido a problemas na agenda. Profissionalmente, estreou no espetáculo "As Fúrias", de Rafael Alberti, com direção de Antônio Abujamra, em 1998, na companhia Os Fodidos Privilegiados. Na mesma época, debutou na televisão atuando durante três anos como VJ da Fox Kids, canal Net e TVA . Em seguida, fez sua estréia em novelas com uma pequena participação especial na novela Força de um Desejo, da Rede Globo.

Posteriormente, transferiu-se para a TV Cultura onde integrou o elenco da série infantil Ilha Rá-Tim-Bum, que contou com o ator Paulo Nigro como um dos protagonistas. Anos mais tarde, voltou a contracenar com ele formando par romântico em uma telenovela da Rede Record. Em 2002, retornou à Globo para participar da novela Sabor da Paixão como a mãe solteira Laiza. Irmã da protagonista Diana, ela acaba se envolvendo afetivamente com um homem casado e esconde da pequena Madona que é sua mãe. Nesse mesmo ano, surgiu pela primeira vez nas telonas como uma das protagonistas do filme Histórias do Olhar, filme que fala dos sentimentos de quatro mulheres, em fases diferentes da vida. Nesse mesmo período, fez parte da Armazém Companhia de Teatro, pela qual atuou em pelo menos seis espetáculos.

Em 2004, entrou para o elenco de Da Cor do Pecado como Olívia, uma sensata modelo que viria a se tornar a principal aliada de Kaíke na guerra para salvar o filho das garras da megera Bárbara. Sua personagem entrou quando a novela já estava no ar e com boa frente de capítulos exibidos, e com o passar do tempo o papel que seria pequeno, cresceu. No ano seguinte, interpretou um dos papéis mais importantes de sua carreira, a doce Luna de Alma Gêmea. Na verdade, a atriz havia sido convidada para dar vida à protagonista Serena, porém como estava envolvida com dois projetos no teatro pediu para fazer um papel menor, sendo substituída pela atriz Priscila Fantin. No folhetim, Luna morre logo no primeiro capítulo num assalto arquitetado por sua própria prima, Cristina. No entanto, volta reencarnada em uma índia branca, Serena. Mesmo com a morte da personagem, continuou a aparecer ao longo da novela em forma de espírito. Paralelo à carreira de atriz, começou a cursar faculdade de cinema devido ao seu fascínio por tecnologias de audiovisual.

Em 2006, chegou-se a falar de sua escalação para uma participação especial na novela Páginas da Vida, porém a mesma não se concretizou. Com isso, transferiu-se para a Rede Record onde permaneceu até 2011. Sua estréia na emissora deu-se na novela Caminhos do Coração, em que interpretou a mutante Janete, uma vidente. Permaneceu nas duas primeiras temporadas da novela, continuando em seguinda com a personagem Os Mutantes, porém, em 2009, desfalcou a novela para participar de outra produção da casa.

Em 2010, depois de morar um ano em Londres onde estudou interpretação e dança voltou ao Brasil. Na Rede Record, co-protagonizou a novela Ribeirão do Tempo como Filomena, moça simples que descobre ser herdeira de uma enorme fortuna e propõe casamento para o homem que ama, no entanto, ele aceita se casar interessado na ajuda financeira que ela poderá dar aos seus negócios.

Atualmente, vive nos Estados Unidos (Los Angeles), onde se aperfeiçoa no teatro e está iniciando carreira no mercado americano.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Televisão
Ano Título Papel Notas
1999 Força de um desejo Srta. Ana Toledo de Mendonça Participação Especial
2001 Ilha Rá-Tim-Bum Polca Coadjuvante
2002 Sabor da Paixão Laíza Coelho Coadjuvante
2003 A Grande Família Glorinha Episódio: O Sorriso do Lagarto
2004 Da Cor do Pecado Olívia Garcia Coadjuvante
2005 Alma Gêmea Luna Ávilla Blanco Dias Protagonista
2007 Mandrake Marcinha Episódio:Rosas Negras
Caminhos do Coração Janete Fontes Martinelli Coadjuvante
2008 Os Mutantes Janete Fontes Martinelli Coadjuvante
2010 Ribeirão do Tempo Filomena Miranda Durrel Co - Protagonista
2012 Fora de Controle Virgínia Participação Especial

Cinema[editar | editar código-fonte]

Cinema
Ano Título Papel
1998 Chatô, o Rei do Brasil ---------
2001 Carolina ---------
2002 Histórias do Olhar Amanda [3]
2006 O ano em que meus pais saíram de férias Irene [4]
Una vida sin sorpresas Marina [2]
... (Reticencias) ---------
2007 Podecrer! Silvinha [2]
2008 Pseudociese Teresa
2011 A Melhor Idade ---------

Teatro[editar | editar código-fonte]

Teatro
Ano Título Papel
1999 As Furias Altea
Alice Através do Espelho Alice
2001 Sob o Sol em Meu Leito Após a Água Alícia
2003 Casca de Noz Pberbit
2005 Tudo É Permitido Nina
Alice Através do Espelho Alice
2006 Não Existem Níveis Seguros para Consumo Destas Substâncias Beatriz
Toda Nudez Será Castigada Geni
2007 Por Uma Vida Um Pouco Menos Ordinária Natália
2012 Alice Através do Espelho Alice

Referências

  1. Biografia de Liliana Castro Para o Museu da Televisão Brasileira (em português). Pró-TV. Biografias. Página visitada em 29 de Abril de 2012.
  2. a b c Confira quem são os atores principais de Podecrer! e conheça um pouco mais sobre seus personagens (em português). UOL. Editora Escola. Página visitada em 29 de abril de 2012.
  3. Histórias do Olhar (em português). Meu Cinema Brasileiro. Página visitada em 29 de abril de 2012.
  4. O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias (em português). Terra Cinema. Página visitada em 29 de abril de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.